Análise Individual Ac.Viseu x Famalicão: Luisinho77 o escolhido!!

Luisinho – 3.5 – Se já na primeira metade tinha sido dos mais esclarecidos, a segunda parte foi de enorme entrega e qualidade, tendo oferecido aos colegas de ataque várias ocasiões claras de golo. Também o mágico esteve perto de marcar, mas por mera infelicidade a bola não entrou. Foi um dos elementos que catapultou a equipa para uma “quase” reviravolta. É o escolhido pela equipa da magia do futebol para o melhor academista em campo.


Jonas – 2 – Tarde complicada para o guardião academista, onde sofreu quatro tentos. Descoordenação com o colega da defesa no primeiro golo. Hesitação no segundo.

Tiago Almeida – 2.5 – Depois de uma primeira parte pouco positiva, teve uns segundos 45 minutos ativos no lado direito do ataque academista.

Kevin Medina – 3.5 – É um facto que sofremos quatro golos, mas o defesa academista foi dos menos culpados. Marcou ainda o segundo golo do Académico, num belo remate à entrada da área.

Pica – 2 – Tarde menos positiva do capitão academista. Fez um auto-golo, e não teve um desafio fácil, perante a forte oposição famalicense.

Lucas – 2.5 – Tal como o seu colega do corredor oposto, subiu de produção na segunda metade da partida.

Latyr Fall – 2 – Jogo difícil para o centro-campista academista. Apesar de ligeiramente melhor na segunda metade, não foi um jogo bem conseguido.

Paná – 1.5 – O primeiro sacrificado na hora de arriscar, ainda na primeira metade. Correrá melhor no próximo desafio.

Fernando Ferreira – 3.5 – Marcou o primeiro do Académico, e tentou levar a equipa para a frente. Segunda parte de grande sacrifício e entrega.

João Mário – 2 – Jogo pouco fugaz do extremo academista. O próximo jogo vai correr melhor, certamente.

NSor – 2.5 – Apesar do jogo interventivo, o nosso matador não foi feliz na finalização, ou por mérito do GR famalicense ou por alguma infelicidade.

Gabriel – 3 – Mais uma vez a sua entrada na partida agitou o jogo. É um atleta de drible fácil e que ajudou a dinamizar a equipa para a frente.

Gasilin – 2.5 – Marcou o terceiro golo academista, mas até podia ter feito mais, tal foi avalanche ofensiva na segunda metade.

Rui Miguel – 3 – Entrou muito bem na partida. Pautou o jogo a meio-campo, e a sua inteligência de “jogar simples” ajudou a equipa a chegar ao último terço famalicense com maior facilidade.
Ler Texto Completo

Recordar: Lusitano FC 0-1 Ac. Viseu FC


Estádio dos Trambelos, 24 de setembro de 2017
2ª Eliminatória da Taça de Portugal
Árbitro: Vasco Santos (Porto)

Lusitano: Ruca; Paulo Oliveira, Calico (c), Tiago Gonçalves e Pedro Rodrigues; Silla, Marco Santos (Braz, 64) e Jaquité (Fábio Machado, 90+3); Barros (Edgar Lopes, 84), Hélder Rodrigues e Lucas Klysman. Treinador: Rogério Sousa.

Ac. Viseu: Jonas; Tomé, Pica, Bura e Kiko; Capela (c) (Luís Alberto, 88), Bruno Loureiro e Paná; Yuri (Erivaldo, 84), Avto (Sandro Lima, 66) e Barry. Treinador: Francisco Chaló.

Golo: Sandro Lima 78 (0-1)

Ligações:


Ler Texto Completo

Recordar: Bruno Miguel

NOME COMPLETO
Bruno Miguel Moreira de Sousa
NOME
Bruno Miguel
DATA DE NASCIMENTO
24/09/1982
NATURALIDADE
São João da Madeira
POSIÇÃO
Defesa Central
ESTREIA
Ac. Viseu 0-1 Vizela (06/08/2016)
PRIMEIRO GOLO
Varzim 1-1 Ac. Viseu (28/01/2017)
JOGOS
53
GOLOS
1
ÉPOCAS
16/18



Foto retirada do site do Record

Bruno Miguel esteve duas épocas no nosso clube. Na primeira (16/17) fez 38 jogos, todos como titular, nunca foi substituído e ficou sentado no banco de suplentes num total de dois jogos.
Fez um golo, no empate no terreno do Varzim SC (1-1). Foi o terceiro classificado na nossa eleição para «jogador do ano».

