Notícia de interesse academista

Foto: abola.pt

"Francisco Chaló, de 52 anos, é o treinador escolhido pela Direção do Académico para suceder a André David, que anteontem acertou a rescisão da ligação que era válida até final da época"

A notícia é do jornal A Bola, leia a notícia completa aqui.
Ler Texto Completo

Jogador do mês: Rodolfo!

NOME COMPLETO
Rodolfo Pereira de Castro
NOME
Rodolfo
DATA DE NASCIMENTO
12/04/1995
NATURALIDADE
Brasil
POSIÇÃO
Guarda Redes
ESTREIA
Porto B 1-0 Ac. Viseu (14/08/2016)
JOGOS
16
ÉPOCAS
16/17


Foto: academicodeviseufc.com

No mês que hoje termina o guardião academista foi o jogador academista mais pontuado pelos editores de A MAGIA DO FUTEBOL e é assim eleito como jogador do mês.

Ao atleta brasileiro foram atribuídos 13,5 pontos: 2,5 na derrota caseira com o Olhanense; nota 4, atribuída pelo Record e aceites por nós para a eleição de jogador do mês/jogador do ano, no jogo contra o U. Madeira (2-2); nota 3 (Record) na derrota em Penafiel (2-1) e finalmente nota 4, e escolhido como melhor academista em campo, na derrota em casa com o Covilhã (0-1).

Na segunda posição ficou Bura com 11 pontos, mas meio ponto que Tomé o terceiro jogador do Académico mais pontuado.

Rodolfo - jogador do mês - novembro de 2016!
Ler Texto Completo

Notícia de interesse academista

O Académico confirmou há pouco, na sua página do Facebook (local de onde foi tirada a foto) que André David já não é o treinador da sua equipa de futebol. Eis a mensagem:  


"André David colocou a sua posição de treinador principal do Académico de Viseu Futebol Clube à disposição da direção academista. Confrontada com tal sitiuação e atendendo ao facto dos objetivos inicialmente traçados pelo clube não estarem a ser integralmente cumpridos, a direção do Académico de Viseu, na pessoa do seu presidente, decidiu aceitar a demissão de André David, passando agora a equipa academista a ser orientada por Octávio Moreira, Tiago Castro e Vasco Almeida. 
Pela dedicação e sentido profissional demonstrado ao serviço do Académico de Viseu, deseja a direção academista a André David, votos do maior sucesso, quer na sua dimensão pessoal quer na sua carreira desportiva."
Ler Texto Completo

AVFC - SAD

Por motivos familiares/profissionais não foi possível a nenhum dos membros de A MAGIA DO FUTEBOL estar presente na Assembleia Geral do passado sábado – marcada para as 14h30 (!) – onde se discutiu, e aprovou, a constituição da Académico de Viseu Futebol Clube SAD.

Assim sendo, e para tentar sabermos o que se passou, recorremos ao que se foi dizendo na internet/jornais sobre o assunto e tentamos fazer uma compilação do que se terá passado. A palavra que sobressai do que lemos/ouvimos é CONSÓRCIO, ou seja a associação de dois ou mais indivíduos com o objetivo de participar numa atividade, para atingir um bem comum, neste caso a SAD.

Consultado o Diário de Viseu, em crónica assinada por Silvino Cardoso, lê-se que a representar o “consórcio” esteve Rui Machado que disse que é intenção do dito consórcio «projetar o clube sendo necessário com método e organização administrativa de modo a que possam ser atingidas as metas definidas que passam por chegar ao primeiro escalão do futebol nacional profissional”, falando ainda de reformular o sector de comunicação adiantando haver uma “necessidade de o tornar mais activo”.
Os sócios presentes, ainda segundo o mesmo jornal, questionaram o “consórcio” sobre a formação dos atletas no clube tendo o representante do mesmo afirmado que “A formação é uma das prioridades da SAD… onde se vão recrutar jogadores para fazerem parte da equipa sénior no futuro”. Quanto a dinheiro a única garantia, pelos vistos, é que tal verba vai liquidar as dívidas do clube para que se possa encarar o futuro de forma mais tranquila.


