Leixões SC 1-1 Ac. Viseu FC

Leixões 1-1 Ac.Viseu 
Ponto justíssimo num terreno sempre complicado


O Académico alcançou um importante ponto na casa de um também candidato à subida de divisão. 1-1 foi o resultado final que se pode aceitar como justo.


Estádio do Mar, 31 de janeiro de 2018

22ª Jornada da Ledman LigaPro
Árbitro: Carlos Xistra (Castelo Branco)

Leixões: André; Jorge Silva, Jaime, Ricardo Alves e Derick; China, Luís Silva e Breitner (Amine, 69); Belima (Semedo, 83), Bruno Lamas (Evanga, 60) e Kukula. Treinador: Ricardo Malafaia.

Ac. Viseu: Peçanha; Tomé, Fábio Santos, Bura e Kiko; Fernando Ferreira (Zé Paulo, 29), Tarcísio e Paná (Sandro Lima, 63); Erivaldo (Nsor, 81), Avto e Barry. Treinador: Francisco Chaló.

Golos: Breitner 45+3 (1-0), Nsor 90+3 (1-1)

A verdade é que a primeira parte fica marcada pelo domínio territorial dos viseenses, que tiveram sempre mais bola e mais perto da baliza defendida por André Ferreira. Contudo e no último lance da primeira parte, foi a turma da casa que, numa jogada bem desenhada, chegou à vantagem, por Breitner. 1-0 para o Leixões. Nota ainda para a lesão de Fernando Ferreira, que esperemos que não seja nada de maior. Força FF!!

Para os segundos 45 minutos, entrou melhor a equipa de Matosinhos, talvez ainda galvanizada pelo golo alcançado a fechar a primeira parte. O Académico reagiu e voltou a tomar as rédeas da partida. Erivaldo na cara do guardião leixonense quase empatou. Mas foi já com Sandro Lima e NSOR em campo que o caudal atacante aumentou. Barry num bom remate obrigou A.Ferreira a fazer uma das defesas da tarde. Mais tarde, foi Tarcísio que acertou em cheio na trave e já nas compensações, NSOR marcou mesmo, repondo, finalmente, alguma justiça à partida. 
1-1 resultado final. Um ponto merecido não só para a equipa que tanto lutou, como também para os muitos adeptos que se deslocaram a Matosinhos numa 4f à tarde. 


Domingo há mais, Fontelo, 15h, para a receção ao Arouca!! 
Força Académico!! 
Ler Texto Completo

Recordar: CAF - Ac. Viseu 6-1 UD Santarém

Estádio do Fontelo, 31 de Janeiro de 1988
19ª Jornada da II Divisão, Zona Centro
Árbitro: Carlos Carvalhas (Porto)

Ac. Viseu: Sardinha; Morgado (Chico Nikita, 74), Leal, Carlos Manuel e Kappa; Delgado (Hélder, 74), Abel e Cruz; Rui Madeira, João Luís e Quim. Treinador: Carlos Alhinho.

União de Santarém: Mário Rui; Peralta, Eusébio, Leonel e Neto; Beto, Toni e João José; Brito (Óscar, 62), Filipe e Amaral (Marinho, 62)

Golos: João Luís 4 (1-0), Abel 35 gp (2-0), Rui Madeira 44 (3-0), Delgado 49 (4-0), João Luís 63 (5-0), Filipe 78 (5-1), João Luís 85 (6-1).

Hat-trick de João Luís: A voluntariosa, mas frágil, turma escalabitana, não teve quaisquer hipóteses de contrariar a força atacantes dos campeões incontestados da primeira volta e, apesar do mau estado do relvado, os golos foram surgindo, com toda a naturalidade, como corolário desse intenso domínio sendo de realçar o hat-trick do promissor João Luís.
Fraca arbitragem.
Carlos Costa in A Bola 01/02/1988
Ler Texto Completo

Recordar: Dino

NOME COMPLETO
Dino Besirovic
NOME
Dino
DATA DE NASCIMENTO
31/01/1994
NATURALIDADE
Viseu
ÉPOCAS
12/13


Foto academicodeviseufc.com

Filho de um grande nome da história academista, Besirovic, Dino, natural de Viseu, chegou em 2012/2013 ao nosso clube para actuar nos juniores do Académico. Nos séniores foi algumas vezes suplente não utilizado nessa época.

No início da época 13/14 esteve nos trabalhos do Académico, mas acabou por ser cedido ao Sampedrense.

