domingo, fevereiro 13, 2011

Enfim...

Antes demais gostava de vos pedir desculpa por esta enorme ausência que muito motivada por problemas de saude me afastaram um pouco destas lides e também com as viagens entre Braga e Viseu me deixaram menos tempo para vos mostrar o que os nossos mais jovens vão fazendo para honrar esta nossa camisola. A todos um desculpa e a promessa que a partir de agora podem contar com este espaço mais actualizado.

Assim este fim de semana no unico jogo disputado pelas nossas camadas jovens tinham os iniciados deslocaram-se a terras vizinhas de Aveiro para defrontar a equipa auri-negra Beira Mar.Fica aqui a crónica e que acho merecer toda a atenção de quem gosta realmente deste nosso clube.

VERGONHA! Desta vez começo pelo fim e por algo negativo que não posso deixar passar em claro. Deixo aqui uma pergunta: que aconteceria se numa deslocação fora para disputar um jogo, pedissem aos jogadores seniores que pagassem a respectiva viagem? Não achariam correcto e mesmo imaginável.
Pensei que pelo menos isto os jogadores mais jovens academistas tivessem direito. Mas hoje vi que não, pois mesmo eles tiveram que pagar do seu bolso uma deslocação a Aveiro, onde mais uma vez honraram este simbolo que tanto amam, apesar do abandono ditado pela direcção. Será assim que querem cativar estes jovens para o nosso clube?
A grandeza dos clubes vê-se nestes actos, pois os grandes e que são visíveis todos dão! Haja vergonha e ponderação de quem manda para fazer deste clube maior, isto se houver vontade para tal!

Beira Mar - Académico Viseu 2:1
Golo Beira Mar: Ribeiro (31 min) , Tiago (69 min)
Golo Académico Viseu: Marcelo (37 min)
Beira Mar: Canha, Ricardo, Fábio, Yusuf(Sousa, intervalo), João (Steven, intervalo), Aurélio (Esteves, 70+ 2min), Melo, Abreu, Ramalho, Lucas (Tiago, 52 min) e Ribeiro.
Suplentes não utilizados: Rafa, Rui e Sérgio.
Treinador: Rainho.
Académico Viseu: Marco (Fábio, intervalo), Pedro Pereira, Eduardo, Paulo Jorge, Rafael Silva, Tiago Vaz Pinto, Renato (Vasco, intervalo), Gonzalez, Samuel (Rui Cardoso, 47 min), Rui Silva (Kiko, 55 min) e Pedro Costa (Marcelo, intervalo).
Suplentes não utilizados: Rafael Barreiros e João Silva.
Treinador: Bruno e Pardal.
Árbitro: Paulo Pinheiro, Auxiliares: Álvaro Martins e João Calado (A.F. Coimbra)

