Noticia de interesse academista.


NOME COMPLETO
Brian Fok
NOME
Brian Fok
DATA DE NASCIMENTO
08/03/1994
NATURALIDADE
Nigéria
POSIÇÃO
Defesa Central
JOGOS NA SEGUNDA LIGA
0
ANTERIOR CLUBE
Juventude de las Piedras


A Estação Diária refere na sua edição online, que o defesa central Brian Fok, vai ser jogador do Académico.

Fok, tem dupla nacionalidade, terá nascido na Nigéria, mas tem também nacionalidade de Hong Kong, região administrativa especial da Republica da China.

Pouco se sabe acerca do historial deste jogador, o passe pertence ao Shanghai Greenland Shenhua, mas esteve emprestado ao Juventude de las Piedras da segunda divisão Uruguaia.

Aguardemos pela confirmação oficial por parte da direção academista.
Ler Texto Completo

Recordar: Fragata

NOME COMPLETO
António Fragata
NOME
Fragata
ESTREIA
Nelas 1-1 Ac. Viseu (16/09/1951)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 9-0 Vianense (10/01/1954)
JOGOS
91
GOLOS
2
ÉPOCAS
51/55

Fragata esteve 4 épocas no nosso clube. Pelo que consta terá vindo do Leixões. Em 56/57 há de novo um Fragata no Leixões que pode ser, ou não, o mesmo.
Quem sabe mais sobre o Fragata?
Ler Texto Completo

Recordar: Ferreira

NOME COMPLETO
António Ferreira
NOME
Ferreira
NATURALIDADE
Brasil
POSIÇÃO
Avançado
JOGOS
83
GOLOS
41
ÉPOCAS
46/47, 48/51, 52/53


Nasceu no Brasil, filho de portugueses naturais de Castro Daire, esteve cinco épocas no nosso clube tal como o seu irmão Hermínio (48/53).

Fez parte daquela excelente equipa que em 49/50 lutou pela subida à I Divisão. Foi nessa época que mais golos marcou pelo Académico, no total de 15, ficando a apenas um golo de Zeca. Foi campeão distrital na época de 52/53, a última como atleta do Académico de Viseu.

É o 15º melhor marcador da história academista. No seu percurso como academista apontou 2 hat-trick, ao Alcobaça em 48/49 e ao Lusitano em 49/50. Bisou por quatro vezes, à Naval (48/49), Gouveenses (49/50), e em 52/53 ao Marialvas e Covilhanenses. Marcou 27 golos de forma isolada.

Foram 20 os clubes que sofreram golos de Ferreira, o Lusitano, com 6 golos, foi o seu melhor “cliente”. Naval (4), Alcobaça (3), Covilhanenses (3), Gouveenses (3), Tondela (3), Lamego (2), Marialvas (2), Peniche (2), Torreense (2), União de Cooimbra (2) e com um golo Beira Mar, Benfica de castelo Branco, Sp. Espinho, Ferroviários, Leões de Santarém, Oriental, União da Guarda, União de Montemor e Viseu e Benfica foram os outros clubes que sofreram golos de Ferreira.
Ler Texto Completo

Recordar: Ac. Viseu FC 1-2 Leixões SC

Estádio do Fontelo, 31 de julho de 2013
2ª Jornada da Taça da Liga, Grupo C
Árbitro: Jorge Tavares (Aveiro)

Ac. Viseu: Ricardo Janota; Tomé, Cláudio, Paulo Monteiro e Tiago Rosa; Capela, Bruno Loureiro e Luisinho; Leonel, Ouattara e Samir (Zé Rui, 54). Treinador: Filipe Moreira.

Leixões: Jorge Baptista; João Viana, Nuno Silva, Zé Pedro e João Pedro; Cadinha (Materazzi, 85), Anderson (Moedas, 71) e Tiago Lenho (Novais, int); Rúben Saldanha, Moreira e Maillo. Treinador: Pedro Correia.