Entretanto Pedro Ruas, o Senhor Presidente da Assembleia Geral do Académico, em entrevista à Rádio Desportos nas Beira (ouvir aqui), afirmou que um dos líderes do “consórcio” será o atual presidente do clube, que ficará com 51% da SAD (o consórcio), garantindo que se algo correr mal o clube não será afetado, já que nos estatutos da futura SAD ficará claro que a haver dívidas os responsáveis pela mesma serão os administradores e não o clube.

Entretanto ficamos com algumas dúvidas (e não sabemos se essas dúvidas foram ou não dissipadas na AG): Este consórcio é a melhor alternativa para a SAD porquê? Que outros projetos foram apresentados à direção? Quem é Rui Machado? Além do presidente, e pelos vistos o tal Rui Machado, que outras pessoas fazem parte do consórcio? Qual o passado deles? 

José Carlos Ferreira, sócio nº 217 do AVFC
Ler Texto Completo

Bruno Loureiro "centenário"

NOME COMPLETO
Bruno Filipe Santos Loureiro
NOME
Bruno Loureiro
DATA DE NASCIMENTO
23/09/1989
NATURALIDADE
Viseu
POSIÇÃO
Médio
ESTREIA
Ac. Viseu 6-0 Prainha (25/08/2012)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 6-0 Prainha (25/08/2012)
JOGOS
100
GOLOS
7
ÉPOCAS
12/14, 15/17

Foto retirada do site do Record

Bruno Loureiro (BL23), que está na quarta época no nosso clube, no domingo, frente ao Sporting da Covilhã num jogo de má memória, atingiu a marca de 100 jogos pelo Académico de Viseu.


Nestes 100 jogo BL23 apontou 7 golos – Logo no jogo de estreia, frente ao Prainha em 12/13 para a Taça de Portugal, marcou o seu primeiro golo, ao minuto 86, fechando a goleada (6-0) e os outros golos da temporada, ao Sousense e ao Tocha, valeram 6 pontos ao Académico. Na temporada 13/14 marcou mais 3 golos, ao Penafiel (1-0), ao Aves (3-0) e ao Feirense (0-3). O sétimo golo, e último para já, foi marcado na presente época ao Penafiel, na única vez em que marcou e o Académico não ganhou.

Teve 7 treinadores até ao momento - Foi com Filipe Moreira ao leme que mais jogos fez (52), seguindo-se Ricardo Chéu (20), André David (15), Jorge Casquilha (8), Bruno Ribeiro (3), Tony (1) e Tiago Castro (1).

Com BL23 em campo o Académico alcançou até agora 40 vitórias, 25 empates e 35 derrotas.

Neste período BL23 foi titular em 89 jogos, sendo substituído em 26 ocasiões, e jogou como suplente utilizado em 11 jogos
Ler Texto Completo

Análise Individual Ac.Viseu x Covilhã: GR Rodolfo o escolhido

Rodolfo – 4 – O melhor academista em campo, com várias intervenções de grandes reflexos, que foram adiando o golo serrano o mais possível. Não merecia o desfecho final. O escolhido para melhor academista em campo.


Tomé – 2,5 – O capitão academista não teve a preponderância habitual no flanco direito. Neste desafio em particular, subiu pouco no terreno.

Bura – 1 – Só estava a ser um dos melhores em campo, tendo vencido todos os duelos aéreos com os opositores, até que…foi expulso numa entrada despropositada acertando ou não no adversário.

Bruno Miguel – 2,5 – Rubricou uma exibição assertiva no centro da defesa academista.

Pedro Paulo – 2 – Uma das surpresas no onze, mas não foi feliz, não era a sua posição, claramente.

Zé Paulo – 2 – Jogou a trinco, central e acabou a ponta de lança. Amarelado cedo na partida, não teve a influência desejada no desenrolar do jogo.

Capela – 2 – De regresso ao onze após castigo, não teve espaço para explanar o seu jogo.

Bruno Loureiro – 2 – Algo lento de processos, o nosso maestro não teve uma tarde conseguida.

Tiago Borges – 2,5 – A espaços, imprimiu alguma velocidade no ataque academista. Dos seus pés saíram as poucas jogadas de perigo.

Yuri – 2 – Jogo apagado do nosso pequeno grande Yuri.

Carlos Eduardo – 2 – Apareceu como o homem mais avançado da equipa, mas teve um jogo pouco conseguido, apesar do esforço.

Park – 2 – Entrou para o lugar do amarelado Pedro Paulo.