Em 2014/2015 dava a entender que seria aposta, mas o certo é que acabou por sair para o Radnik (14/17), clube bósnio.
Ler Texto Completo

Recordar: Ac. Viseu FC 1-0 CD Santa Clara

Estádio do Fontelo, 31 de Janeiro de 2016
27ª Jornada da Segunda Liga
Árbitro: Hélder Malheiro (Lisboa)

Ac. Viseu: Ricardo Janota; Tomé, Tiago Gonçalves (c), Bura e Kiko; Romeu Ribeiro (Clayton, 65), Capela e Bruno Loureiro; Tiago Borges (Yuri, 76), Carlos Eduardo e Steve Ekedi (Zé Pedro, 71). Treinador: Ricardo Chéu.

Santa Clara: Pedro Freitas, João Dias, Igor (Gil Barros, 86), Roberto (Gustavo, 84), Lucas, Accioly, Tiago Ronaldo, Jimmy (Rúben Saldanha, 75), Pacheco, Rafael Batatinha e Clemente. Treinador: Fernando Valente.

Golo: Kiko 68 gp (1-0)

Ligações:


Ler Texto Completo

Recordar: GD Tourizense 1-1 Ac. Viseu FC

Estádio Visconde do Vinhal, 31 de Janeiro de 2010
17ª Jornada da II Divisão, Zona Centro
Árbitro: Carlos Espadinha

Tourizense: Bruno Grassi, Xavier, Eridson, Fábio Santos, Sarmento (Traquina, 73), Pedro Fontes, Katio, Amessan (Francis, 85), Jorge Chula, Aguinaldo e Tomé. Treinador: Tó Margarido.

Ac. Viseu: Paulo Freitas; Marco Almeida (Filipe, 60), Tiago Jonas, Tiago Gonçalves e Marcelo Henrique; Calico, Paulo Gomes (Hugo Seco, 77), Tomé e Fernando Ferreira (Rúben, int); Rui Santos e Éverson. Treinador: António Borges.

Expulsão: Rui Santos 90

Golos: Rui Santos 28 (0-1), Jorge Fontes 90 gp (1-1)

Ligações:
Ler Texto Completo

Antevisão: Leixões SC vs Ac. Viseu FC

406º Jogo do Académico na Segunda Liga - 132 vitórias, 115 empates, 158 derrotas, 407 golos marcados e 465 sofridos.  Fora de casa este será o jogo número 204 - 32 vitórias, 65 empates e 106 derrotas, 163 golos apontados e 307 sofridos.

Este será o 31º jogo entre Académico e a equipa de Matosinhos, o Académico venceu 8 jogos, empatou 9 e perdeu 13, marcou 35 golos e perdeu 39. No terreno do Leixões este será o 16º jogo com 3 vitórias academistas, 3 empates, 9 derrotas, 11 golos marcados e 23 sofridos. O nosso clube não perdeu nenhum dos últimos 6 jogos disputados frente ao Leixões, isto em jogos a contar para a Ledman LigaPro.

Em confronto vão estar o 4º e o 5º classificado do campeonato, ambos com os mesmos pontos, com vantagem para o Académico por ter vencido na primeira volta (3-0). O Leixões tem melhor ataque (28/25), mas o Académico tem melhor defesa (20/24).

O Académico está numa série de 3 empates consecutivos (7 empates nos últimos 11 jogos) e tem apenas uma vitórias nos últimos 8 jogos. Fora do Fontelo está também numa série de 3 empates, não vence há 4 jogos, mas tem apenas uma derrota nos últimos 8 jogos na condição de visitado.

Já o Leixões tem apenas uma derrota nos últimos 12 jogos em em casa ainda não perdeu tendo apenas cedido dois empates: empatou com o SL Benfica B (0-0) e CD Nacional (2-2, golos de Belima e Bruno Lamas); venceu o Varzim SC (2-0, golos de Ricardo Barros), FC Porto B (1-0, Evandro Brandão), SC Covilhã (2-1, Belima e Derick), Gil Vicente FC (2-0, Kukula e Evandro Brandão), AAC Académica (1-0, Breitner), Vitória SC B (3-2, Kukula e Bruno Lamas 2), FC Famalicão (1-0, Luís Silva) e Real SC (3-0, Ricardo Alves, Breitner e Kukula).

Ler Texto Completo

Parabéns Barry!

