terça-feira, outubro 26, 2010

Paulo Gomes é o novo treinador do Ac. Viseu

Segundo o site Viseu Flash, Paulo Gomes é o novo treinador do Ac. Viseu.

"Paulo Gomes é o novo treinador do Académico de Viseu. O ex-adjunto de João Paulo Correia assume a liderança da equipa técnica, onde vai também manter-se Carlos Ferreira. Está assim, de forma interna, encontrada a sucessão para João Paulo Correia, que se havia demitido no final do jogo com o Nogueirense, no passado domingo.
Paulo Gomes tem 35 anos, e deixou de jogar futebol na época passada, acabando na altura por ser convidado por António Albino para integrar a equipa técnica do Académico. Como jogador, tem um longo passado em clubes da I Divisão, de onde se destacam passagens por clubes como Vitória de Guimarães, União de Leiria e Paços de Ferreira."

13 comentários:

Anónimo disse...

Desejo as maiores felicidades ao Paulo Gomes para levar o meu Académico a bom porto. É um jogador com passado pela divisão principal e espero que consiga incutir bons princípios ao plantel. Espero também que a direcção do Académico defina finalmente um projecto para o Académico de Viseu. Temos de deixar de ser um clube de bairro!

Eu acredito!

José Carlos Marques

terça-feira, 26 outubro, 2010
Anónimo disse...

Pelo que eu conheço do Paulo, mandrião não tem lugar. Acordem jogadores, se pensam em relaxar, não têm futuro no clube! Força Paulo! Força Académico!

PS: Um abraço para o Futre. Um grande academista, nunca ninguém se esqueça disso, ou sequer ouse pensar o contrário.

terça-feira, 26 outubro, 2010
Anónimo disse...

Mas afinal o problema das exibições do Académico é do Futre, ou é da equipa técnica na sua totalidade? Então as coisas vão ficar na mesma?... isto só pode ser uma brincadeira de mau gosto.

terça-feira, 26 outubro, 2010
Paulo disse...

Até quando o cargo de treinador do clube continuará a ser encarado como um balão de ensaio??
Acho que esta direcção devia colocar como condição de se ser treinador, ser-se inexperiente!!!
Os sócios e simpatizantes merecem mais e claro, o clube em si.
De qq modo, vejo-me na obrigação de desejar um bom trabalho ao Paulo Gomes.
Mas francamente não acredito em nada disto e mto menos no trabalho e nas decisões desta direcção.

terça-feira, 26 outubro, 2010
Anónimo disse...

Ambos são pessoas que merecem a nossa consideração. Em termos desportivos uma questão à direcção: Qual o perfil que querem para um treinador da equipa sénior do académico?! é que entre o Prof. João Paulo e o Miser Paulo Gomes a diferneça é como entre o dia e a noite. Estilos, projectos ...tudo diferente.

terça-feira, 26 outubro, 2010
ogirdoR disse...

Boa sorte Mister!

Pela primeira vez o Académico tem um treinador mais novo do que eu! Estou a ficar velho...

terça-feira, 26 outubro, 2010
Anónimo disse...

os sócios tem que se unir para deitar a baixo esta direcção, que tem feito do académico o que quer, e não presta satisfações aos sócios. vamos contestar toda esta vergonha já no próximo jogo em casa, marcar uma AG extraordinária e po-los fora.temos que agir. que sócios somos nos que perante tudo isto nada fazemos?

quarta-feira, 27 outubro, 2010
Anónimo disse...

Este era o desfecho previsto. Relembro que pelo que li no jornal A Bola declarações do Sr. Monteiro a dizer que a demissão do mister fora tomada antes do jogo. Deste modo só pode ser por divergências com a direcção. Quando no domingo estava a assistir ao jogo verifiquei a postura pouco interventiva do mister e disse para uma das maiores figuras do clube que estava ao meu lado que algo se estaria a passar e que o mister não ia aguantar muito tempo e que possivelmente o paulo Gomes seria o próximo. Não era que tina o pensamento correcto?
Para mim é baralhar e dar de novo e continuar a brincar com o clube e seus associados.Ainda assim desejo felicidades à nova equipa técnica mas temo o pior para o nosso clube.

quarta-feira, 27 outubro, 2010
Anónimo disse...

Vá deem-lhe todos felicidades e dentro de 1 mês cuspam-lhe na cara. A culpa não é dos treinadores mas sim de quem os poem cá a treinar. Esta máfia que tem dirigido o Académico não pode continuar..Viseu acorda !

quarta-feira, 27 outubro, 2010
João Marques disse...

Esta direcção que se demita imediatamente! É uma VERGONHA. Viva Viseu, Viva o nosso Académico.

quarta-feira, 27 outubro, 2010
Anónimo disse...

O Professor João Paulo Futre, nem sequer explica o porquê da sua saída? O ano passado fartava-se de dar opiniões e conselhos na rádio. Então e agora? está doentinho? Seja homem, e explique lá o porquê da sua saída.

Agora o senhor ex. treinador é só uma vitima? ou até aqui estava só habituado a dar aulas aos meninos da escola? Seja homem e dê explicações.

Afinal a equipa técnica que escolheu é a alternativa? O que é isto? O treinador adjunto é que deveria ser o treinador principal? ou seria o 3º adjunto quem deveria liderar?

Haja paciência... há aqui qualquer coisa muito mal explicada.

João Carlos

quarta-feira, 27 outubro, 2010
Anónimo disse...

A explicação é simples. Quando não estamos bem, mudamos! Já quanto à sucessão, não há papel para novo técnico e por isso aproveitam os que estão. Infelizmente nesta terra e neste clube, alguns pseudo academistas é que só gostam de dizer mal de tudo e de todos e os resultados estão à vista. Passaram a época passada a criticar alguns jogadores e agora queriam-nos na equipa??? Haja é coerência.

quinta-feira, 28 outubro, 2010
almeida disse...

acho q o João Paulo Correia estava a preparar uns desenhos para aqueles que ainda não perceberam que o académico não é uma organização mas uma desorganização generalizada

quinta-feira, 28 outubro, 2010