Na sua última época fez 15 jogos (12 com Chaló e 3 com Cajuda), 14 deles como titular, foi substituído duas vezes e ficou no banco em doze ocasiões. Começou a época como titular indiscutível, até ao jogo com o CD Nacional (2-0), altura em que foi expulso, perdendo aí algum protagonismo.

Como jogador do Académico Bruno Miguel alcançou 21 vitórias, 16 empates e 16 derotas. Teve 4 treinadores: Francisco Chaló (35 jogos), André David (11), Manuel Cajuda (3) e Octávio Moreira (1).

Outros clubes: Sanjoanense (01/03), Porto B (03/04), Tourizense (04/05), Varzim (05/07), União de Leiria (07/11, 18/19), Astra (Roménia) e Estoril (12/16).

Ler Texto Completo

Recordar: José Duarte

NOME COMPLETO
José Augusto da Silva Duarte
NOME
José Duarte
DATA DE NASCIMENTO
24/09/1967
NATURALIDADE
França
POSIÇÃO
Defesa
ESTREIA
U. Leiria 1-0 Ac. Viseu (10/09/1989)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 2-0 Académica (20/01/1991)
JOGOS
234
GOLOS
7
ÉPOCAS
89/92, 97/03


Um dos grandes capitães da história academista!


Esteve nove épocas no Académico de Viseu, repartidas por duas ocasiões, ou seja, de 1989 a 1992 e de 1997 a 2003. No total fez 234 partidas pelo nosso clube, sendo nesse aspecto o 9º jogador com mais jogos.
Ler Texto Completo

Recordar: Joel

NOME COMPLETO
Joel Fernando Teixeira de Almeida
NOME
Joel
DATA DE NASCIMENTO
24/09/1957
NATURALIDADE
Seixal
POSIÇÃO
Avançado
ESTREIA
Rio Ave 1-1 Ac. Viseu (24/08/19819
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 2-0 Sp. Braga (22/09/1981)
JOGOS
31
GOLOS
11
ÉPOCAS
81/82

Em 81/82 o Académico de Viseu jogava na I Divisão e este avançado foi o seu melhor marcador, tendo apontado 11 golos nos 31 jogos em que actuou (inclui jogos da Taça de Portugal). 
Seixal (77/79, 88/91), Amora (79/80), Benfica (80/81), Farense (82/83) e Belenenses (83/86) e Estrela da Amadora (86/88) foram outros dos clubes por onde passou. 
Ler Texto Completo

Recordar: Ac. Viseu FC 3-1 CF "Os Belenenses"

Foto: Jorge Paulo

Estádio do Fontelo, 24 de setembro de 2014
1ª Mão da Segunda Fase da Taça da Liga
Árbitro: Artur Soares Dias (Porto)

Ac. Viseu: Ricardo Ribeiro; Tiago Costa (Tomé, 69), Pedro Santos (c), Eridson e Dalbert; Alphonse, Alex Porto e João Coimbra; Luisinho, Tiago Almeida (Ricardo Ferreira, 72) e Tiago Borges (Paulo Roberto, 82). Treinador: Alex Costa.

Belenenses: Ventura; Nélson (André Teixeira, 10), Palmeira, João Meira e André Martins; Pelé e Bruno China (c); Abel Camará, Tiago Silva (Fábio Sturgeon, 58) e Fredy; Mailó (Deyverson, 58). Treinador: Lito Vidigal.

Golos: Luisinho 38 gp (1-0), João Coimbra 56 (2-0), Fredy 63 gp (2-1), Tiago Almeida 65 (3-1)

Ligações:


Ler Texto Completo

Ac. Viseu FC 3-4 FC Famalicão

O Académico entrou no jogo a perder. A atitude da equipa que entrou nas 4 linhas não foi a melhor, e pior ficou quando se viu a perder aos 10m de jogo, num cruzamento inofensivo para a área, com Pica a introduzir a bola na própria baliza.

Aos 18m de jogo Walterson isola-se em jogada de contra ataque, e á saida de Jonas, só teve de atirar para o fundo da baliza, fazendo o segundo da partida.

O jogo esvatava péssimo para o Académico, e o incrível acontece aos 21m com Fabricio a marcar o terceiro golo.

O Famalicão foi 3 vezes á baliza academista, e marcou 3 golos.

Cajuda retira Paná do jogo e lança Gabriel.