NOME COMPLETO
Luís Filipe Silva Barry
NOME
Barry
DATA DE NASCIMENTO
30/01/1982
NATURALIDADE
Corroios
POSIÇÃO
Ponta de lança
ESTREIA
Leixões 2-0 Ac. Viseu (23/07/2017)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 3-0 Leixões (19/08/2017)
JOGOS
21
GOLOS
4
ÉPOCAS
17/18


O ponta de lança academista faz hoje 32 anos. Parabéns Barry!
Ler Texto Completo

Recordar: Brandão

NOME COMPLETO
Carlos Alberto da Silva Ferreira Brandão
NOME
Brandão
DATA DE NASCIMENTO
30/01/1958
NATURALIDADE
Massarelos
POSIÇÃO
Médio
ESTREIA
Sp. Braga 4-0 Ac. Viseu (27/08/1978)
JOGOS
14
ÉPOCAS
78/79

Este médio jogou no Académico de Viseu, emprestado pelo FCP, na época 78/79 – com 20 anos – fazendo 14 jogos. Dizia que vinha para o Académico com o pensamento em voltar ao FC Porto (76/78 e 79/80). 

Leixões (79/80), Sanjoanense (80/81), Juventude de Évora (81/82), Tirsense (82/84), U. Madeira (84/85), Paços de Ferreira (85/86), Ermesinde (86/90) foram outros dos clubes por onde passou. 
Ler Texto Completo

Recordar: Favio

NOME COMPLETO
Favio César Márquez
NOME
Favio
DATA DE NASCIMENTO
30/01/1974
NATURALIDADE
Argentina
POSIÇÃO
Avançado
ESTREIA
Ac. Viseu 1-2 Arrifanense (17/10/1999)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 1-2 Arrifanense (17/10/1999)
JOGOS
7
GOLOS
3
ÉPOCAS
99/00

Conhecido como "o cigano" começou bem cedo no Boca Juniors, mas não chegou a alcançar o patamar que tanto prometeu. 

Mesmo assim chegou ao melhor clube do mundo em 99/00 e em apenas meia época marcou 3 golos em 7 jogos.

Jogou também no Chile (Santiago Wanderers e Osorno).
Ler Texto Completo

Recordar: Douglas Abner

NOME COMPLETO
Douglas Abner Almeida dos Santos
NOME
Douglas Abner
DATA DE NASCIMENTO
30/01/1996
NATURALIDADE
Brasil
POSIÇÃO
Médio ofensivo/avançado
ESTREIA
Porto B 1-0 Ac. Viseu (14/08/2016)
JOGOS
5
ÉPOCAS
16/17


Veio para o Académico, juntamente com Luisinho, por empréstimo do Boavista. Acabaria apenas por fazer 5 jogos, quatro deles vindo do banco, e quando foi titular acabaria por ser substituído. Foi ainda seis vezes suplente não utilizado.


Na reabertura do mercado saiu para o Salgueiros, onde também pouco jogou, e actualmente joga na equipa B do Boavista.
Ler Texto Completo

Recordar: AD Nogueirense 2-1 Ac. Viseu FC

Estádio Santo António, 30 de Janeiro de 2011
16ª Jornada da III Divisão, Série D
Árbitro: Pedro Martins (Leiria)

Nogueirense: Rui Vale, Luís Paiva, Mounir, Marco, Carlos Santos (Toni, int), Diogo Melo, Carlo, Luís Jorge (Pinheiro, 73), Diogo Gonçalves (Daniel, 60), Nuno Pedro e Chano. Treinador: Pedro Ilharco.

Ac. Viseu: Paulo Freitas; Casal, Canelas, Tiago Gonçalves e Marcelo Henrique; Calico, Vouzela e Marco Almeida; Ricardo Ferreira (Éverson, 80), Luisinho e Zé Bastos (Álvaro, 75). Treinador: Paulo Gomes.

Expulsão: Marcelo Henrique 65

Golos: Luisinho 18 (0-1), Chano 54 (1-1), Toni 76 (2-1)

Ligação:

Crónica do jogo
Ler Texto Completo

Recordar: CAF - Ac. Viseu 7-2 AC Marinhense

Estádio do Fontelo, 29 de Janeiro de 1978
15ª Jornada da II Divisão, Zona Centro
Árbitro: Castanheira Grilo (Aveiro)

Ac. Viseu: Alexandre; Pelezinho (Basto), Chico Santos, Gomes e Braga; Penteado, Pedro Paulo e Rodrigo; Renato (Albasini, 35), Keyta e Toyobe. Treinador: José Moniz.