Golos: Rúben Saldanha 11 (0-1), Moreira 74 (0-2), Capela 76 (1-2)

Ligação:


Ler Texto Completo

Recordar: SC Freamunde 1-0 Ac. Viseu FC

Estádio do SC Freamunde, 30 de Junho de 2014
2ª Jornada da Taça da Liga, Grupo B
Árbitro: Ricardo Lourenço (Portalegre)

Freamunde: Jorge Baptista, Hugo Lopes (Fausto Lourenço, 30), Monteiro, Luís Pedro, Huguinho, Barbosa, João Alves (Lio, 38), Jô, Pedrinho e Tiago Cintra (Tiago Leão, 40). Treinador: Filó.

Ac. Viseu: Ivo; Tiago Costa, Tiago Gonçalves, Pedro Santos (c) e Dalbert; Alphonse, Alex Porto (João Coimbra, 65), Filipe Nascimento (Marcel, int) e Luisinho; Tiago Borges e Sandro Lima (Paulo Roberto, int). Treinador: Alex Costa.

Golo: Jô 52 (1-0)

Ligação:


Ler Texto Completo

Recordar: Pedro

NOME COMPLETO
Pedro Valente dos Santos
NOME
Pedro
DATA DE NASCIMENTO
30/07/1936
NATURALIDADE
Pardilhó – Estarreja
POSIÇÃO
Defesa
ESTREIA
Vianense 6-2 Ac. Viseu (25/09/1955)
JOGOS
10
ÉPOCAS
55/57

Jogador formado no CAF e que fez 10 jogos pelo nosso clube. Naquela altura não havia medo de apostar nos jovens...
Sabe mais?

Ler Texto Completo

Análise Individual Paços x Ac.Viseu: Fernando Ferreira MVP

Fernando Ferreira -3.5- Iniciou a temporada em grande forma, rubricando um belo desafio. Bastante lutador no meio-campo, fez ainda o segundo golo do Académico, pleno de oportunidade. O escolhido pela equipa da magia do futebol como melhor academista em campo, pelo equilíbrio que deu à equipa.



Jonas -2- Duas boas intervenções, dignas de registo. No último golo, parece-nos que podia ter feito melhor. Acontece aos melhores. Força guardião!!

Tiago Almeida -3- Regressado ao Académico, foi logo titular no primeiro desafio oficial. Subiu no terreno não tanto como desejaria, mas sempre que lhe foi possível.

K.Medina -3.5- Exibição muito interessante de um dos reforços desta temporada. Assertivo no corte, mostrou credenciais para se tornar um importante elemento no plantel academista.

Pica -3.5- Assumiu a braçadeira de capitão do Ac.Viseu. O patrão da defesa, fez ainda, de cabeça, um dos golos dos viseenses.

Fábio Santos -3- Estava em dúvida para o jogo, mas mostrou ser um Viriato de guerra. Foi um dos sacarificados na hora do arriscar.

Lucas -3.5- Parece ser o dono da ala esquerda academista. Destaque para o cruzamento milimétrico que deu, na altura, o empate academista. Muito ativo no corredor esquerdo.

Latyr -3- Estreia a titular de mais um reforço academista. Muito bem no último passe, fez com FF uma dupla interessante no centro do terreno.

Gabriel -3.5- Uma surpresa muito agradável. Jogou e fez jogar, com uma técnica muito apurada, mostrou ser um reforço importante para a próxima temporada. O lance do segundo golo, nasce num dos seus rasgos individuais. 

João Mário -3- Teve alguns rasgos interessantes, como é seu timbre.

Nsor -2- Não teve uma tarde muito inspirada. Esteve perto do golo ainda na primeira metade.

Gonçalo -2- Entrou bem na partida, emprestando muita vontade ao jogo.

Barry -1.5- O capitão academista, entrou para o lugar de NSOR, mas não teve nenhuma oportunidade de golo.