Fernando Ferreira ainda devolveu uma réstia de esperança, ao marcar o primeiro golo academista aos 38m de jogo, mas 1m depois novo balde de água fria, com Pathé a marcar o 4º golo forasteiro.

Chegava o intervalo, com muita descrença do lado dos adeptos academistas, que não perceberam como foi possível tamanha passividade defensiva do Académico, onde apenas se salvou Medina.

Veio á memória o jogo contra o Arouca, onde a equipa saiu para o intervalo com uma desvantagem de 2 golos. Certo é que muitos Academistas já não viram a 2ª parte.

A segunda parte foi totalmente diferente da primeira, para melhor. Cajuda deve ter "sacudido" os jogadores no balneário, porque a equipa veio totalmente diferente. João Mário não voltou ao relvado e cedeu o seu lugar a Gasilin.

Notava-se outra dinâmica na equipa, com Gabriel a "pensar" o jogo, Luisinho a criar oportunidades, e Nsor por 2 vezes, e Gasilin a desperdiçarem excelentes oportunidades de marcar.

Cajuda arrisca tudo, faz sair Pica, entra Rui Miguel e joga apenas com 2 homens mais atrasados no terreno, Medina e Fernando Ferreira.

O Famalicão estava encostado ás cordas, e apenas aproveitava o adiantamento academista, para sair em contra golpe.

Ainda tiveram e excelentes oportunidades de dilatar a vantagem, mas Jonas redimiu-se por 2 vezes dos lapsos da 1ª parte.

Aos 84m Medina marca o 2 golo, e acreditava-se que mais viriam. Ainda faltava muito tempo de jogo, uma vez que o jogo esteve muito tempo parado para os jogadores se refrescarem e devido á lesão do guarda redes famalicense.

Aos 97m Gasilin marca o 3º mas já não dava para mais, o jogo estava a terminar.

Péssima 1ª parte academista, com muitos erros defensivos, não se podem sofrer golos tão consentidos, mas com uma segunda parte de luxo, onde contabilizámos 6 ou 7 oportunidades de golo para o Académico.

João Malheiro fez uma arbitragem fraca, os jogadores academistas ainda reclamaram uma grande penalidade, e uma alegada jogada em que a bola entrou na baliza adversária.

Manuel Cajuda tem um "quebra cabeças" para resolver... Descobrir onde esteve o verdadeiro caos defensivo no jogo de hoje. Os elementos estão identificados, resta saber se tiveram apenas um jogo mau.





Ler Texto Completo

Parabéns Bruno Loureiro!

NOME COMPLETO
Bruno Filipe Santos Loureiro
NOME
Bruno Loureiro
DATA DE NASCIMENTO
23/09/1989
NATURALIDADE
Viseu
POSIÇÃO
Médio
ESTREIA
Ac. Viseu 6-0 Prainha (25/08/2012)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 6-0 Prainha (25/08/2012)
JOGOS
141
GOLOS
10
ÉPOCAS
12/14, 15/18



Bruno Loureiro faz hoje 29 anos. Parabéns!

Ler Texto Completo

Recordar: Braga

NOME COMPLETO
Manuel Carlos Barbosa Gomes da Silva
NOME
Braga
DATA DE NASCIMENTO
23/09/1948
POSIÇÃO
Defesa
ESTREIA
Ac. Viseu 3-0 BC Branco (11/09/1977)
JOGOS
35
ÉPOCAS
77/78
Foto: Cromos da Bola da Minha Infância /(facebook)

Este defesa chegou a Viseu com quase 29 anos e foi um dos jogadores mais utilizados da época em que o CAF subiu pela primeira vez à I Divisão. Só ficou uma época.

Outros clubes: 70/71 (Boavista), Famalicão (71/72), Salgueiros (72/77, 80/81), Paços de Ferreira (78/79) e União de Lamas (79/80).
Ler Texto Completo

Recordar: Leixões SC 1-1 Ac. Viseu FC - 5-4 GP

Estádio do Mar, 23 de setembro de 2015
2ª Fase da Taça CTT
Árbitro: Bruno Jesus (Lisboa)

Leixões: Ricardo Moura; Gonçalo Graça, Diogo Nunes, Pedro Pinto e Max; Tandjigora, Malafaia (Cadinha, 62) e Bruno Lamas; Miguel Ângelo (Pedras, int), André Rateira (Yi Guo, 71) e Ricardo Barros. Treinador: Manuel Monteiro.