Luisinho - 2 – Regressou à competição, após lesão. Teve um ou outro pormenor interessante no flanco direito. Registo para o importante regresso.

Saná – 1 – Entrou já perto do final.
Ler Texto Completo

Notícia de interesse academista

NOME COMPLETO
André Tiago Nogueira David
NOME
André David
DATA DE NASCIMENTO
15/10/1985
NATURALIDADE
Sabroso de Aguiar
POSIÇÃO
Treinador
ESTREIA
Ac. Viseu 0-1 Vizela (06/08/2016)
ÚLTIMO JOGO
Ac. Viseu 0-1 Covilhã (23/11/2016)
JOGOS
20
VITÓRIAS
4
EMPATES
6
DERROTAS
10
GOLOS MARCADOS
18
GOLOS SOFRIDOS
24
ÉPOCAS
16/17

Segundo o Jornal do Centro (a foto é retirada do site do jornal), leia a notícia aqui, André David já não é o treinador do Académico de Viseu.
Ler Texto Completo

Ac. Viseu FC 0-1 SC Covilhã

Estádio do Fontelo, 27 de novembro de 2016
16ª Jornada da Ledman LigaPro
Árbitro: Tiago Antunes (Coimbra)

Ac. Viseu: Rodolfo; Tomé (c), Bura, Bruno Miguel e Pedro Paulo (Park, 72); Zé Paulo, Capela e Bruno Loureiro; Yuri (Luisinho, 61), Carlos Eduardo e Tiago Borges (Saná, 81). Treinador: André David.

Sp. Covilhã: Igor Rodrigues; Mike (Bokila, 76), Joel, Zarabi e Ofiri; Djikiné (Prince, 56), Diarra e Chaby; Davidson (Luís Pinto, 82), Medarious e Harramiz. Treinador: Filipe Gouveia.

Expulsão: Bura 69

Golo: Luís Pinto 87 (0-1)

O que é que "SAD" fazer?

Três meses sem vencer em casa é, no mínimo, inadmissível. 

Mais que uma crónica, importa saber o que se vai fazer a seguir. 

Se ontem se debateu o futuro do clube, com Assembleia geral de apresentação do projecto da nova SAD academista, hoje ficámos preocupados com o presente do clube.

Desde logo, ficaram duvidas relativamente á constituição da equipa. No lado esquerdo da defesa, André David apresentou Pedro Paulo, com Stephane no banco de suplentes, como médio defensivo Zé Paulo, com Sana no banco, e na frente, a ausência de um ponta de lança fixo.

O jogo foi fraco, fraquinho, duas equipas de "empatas", com os forasteiros a demonstrar melhor futebol, e mais argumentos e vontade de ganhar.

O jogo foi decorrendo em ritmo de treino, com um ou outro lance mais elaborado, mas sempre sem emoção.

Aos 62m de jogo o treinador academista, retira Yuri, e lança Luisinho, mas de pouco valeu, 7m depois, Bura num lance completamente descabido, vem á entrada do meio campo adversário, e sem necessidade nenhuma, atinge o adversário com um pontapé, que levou o árbitro a mostrar e bem, o cartão vermelho.

Lógico que se o Covilhã, já era a melhor equipa no terreno de jogo, aproveitou para aumentar o caudal ofensivo.

André David faz entrar Park, para o lugar de Pedro Paulo, e coloca este jogador a defesa esquerdo, recuando Zé Paulo para central. Não estamos nos treinos, mas estranha-se que um jogador que já tenha jogado a ponta de lança, jogue como dio defensivo, e recue para defesa central.

O Covilhã carrega, e como a "manta de retalhos", tapava de um lado destapava do outro, foi a vez de Sana ir a jogo substituindo Tiago Borges.

O esperado aconteceu mesmo golo do Covilhã! Mudança de estratégia, o até então tranquilo treinador academista esbraceja, e manda a equipa para a frente. Como não estava Bura, Zé Paulo, faz a terceira posição do jogo, vai de central para ponta de lança.

Futebol direto, pontapé para a frente, e Bruno Loureiro cai na área no ultimo lance do encontro. O árbitro também contribuiu para a festa e deu o jogo por terminado.

Jogo fraco, feio e frio, com um final de encontro quente.

Vitoria justa da única equipa que jogou para ganhar.