Ler Texto Completo

Recordar: Fernando

NOME
Fernando
ESTREIA
Bodiosenses 1-17 Ac. Viseu (30/09/1945)
PRIMEIRO GOLO
Bodiosenses 1-17 Ac. Viseu (30/09/1945)
JOGOS
19
GOLOS
6
ÉPOCAS
45/48
 

Avançado proveniente do Bodiosenses (44/45). Três épocas no CAF. Sabe mais?
Ler Texto Completo

Recordar: Eurico

NOME
Eurico
POSIÇÃO
Defesa
JOGOS
22
ÉPOCAS
46/49
 
Três épocas no Académico de Viseu. E mais nada sabemos sobre o Eurico além do que aqui expomos. Alguém ajuda?
Ler Texto Completo

FC Paços de Ferreira 3-2 Ac. Viseu FC



O Académico, versão 2018/2019, fez esta tarde o seu primeiro jogo oficial a contar para a 2a fase da allianz cup, tendo saído derrotado por 3-2 na deslocação a Paços de Ferreira. Contudo, deixou uma imagem extremamente positiva em campo. 




Estádio Capital do Móvel, 28 de julho de 2018
2ª Eliminatória da Allianz Cup (Taça da Liga)
Árbitro: Marco Cruz (Porto)

Paços de Ferreira: Ricardo Ribeiro; Bruno Santos, Marco Baxinho, Marcos Valente e Bruno Teles; André Leão, Pedrinho e Christian (Vasco, 74); Uilton (Fatai, 74), Osei Barnes (Tanque, 79) e Paul Ayongo. Treinador: Vítor Oliveira.

Ac. Viseu: Jonas; Pica (c), Fábio Santos (Gonçalo, 74) e Kevin Medina; Fernando Ferreira, Latyr Fall, Tiago Almeida e Lucas; João Mário, Gabriel e Nsor (Barry, 77). Treinador: Manuel Cajuda.


Golos: Christian 32 (1-0), Pica 45+1 (1-1), Uilton 57 (2-1), Fernando Ferreira 76 (2-2), André Leão 85 (3-2)

O Académico realizou uma exibição personalizada, tendo-se batido de igual para igual com a turma de Paços de Ferreira que, recorde-se, desceu esta temporada ao segundo escalão. 




O primeiro golo nasce de um livre direto batido superiormente por Cristian, à passagem da meia hora de jogo, sem hipóteses para Jonas. 

O Académico reagiu, e Pica de cabeça estabelecia a igualdade, após excelente cruzamento de Lucas. 1-1 era o resultado que se registava ao intervalo. 

Na segunda metade, mais golos, primeiro o Paços de Ferreira que, num lance oportuno chegaria à vantagem. E foi já com Gonçalo em campo que os viseenses empatariam a partida. Gabriel, uma agradável surpresa, rasgou por completo a defensiva pacense, tendo a bola sobrado para Fernando Ferreira que não desperdiçou. Contudo, e quando já se pensava nos pênaltis, e parece-nos num lance infeliz do nosso guardião, André Leão colocaria a equipa da casa na próxima eliminatória da Taça da Liga, agora conhecida por Allianz Cup.




Em suma, podemos dizer que a equipa academista lutou bastante, rubricando uma exibição personalizada e agradável em vários períodos do jogo. 

Os novos atletas parecem integrados na equipa. Como nota negativa, apenas o resultado final. 

Força Académico, sempre contigo!!

Ler Texto Completo

Recordar: Tiago Gomes


NOME COMPLETO
Tiago Manuel Matos Gomes
NOME
Tiago Gomes
DATA DE NASCIMENTO
22/07/1995
NATURALIDADE
Mangualde
POSIÇÃO
Guarda Redes
ÉPOCAS
12/13
 
Era junior quando na época 12/13 se sentou por 3 vezes no banco de suplentes academista (Nogueirense em casa, Pampilhosa e São João de Ver fora). 

Jogou ainda nos seguintes clubes: Mangualde (13/14, 17/18), Nelas (14/15), Pedreles (15/17) e Os Ciências (17/18).
Ler Texto Completo

Recordar: Carlos Simões

NOME COMPLETO
Carlos António Fonseca Simões
NOME
Carlos Simões
DATA DE NASCIMENTO
28/07/1951
NATURALIDADE
Coimbra
POSIÇÃO
Treinador
ESTREIA
Ac. Viseu 0-1 Rio Ave (01/09/1991)
ÚLTIMO JOGO
Ac. Viseu 0-0 BC Branco (22/12/1991)
JOGOS
15
VITÓRIAS
4
EMPATES
4
DERROTAS
7
GOLOS MARCADOS
10
GOLOS SOFRIDOS
15
ÉPOCAS
91/92
 
Simões, enquanto jogador, foi um defesa central que passou pela Académica, FC Porto e Portimonense, defrontado o Académico diversas vezes ao longo da sua passagem pela formação portista.