Marinhense: Amaral; Virgílio, Santos, Orlando e José António; Lourenço, Morgado (Ferreira) e Arlindo; Marito, Rosário e Quim-Zé.

Expulsão: José António 22 (Marinhense)

Golos: Santos 10 gp (0-1), Renato 17 (1-1), Renato 21 (2-1), Albasini 47 (3-1) Quim Zé 62 (3-2), Albasini 70 (4-2), Penteado 77 (5-2), Toyobe 78 (6-2), Keita 87 (7-2)

Rezam as crónicas que até a 29 de Janeiro de 1978 – já lá vão 40 anos – o Marinhense nunca tinha perdido no Fontelo. Como há uma primeira vez para tudo saiu vergado ao peso de uma goleada, se bem que tenham iniciado o encontro na frente do marcador. A notícia da goleada só ficou assombrada pelo facto de Renato ter fracturado o maxilar – foi conduzido ao Hospital de Coimbra.
Ler Texto Completo

Recordar: Zé Da Rocha

NOME COMPLETO
José da Rocha Monteiro da Silva
NOME
Zé da Rocha
DATA DE NASCIMENTO
29/01/1968
NATURALIDADE
Cabo Verde
Posição
Avançado
ESTREIA
Ac. Viseu 1-1 Aves (25/8/90)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 1-1 Torreense (1/9/90)
JOGOS
39
GOLOS
6
ÉPOCAS
90/91



Chegou ao Académico de Viseu com apenas 22 anos tendo actuado na Divisão de Honra, atual Ledman LigaPro, ao serviço do nosso clube numa época em que apontou 6 golos em 39 jogos. Curiosamente essa foi a sua época mais profícua pois não voltou a apontar tantos golos numa só época.


Na época seguinte seguiu para o Gil Vicente na I Divisão, embora ainda tivesse contrato com o nosso clube. De 92 a 94 jogou na Liga de Honra ao serviço de Académica e Rio Ave. Regressou ao escalão maior do nosso futebol com o Gil Vicente na época de 94/95 e por lá ficou – na I divisão – até a 98 jogando três épocas no Leça. Em 98/99 o Leça veio para o segundo escalão e Zé Da Rocha manteve-se fiel ao leceiros até 2002.

Passou pelo Feirense (02/03) e "acabou" no Lourosa (03/04).

Curiosamente teve contrato com o FC Porto de 1992 a 1996, mas nunca lá jogou.
Ler Texto Completo

Recordar: Mauro Almeida

NOME COMPLETO
Mauro Alexandre Silva Almeida
NOME
Mauro Almeida
DATA DE NASCIMENTO
29/01/1982
NATURALIDADE
Viseu
POSIÇÃO
Defesa
ESTREIA
Ac. Viseu 4-0 Sanjoanense (16/09/2001)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 2-1 Oli. Bairro (23/09/2001)
JOGOS
32
GOLOS
2
ÉPOCAS
01/02

Chegou ao Académico de Viseu em 2001/2002 emprestado pelo FC Porto tendo actuado com a camisola negra em 32 partidas apontando dois golos. Seguiu-se Sporting da Covilhã e Estrela da Amadora. Depois disso uma sucessão de clubes e países.

Outros clubes: Repesenses (camadas jovens), FC Porto (camadas jovens), Sporting da Covilhã (02/03), Estrela da Amadora (03/04), Zwolle (03/06), Pasching (05/06) Vhiren (06/07), Accrington (06/07), Swindon Town (07/08), Sligo Rovers (08/10), Inter Luanda (2011), Sagrada Esperança (2012 a 2014), Libolo (2015) e Progresso Luanda Sul (2016 a 2017).
Ler Texto Completo

Recordar: Sérgio Rocha

NOME COMPLETO
Sérgio Miguel Gonçalves Rocha
NOME
Sérgio Rocha
DATA DE NASCIMENTO
29/01/1980
NATURALIDADE
Coimbra
POSIÇÃO
Médio
ESTREIA
Ac. Viseu 1-1 BC Branco (02/09/2001)
JOGOS
9
ÉPOCAS
01/02

Apenas uma época no Académico de Viseu onde fez 9 jogos, a maior parte deles como suplente utilizado.