Ac. Viseu: Ruca; Tiago Costa, Tiago Gonçalves (c), Bura e Kiko; Romeu Ribeiro (Gradíssimo, 84), Alex Porto e Clayton (Capela, 66); Bruno Carvalho, Tiago Borges e Forbes (Yuri, 69). Treinador: Ricardo Chéu.

Golos: Bruno Carvalho 58 gp (0-1), Yi Guo 72 (1-1)

GP: Bruno Carvalho ao lado (0-0); Cadinha marca (1-0); Kiko marca (1-1); Pedras marca, Ruca defende (1-1); Gradíssimo marca (1-2); Bruno Lamas marca (2-2); Alex Porto marca (2-3); Gonçalo Graça marca (3-3); Bura marca (3-4); Ricardo Barros marca (4-4); Tiago Costa falha, defesa de Ricardo Moura (4-4); Tandjigora marca (5-4).

Ligações:


Ler Texto Completo

Recordar: Figueiredo

NOME COMPLETO
Carlos Manuel Santos Figueiredo
NOME
Figueiredo
DATA DE NASCIMENTO
23/09/1967
POSIÇÃO
Avançado
ÉPOCAS
86/87

Figueiredo fez parte do plantel do Académico de Viseu na época 86/87 mas não fez qualquer jogo pelo nosso clube, pelo menos não temos esse registo. Veio das camadas jovens do Repesenses.

Outros clubes: Viseu e Benfica (87/88) e Lusitano (88/89).


Ler Texto Completo

Recordar: Coelho

NOME COMPLETO
Manuel de Magalhães Marques Coelho
NOME
Coelho
DATA DE NASCIMENTO
23/09/1935
NATURALIDADE
Côta - Viseu
POSIÇÃO
Avançado
ESTREIA
Ac. Viseu 8-1 Mangualde (03/11/1957)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 6-1 Nelas (17/11/1957)
JOGOS
14
GOLOS
2
ÉPOCAS
57/58, 60/61, 64/65
 
Começou a jogar no Lusitano e daí seguiu para a Académica onde terminou a sua formação futebolística.

Ao subir a senior terá jogado no Atlético de Coimbra (54/55). Jogou também no Marialvas (55/56), Lamego (63/64) e Sátão (71/72).

No Académico teve, no mínimo, três passagens pelo clube onde alcançou outros tantos títulos distritais.
Ler Texto Completo

Antevisão: Ac. Viseu FC vs FC Famalicão

Jogo número 427 do Académico na Segunda Liga - 142 vitórias, 121 empates, 163 derrotas, 439 golos marcados e 490 sofridos. No Fontelo será o jogo número 214 - 105 vitórias,  52 empates, 56 derrotas, 261 golos apontados e 176 sofridos.

Vigésimo nono jogo entre Académico e Famalicão - 8 vitórias, 7 empates, 13 derrotas, 32 golos marcados e 43 sofridos. No Fontelo será o jogo número 16 com 7 vitórias 2 empates, 6 derrotas, 22 golos marcados e 15 sofridos.

O Académico só venceu um dos últimos 7 jogos que disputou com o Famalcão, e em casa não vence deste a época 95/96 (1-0, Gerson). No entanto o nosso clube está numa série de 4 vitórias consecutivas em casa, pelo que está na hora de vencer os famalicenses!

Em confronto vãao estar o 2º classificado e o 5º com vantagem de dois pontos para o clube que nos visita. O Académico tem melhor ataque (7/6), mas pior defesa (2/5).
Ler Texto Completo

Recordar: Ac. Viseu FC 2-1 AD Nogueirense

Estádio do Fontelo, 22 de Setembro de 2013
2ª Eliminatória da Taça de Portugal
Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal)

Ac. Viseu: Hélder Godinho; Tomé, Cláudio, Tiago Gonçalves e Tiago Rosa; Lourenço e João Martins (Luisinho, 67); Zé Rui (Leonel, 84), Ouattara e João Alves (Capela, 90); Cafú. Treinador: Filipe Moreira.

Nogueirense: Ruca; Marco, Rafa, Rui Daniel, Paulo Alves, Name, Melo (Henrique, 88), Mário Jorge (Rodolfo, 81), Koné (Will, 88), Zé Francisco e Camará. Treinador: Pedro Ilharco.

Expulsão: Name 66

Golos: Cafú 1 (1-0), Marco 52 (1-1), Cláudio 87 gp (2-1)

Ligações:


Ler Texto Completo