Ainda não tinha feito 40 anos quando se estreou no banco academista. Estávamos na época 91/92, na Segunda Liga, e a sua estadia no comando técnico academista durou até à 13ª jornada, a que se junta mais dois jogos na Taça de Portugal, com o Académico na 13ª posição, com dois pontos de avanço sobre a liga de água.


Carlos Alhinho foi o substituto de Carlos Simões, uma substituição que acabaria por não funcionar, já que o Académico desceu de divisão.
Ler Texto Completo

Recordar: Abdul

NOME COMPLETO
Abdul Remane Zubaida
NOME
Abdul
DATA DE NASCIMENTO
28/07/1941
NATURALIDADE
Moçambique
POSIÇÃO
Avançado
ESTREIA
Sampedrense 2-4 Ac. Viseu (20/02/1966)
JOGOS
4
ÉPOCAS
65/66

Abdul fez parte do plantel  que conseguiu a subida à II Divisão em 65/66. Veio do V. Setúbal (63/65). Em Moçambique jogou no Desportivo e no Ferroviário da cidade de Inhambane. 

Clicando aqui ficará a saber mais sobre este academista.
Ler Texto Completo

Antevisão: FC Paços de Ferreira vs Ac. Viseu FC

Imagem retirada da página oficial do Académicono Facebook. 


11º Jogo entre os dois clubes, até agora o Académico venceu um jogo, empatou 5 e perdeu 4, marcou 5 golos e sofreu 10. Em Paços de Ferreira o Académico nunca venceu, empatou 3 jogos e perdeu 2, marcou 1 golo e sofreu 5.

20 anos, 2 meses e 25 depois os dois clubes voltam a encontrar-se em jogos oficiais, o último jogo tinha sido no Fontelo, época 97/98, sendo que o nosso clube perdeu (1-3, Migueli).

Este será o 13º jogo do Académico de Viseu na Taça da Liga, o sexto consecutivo fora do Fontelo. Até ao momento o Académico venceu 3 jogos, empatou 3, perdeu 6, marcou 11 golos e sofreu 14. Fora de casa nunca venceu (desempates por grandes penalidades são considerados empates), empatou 2 jogos e perdeu 5, marcou 2 golos e sofreu 10.

O Académico não venceu nenhum dos últimos 5 jogos da Taça da Liga, ou seja, não vence desde 24 de setembro de 2014 (3-1 Belenenses, Luisinho, João Coimbra e Tiago Almeida).


Ler Texto Completo

Recordar: Ac. Viseu FC 4-1 Portimonense SC

Estádio do Fontelo, 27 de julho de 2014
1ª Jornada da Taça da Liga, Grupo B
Árbitro: Tiago Antunes (Coimbra)

Ac. Viseu: Ivo; Tiago Costa, Tiago Gonçalves (c), Pedro Santos e Dalbert (João Carneiro, 80); Alphonse, Alex Porto, Filipe Nascimento (Marcel, 57) e Luisinho; Tiago Borges e Sandro Lima (Paulo Roberto, 68). Treinador: Alex Costa.

Portimonense: Ricardo Ferreira; Ricardo Pessoa, Ivo Nicolau, Salvador e Cícero Acácio; Landinho (Filipe Soares, 60), Juninho (Theo Ryuki, 81) e Fabrício; Kanazaki, Luís Zambujo (Fernandinho, 70) e Fidélis. Treinador: Vítor Maçãs.

Golos: Dalbert 10 (1-0), Tiago Borges 42 (2-0), Kanazaki 53 (2-1), Salvador 58 pb (3-1), Tiago Gonçalves 78 (4-1)

Ligações:


Ler Texto Completo