 Com formação no Benfica (foi internacional sub 15 e sub 17), jogou também no Benfica B (99/01), Pinhalnovense (01/02), Atlético (02/04), Juventude de Évora (04/08), Atlético do Cacém (08/09), Leiria Marrazes (14/15), GRAP (15/16) e Alta de Lisboa (17/18).

Ler Texto Completo

Recordar: Ac. Viseu FC 3-0 SC Farense

Estádio do Fontelo, 29 de janeiro de 2014
27ª Jornada da Liga 2 Cabovisão
Árbitro: Daniel Cardoso (Aveiro)

Ac. Viseu: Ricardo Janota; Tomé, Paulo Monteiro, Cláudio e Ricardo Ferreira; Capela (Ibraima, 69) e João Alves; João Martins, Luisinho e Bruno Loureiro (Leonel, 74); Cafú (Fausto Lourenço, 83). Treinador: Ricardo Chéu.

Sp. Farense: Ivo Gonçalves; Pedro Eugénio, Luzardo, Lameirão e Hugo Luz (Hernâni, 65); Zugic, Fábio Felício (Carlitos, 76), Clemente e Neca (Adelaja, int); André Matias e João Reis. Treinador: Jorge Paixão.

Golos: Luisinho 23 (1-0), Leonel 75 (2-0), Fausto Lourenço 85 (3-0)

Ligação:


Ler Texto Completo

Recordar: Ac. Viseu FC 2-1 AA Avanca

Estádio do Fontelo, 29 de Janeiro de 2012
16ª Jornada da III Divisão, Série c
Árbitro: Ivan Vigário (Porto)

Ac. Viseu: Nuno; Marco Almeida, Calico, Tiago Gonçalves e Ricardo Ferreira; Casal, João Paulo e Rui Dolores (Doumbouya, 63); Luisinho (Álvaro, 90+2), Rui Santos (Baio, int) e Bacari. Treinador: António Lima Pereira.

Avanca: João Oliveira, Tiago Amaral, Gamarra, Marco Abreu (Bruno Bastos, 90), Miguel Carvalho, Luís Bornes (Marmelo, 71), Veiros, Hugo Santos, Mané, Cris (Miguel Ângelo, 56) e Carlos Pesquina. Treinador: Luís Ferreira.

Expulsão: Mané 76


Golos: Carlos Pesquina 62 (0-1), Doumbouya 75 (1-1), João Paulo 90 (2-1)

Ligação:

Ler Texto Completo

Francisco Chaló: 50 jogos!

NOME COMPLETO
Francisco Alexandre Lacerda Chaló
NOME
Francisco Chaló
DATA DE NASCIMENTO
10/02/1964
NATURALIDADE
Ermesinde
POSIÇÃO
Treinador
ESTREIA
Ac. Viseu 1-0 Fafe (10/12/2016)
ÚLTIMO JOGO
Ainda em actividade
JOGOS
50
VITÓRIAS
22
EMPATES
16
DERROTAS
12
GOLOS MARCADOS
63
GOLOS SOFRIDOS
53
ÉPOCAS
16/18



No encontro frente ao Sporting CP «B», que não deixará grandes memórias, Francisco Chaló (FC) fez o jogo 50 à frente do Académico de Viseu. Tal facto fez com que FC entrasse no «top 10» dos treinadores com mais jogos ao serviço do nosso clube (é o 9º). Com 17 jogos até ao fim da temporada, FC pode ainda ultrapassar Filipe Moreira (53 jogos), mas já não será possível ultrapassar Osvaldo Silva (73 jogos).

Factos/Curiosidades

Vitórias: 44% dos jogos disputados (13ª melhor percentagem, em 33 treinadores analisados)

Empates: 32% dos jogos disputados (8ª maior média)

Derrotas: 24% dos jogos disputados (a 5ª melhor percentagem de sempre!);

Média de golos por jogo: 1.26 (19ª média);

Média de golos sofridos por jogo: 1.06 (17ª média);

Jogadores utilizados: 41;

Jogador mais utilizado: Sandro Lima – 48 jogos;

Jogador mais vezes titular: Bura – 43 jogos;

Jogador mais vezes utilizado como suplente: Zé Paulo – 19 jogos;

Melhor marcador: Sandro Lima 13 golos;


Equipa tipo: Peçanha; Joel, Bura, Bruno Miguel e Stéphane; Capela, Bruno Loureiro, Paná e Fernando Ferreira; Zé Paulo e Sandro Lima.
Ler Texto Completo