quarta-feira, junho 06, 2007

Entrevista a Negrete.

Coube-me o privilégio de conseguir entrevistar para A Magia do Futebol, um dos meus maiores amigos de infância, o Nando como sempre o tratei, mais tarde conhecido por Negrete.
Filho de uma antiga glória do Académico de Viseu, e mais tarde do Viseu Benfica, desde muito cedo começou a conviver com os craques da bola que passaram por Viseu. Desde miúdo começou a encarar o futebol de uma forma muito séria, e muito cedo começou a jogar no Viseu Benfica, passando por todos os escalões jovens deste clube. Rapidamente se evidenciou, pela sua postura e liderança em campo, e por isso não é de admirar que tenha envergado a braçadeira de capitão.
Tínhamos em comum a paixão pelo Sporting, daí nasce a alcunha Negrete ( decorria o mundial de 86 e o Negrete foi uma das grandes revelações desse campeonato do mundo, ao marcar um grande golo através de um pontapé de moínho fantástico. Nesse mesmo ano seria uma das contratações do Sporting, juntamente com Paulo Silas.)
Sempre lhe disse que um dia jogaria no meu Académico, ao que ele me respondeu sempre que não, porque actuava no grande rival Viseu Benfica.
Num dia de Verão do ano passado, e quando via as ultimas do desporto na Internet, tive uma surpresa muito agradável: O Negrete deixava de ser atleta do Seia, e rumava ao Académico. Fiquei eufórico, peguei no telemóvel, e confirmei a noticia.
O Negrete enviou-me uma mensagem onde dizia: “ É verdade, vou ajudar a colocar o clube no lugar onde ele merece estar…”

Nome: Fernando Jose Almeida Jesus
Data de Nascimento: 17-08-1977
Local de Nascimento: Viseu


Quando começou o futebol?
Não tenho a certeza mas acho que foi antes de começar a andar...Federado foi aos 9 anos no Viseu e Benfica.

Qual foi o momento desportivo mais importante da tua carreira futebolística?
A subida à 2ª Divisão pelo Penalva do Castelo.

Qual o jogo que te marcou mais pela positiva?
O jogo que garantiu essa subida na Gafanha.

E pela negativa?
O que provocou a lesão mais grave da minha carreira (ruptura do cruzado anterior).

Qual é o teu ídolo?
Não posso dizer que tenha um ídolo, mas que ao longo da minha vida me tenho rodeado de pessoas que admiro e que me ajudaram a formar como Homem e como jogador nomeadamente o meu pai.

Qual o treinador que te marcou mais?
Correndo o risco de ser chamado de "puxa", tenho que nomear o meu actual treinador ( prof. Idalino), porque foi quem teve a coragem de "pegar" num miúdo júnior e fazê-lo titular na terceira divisão. Não posso no entanto deixar de falar de treinadores como o prof. Amaro, Mister Teixeira, Mister Paulo Barra que contribuíram muito para o meu desenvolvimento e com os quais aprendi muito.

Como é jogares contra a equipa treinada pelo Mister Eduardito? Tiveste algum sentimento especial quando jogaste contra ele?
Claro que sim, sempre receei esse encontro por achar mais fácil torcer pela sua vitória, mas admito que me soube bem roubar-lhe os três pontos....

Como surgiu o convite para vires para o Académico?
Ao longo da minha carreira tive a sorte de "sair sempre das equipas pelos meus pés", mas o ano passado e depois de ter recusado algumas propostas assinei pelo Seia, fiz a pré época mas o clube desistiu deixando-me a mim e aos meus colegas numa situação ingrata. Foi então que surgiu a proposta do Académico nem olhei para trás até porque achei o projecto ambicioso.

Achas que no Académico ainda existe a mística de outros tempos?
Acho que o Académico é uma equipa muito especial e que tem tudo para atingir o lugar que merece.

Como foi, nos últimos jogos, o comportamento dos adeptos do Académico no apoio à equipa?
Os adeptos do Académico são muito exigentes, o que se compreende tendo em conta a História e capacidades do clube, por vezes talvez um pouco injustos.

Gostavas de acabar a carreira no Académico?
Sou viseense e esta época foi uma boa experiência. É claro que não me importava de acabar em casa e já agora umas divisões acima.

Que repto gostarias de deixar aos sócios e adeptos?
Vamos levar o Académico ao lugar a que ele pertence.

Tens planos para ser técnico ou dirigente de futebol?
O futebol é uma das minhas paixões e quero tê-lo presente na minha vida, mas por enquanto só penso em jogar mais uns anitos.

Tiveste golos decisivos com o Tarouquense e Paivense. Algum segredo para isso acontecer?
Muita vontade de ganhar...

Calico, Zé Pedro e Marcos. Qual preferes para teu companheiro no centro da defesa?
Têm características diferentes mas são todos bons jogadores e colegas. É indiferente entendo-me bem com qualquer um deles.

Exceptuando os jogadores que estão agora no Académico, elabora um onze de antigos companheiros dos clubes por onde passaste.
É muito difícil escolher, joguei com muitos e bons jogadores.