João Nunes sócio nº 81
Ler Texto Completo

Antevisão: Ac. Viseu FC vs SC Covilhã

Imagem da página oficial do Académico no Facebook

359º jogo do Académico na Segunda Liga com 113 vitórias, 100 empates e 145 derrotas. Quanto a golos marcados o Académico está a dois de chegar a um número redondo - 350 - , tendo 410 sofridos. No Fontelo, em jogos para a segunda liga, o saldo é de 88 vitórias, 44 empates, 46 sofridos, 210 golos apontados e 132 sofridos.

Este será o 49º jogo entre Académico e Sporting da Covilhã, com o saldo a total a ser desfavorável ao Académico - 15 vitórias, 9 empates, 24 derrotas, 53 golos apontados e 66 sofridos. No Fontelo, isto é em casa, o Académico venceu 13 jogos, empatou 9 e perdeu 7, marcou 35 golos e sofreu 24.

Em confronto vão estar o 17º classificado - Covilhã - e o 19º, o Académico, ambos com os mesmos pontos, ou seja 15, mas o Académico com mais um jogo. O Académico tem melhor ataque (15/13) e pior defesa (19/18). 

O Covilhã vem de uma série de 3 jogos sem perder, fora de casa, tendo vencido no território do Vitória B (1-2), empatou com Olhanense (0-0), Fafe (1-1) e Benfica B (2-2), tendo perdido com Penafiel e Porto B ambos por 1-0 e 2-1 com o Portimonense.

O Académico em casa não vence há 4 jogos, desde 28 de agosto altura em que bateu o Vitória B (2-1) na única vitória caseira, tendo empatado com Varzim (2-2), Braga B (1-1) e Académica (0-0), tendo perdido com Vizela, Sporting B e Olhanense todos pelo mesmo resultado - 0-1!
Ler Texto Completo

FC Penafiel 2-1 Ac. Viseu FC

Estádio 25 de abril, 23 de novembro de 2016
15ª Jornada da Ledman LigaPro
Árbitro: António Nobre (Leiria)

Penafiel: Ivo Gonçalves; Kalindi, Pedro Ribeiro (c), João Paulo e Pedro Araújo (Hélio Cruz, 67); Romeu Ribeiro, Rafa Sousa (Mbala, 60) e André Fontes (Fidélis, 81); Wellington, Gonçalo Abreu e Fábio Fortes. Treinador: Paulo Alves.

Ac. Viseu: Rodolfo; Tomé (c), Bruno Miguel, Bura e Ricardo Ferreira; Zé Paulo (Park, 79), Sana e Bruno Loureiro (Nam, 71); Carlos Eduardo, Tiago Borges (Douglas Abner, 85) e Zé Pedro. Treinador: André David.

Golos: Gonçalo Abreu 27 (1-0), Bruno Loureiro 35 (1-1), Fidélis 90+4 (2-1)

“O avançado Fidélis foi o herói na vitória de ontem do Penafiel sobre o Ac. Viseu. Quanto todos já faziam as contas a um empate, o golo do triunfo surgiu no último lance do jogo. Lançado na parte final do desafio por Paulo Alves, o atacante brasileiro viria, assim, a ser determinante para a conquista dos três pontos pelos durienses num jogo que, em termos gerais, foi pobre em termos de ocasiões de golo mas rico em emoção.
Gonçalo Abreu colocou os durienses em vantagem ao desferir um remate portentoso que bateu o guarda redes beirão, mas a vantagem durou pouco tempo, com o Ac. Viseu a chegar à igualdade graças um golo de Bruno Loureiro num lance em que Ivo Gonçalves foi traído por um desvio infeliz de Pedro Ribeiro.
No segundo tempo, período de maior produção atacante de ambas as equipas, o conjunto da casa foi atrevido. Wellington foi o mais esclarecido dos durienses e teve várias oportunidades para quebrar o empate, mas faltou eficácia. Com Kalindi a criar a melhor oportunidade do jogo, ao acertar no poste, a solução estava no banco quando Fidélis, nos descontos, bateu Rodolfo e deu início à festa dos durienses”

In Record


Notas aos jogadores (atribuídas pelo Record e aceites por nós para a eleição de jogador do mês/jogador do ano): 3 – Rodolfo, Bruno Miguel, Bura, Saná, Bruno Loureiro; 2 – Tomé, Ricardo Ferreira, Zé Paulo, Carlos Eduardo, Tiago Borges, Zé Pedro, Nam e Park; 1 – Douglas Abner.
Ler Texto Completo

Antevisão: FC Penafiel vs Ac. Viseu FC

Imagem retirada da página oficial do Académico no Facebook

358º Jogo do Académico na Segunda Liga – 113 vitórias, 100 empates, 144 derrotas, 347 golos marcados, 408 sofridos. Fora será o jogo 180 – 25 vitórias, 56 empates, 98 derrotas, 137 golos marcados, 276 sofridos.