Vais continuar no Académico?
Ainda não sei, mas é uma hipótese muito válida.

Sendo tu um filho da terra, achas possível que Viseu tenha no futuro um clube forte e que congregue todas as forças da cidade?

Só ponho essa hipótese, temos jogadores, vontade e condições para que isso aconteça e quero dar o meu contributo.

14 comentários:

Anónimo disse...

Belo exemplo.
Pena, mesmo, é a alcunha com que ficou porque este jogador é, certamente, muito melhor que o tal Negrete que foi um dos maiores barretes do Sporting. Naquela altura os dirigentes do Sporting (ainda seria o Rocha?, aquele que foi ao FCPorto buscar o Pacheco e o Sousa, mas saíu tosquiado com o Futre? ) iam buscar qualquer bicho careto que marcasse um golo de acaso e sorte pura. Felizmente para o clube, também acertavam às vezes e o caso de Silas é a prova disso.
Da entrevista fica-me a ideia de que todos puxam para o mesmo lado, ou seja, para um Académico forte e unido. Só que - e aqui falo com conhecimento de causa e por experiência - isso não vai acontecer. Nunca aconteceu e não vai acontecer. "Viseu é uma cidade óptima, mas as pessoas..." assim falava um dos nossos grandes treinadores que por cá passou e ficou decepcionado porque as pessoas não se interessam com nada enquanto a equipa anda por baixo, mas logo que alguma coisa de útil surge, logo aparecem os tais que sabem fazer tudo muito melhor...
Será sina? Temo bem que sim!
E, a talhe de foice, o que tem um treinador-empregado, por mais razões que lhe assistam, que vir para a praça pública lavar roupa suja? Os directores citados, não conheço, nem sei se existem sequer, nem me interessa.
O que interessa, isso sim, é o Académico que voltará ao charco se não encontrar o seu equilibrio, os seus dirigentes, os seus técnicos, os seus atletas, porque quanto aos adeptos nós cá estaremos, sempre na primeira linha e com sapatos fortes para dar um valente pontapé no cu aos que têm a mania que mandam no clube!
LUMAGO

quarta-feira, 06 junho, 2007
ricardofornos disse...

Se gostava deste blog, depois desta excelente entrevista ao meu grande amigo negrete,mais gostarei de fazer as minhas visitas diárias ao blog!
Foi com enorme orgulho, que logo pela manha, li a entrevista do negrete!
Como já o disse aqui, foi um prazer trabalhar com ele, aprendi imenso com ele, tirei liçoes de vida com ele!
Para os jovens de viseu, sigam e observem atentamente o negrete, é de jogadores como ele que fazem falta aos nossos clubes!
Ele já sabe que um dos meus sonhos é um dia mais tarde voltar a trabalhar com ele(e da minha parte vou fazer de tudo, para mais tarde isso acontecer)!
Abraço para a MAGIA DO FUTEBOL,e outro grande abraço para o meu amigo negrete!
Força Negro!
Saudações Desportivas

quarta-feira, 06 junho, 2007
ogirdoR disse...

Ricardo aí está a surpresa prometida. Demorou mas chegou...

quarta-feira, 06 junho, 2007
ricardofornos disse...

caro ogirdor, muito obrigado!
O que é devido sempre é prometido, já os antigos o diziam!
Gostei bastante da entrevista ao meu amigo negrete!
Apesar das várias referências ao sporting(lol), mas pronto, o meu amigo negrete também não pode ser perfeito!
Abraço para a MAGIA DO FUTEBOL!

quarta-feira, 06 junho, 2007
ogirdoR disse...

Não conheço pessoalmente o Negrete mas tenho a certeza que o facto de ser sportinguista é uma das suas grande virtudes!
Digo eu...

quarta-feira, 06 junho, 2007
João Nunes disse...

E a boa noticia, é que o Negrete vai continuar a honrar a camisola do Académico durante a época 2007/2008.

quarta-feira, 06 junho, 2007
ogirdoR disse...

Já está confirmado João?

quarta-feira, 06 junho, 2007
ogirdoR disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Nunes disse...

Está confirmado de "fonte segura".

Abraço, Zé.

quarta-feira, 06 junho, 2007
ogirdoR disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ogirdoR disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ogirdoR disse...

Para que fique bem claro: as postagens removidas foram retiradas pelo autor das mesmas, não pela MAGIA DO FUTEBOL.

quarta-feira, 06 junho, 2007
Anónimo disse...

Lumago, espero que o Académico possa realmente cumprir o seu projecto e ir subindo de escalão. Infelizmente o passado dá-lhe razão, mas espero que o futuro seja diferente.
Quanto ao Negrete, força, pelo Académico! Apesar de ser do Sporting, estar no Académico é bastante para mim.

quarta-feira, 06 junho, 2007
Alexandre Lote disse...

Grande Negrete! Parece-me que tal comoem Fornos a qualidade humana e futebolistica continua intacta. Grande abraço. Tudo de bom campeao!

quinta-feira, 07 junho, 2007