Este será o 28º jogo entre os dois clubes, com o Académico a ter 9 vitórias, 3 empates, 15 derrotas, 22 golos marcados e 37 sofridos. Em Penafiel será o 15º jogo e aí o Académico nunca venceu, empatou 3 jogos e perdeu 11, tendo marcado 8 golos e sofrendo 27.

O Académico é neste momento o 18º classificado, com 15 pontos, menos 7 que o Penafiel que é de momento o 7º classificado. Curiosamente o Académico tem um ataque com os mesmos golos do Penafiel (14/14), mas pior defesa (17/13).

Em casa o Penafiel venceu 6 jogos, 4 deles por 1-0 (Covilhã, Académica, Vitória B e Gil Vicente) e dois jogos por 2-1 (Cova da Piedade e Varzim), empatou com o Fafe (1-1) e não perdeu qualquer jogo.


Por sua vez o Académico não perde fora de portas há 4 jogos, se conseguir pontuar em Penafiel baterá um record pois o Académico nunca conseguiu esse feito na Segunda Liga tal como a conhecemos.

O árbitro será o Senhor António Nobre que tem 27 anos, fará 28 depois de amanhã, pertence à Associação de Futebol de Leiria, e esta será a segunda vez que nos arbitra, tendo em conta que foi o árbitro do Gafetense 1-3 Ac. Viseu a contar para a Taça de Portugal.
Ler Texto Completo

Recordar: Fernando Ferreira

Foto: Jornal do Centro

NOME COMPLETO
Fernando José Almeida Sequeira Ferreira
NOME
Fernando Ferreira
DATA DE NASCIMENTO
20/11/1986
NATURALIDADE
Viseu
POSIÇÃO
Médio
ESTREIA
Ac. Viseu 1-2 U. Lamas (24/08/2008)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 1-2 Vizela (13/09/2008)
JOGOS
43
GOLOS
6
ÉPOCAS
08/10

Formado ao lado de grandes nomes do actual futebol português foi com grande expectativa que os academistas acolheram a chegada de Fernando Ferreira a casa. No Académico acumulou boas exibições intervaladas por períodos menos bons. Nunca foi um indiscutível da equipa viseense se bem que todos lhe reconhecessem valor, tal como se verifica hoje em dia. Uma subida e uma descida é o pecúlio que apresenta como jogador do AVFC.


Outros clubes: Casa Pia (05/06), Espinho (06/07), Real Massamá (06/08), Tondela (10/11, 16/17) e Belenenses (11/14), Marítimo B (14/15) e Marítimo (14/16).
Ler Texto Completo

Apresentação do reforço: Bruno Madeira!

NOME COMPLETO
Bruno Alexandre Marques Madeira
NOME
Bruno Madeira
DATA DE NASCIMENTO
17/09/1984
NATURALIDADE
Viseu
POSIÇÃO
Médio
ESTREIA
Oliveirense 1-1 Ac. Viseu (24/08/2003)
PRIMEIRO GOLO
Marinhense 2-2 Ac. Viseu (21/12/2003)
JOGOS
57
GOLOS
5
ÉPOCAS
02/05, 16/17


Imagem retirada do site oficial do clube

Produto das camadas jovens do clube, Bruno Madeira iniciou-se nos seniores de forma bem precoce – ainda antes dos 19 anos.

Com o fim do CAF mudou-se para Chaves (05/08), seguindo-se Penafiel (08/09, 10/11) e Gil Vicente (09/10). Nos penafidelenses chamou a atenção do Brasov da Roménia onde também jogou no Concordia Chiajna.

Regressa agora ao Académico, o melhor clube do mundo, e tendo em conta que estava desempregado pode ser desde já utilizado.


Bruno, bem-vindo a casa!
Ler Texto Completo