Este era um jogo que marcava o encerramento da primeira fase do Campeonato Nacional de Iniciados. Com os objectivos ja concretizados ambas as equipas procuraram assim encerrar a mesma fase com uma vitória e assim o jogo promete.
Primeiro minuto e o Beira Mar fica perto do golo com Ribeiro na ala esquerda do seu ataque a rematar cruzado e a fazer Marco a ter uma grande defesa evitando assim o inaugurar do marcador para os beiramarenses.
Os academistas conseguem equilibrar a contenda e tentam reagir com rápidas movimentações de Samuel e aos 10 minutos o mesmo jogador aparece solto para Canha conseguir se adiantar e anular uma boa hipótese de golo.
Partida equilibrada com ambas as equipas a procurarem o golo o que cativa os adeptos existentes no campo, embora caiba à equipa local a maior percentagem de posse de bola.
Aos 22 minutos Aurélio ganha o lance a Pedro Pereira e entra na área academista e centra para nenhum colega de equipa conseguir o remate para golo.
Com a mudança de ala de Aurélio os beiramarenses conseguir criar mais dificuldades para a defensiva viseense e aos 31 minutos numa boa jogada a bola fica para Ribeiro que no meio da área solto de marcação empurra para o abrir do marcador.
Chega-se ao intervalo com um resultado a favor dos auri-negros fruto de um golo que surge no melhor momento local.
Os academistas entraram bem na partida e aos 37 minutos viriam a empatar o jogo num momento de enorme inspiração de Marcelo que recebe sobre a linha lateral e desloca-se um pouco para o interior do campo e desfere um remate indefensável para o voo de Canha.
A partida esta equilibrada o que cativa mais os adeptos. A resposta local dá-se aos 47 minutos quando Aurélio em boa posição remata bem valendo o corte providencial de Paulo para canto. No seguimento do lance mais uma situação de perigo com Aurélio a desmarcar bem Lucas que não consegue o remate.
Aos 53 minutos Aurélio desmarca bem Ramalho que em boa posição remata um pouco ao lado quando os adeptos auri-negros já gritavam o golo.
É um momento de grande pressão dos locais que empurram os academistas para terrenos mais atrasados mas onde a defesa academista está a conseguir suster estas investidas da melhor forma.
Aos 59 minutos boa jogada do irrequieto Aurélio a ter um centro milimétrico para Steven aparecer solto de marcação mas a rematar so lado da baliza de Fábio.
Cinco minutos depois é a vez de Melo em boa posição rematar um pouco ao lado da baliza academista. A equipa local intensificava a pressão e viria a marcar no ultimo minuto regulamentar quando Tiago desfere também ele um remate indefensável apesar do voo de Fábio.
Chega-se ao final da partida num jogo bem disputado e que ambas as equipas nunca viraram a cara perante um terreno sempre complicado e até onde o tempo condicionou a sua arte. Por isso ambas as equipas merecem destaque neste jogo.
Arbitragem embora com alguns erros não influenciou no resultado final da partida.

Out: entrave do relvado. Num estádio que ja recebeu as equipas mais importantes do pais, o Mário Duarte apresenta umas condições algo deficitárias e que aliada à forte chuva que se abateu sobre Aveiro o deixaram em muitos pontos impraticável e só a força fazia rolar a bola.
Valeu o grande espirito de luta destes campeões!
In: qualidade de golos. Dois dos três golos são de levantar qualquer estádio e merecem um digno destaque. Num jogo bem disputado por duas equipas que procuraram sempre o melhor resultado, os golos são duas pérolas que fazem deste futebol um verdadeiro hino no desporto.
Melhor em campo: Rafael Silva. Apesar da derrota academista, Rafael Silva rubricou uma enorme exibição e não deu qualquer hipótese aos jogadores que teve pela frente. Uma exibição intratável!

7 comentários:

Anónimo disse...

Vergonha de direção. Demitam-se seus incompetentes...

domingo, 13 fevereiro, 2011
Anónimo disse...

Será que depois do que se passa no clube o mais importante é subir de divisão?
É preciso fazer alguma coisa urgentemente o clube não pode viver desta forma.

Rui Lage

domingo, 13 fevereiro, 2011
Joao Monteiro disse...

Sem dúvida amigo! Fica essa questão importantíssima! Quando ainda existem problemas cm este...significa que um clube mostra claros problemas de planeamento, algo que se faz no inicio de um projecto, de um ano desportivo, ou até de um mandato.

segunda-feira, 14 fevereiro, 2011
jose costa disse...

queria dar os parabens o belissimo campeanato que estes miudos fizeram, e deixar um recado ao sr.albino e seus pares, que o nosso clube nao e so seniores, a equipe senior so nos envergolham, porque a equipa que tem era para irem em 1º lugar

terça-feira, 15 fevereiro, 2011
Anónimo disse...

Vergonha é o que este tipo de academistas faz ao clube. Jorjao vergonha foi o que fizeste aquele que dizes que é o teu clube. Nao tinhas o direito de denegrir a imagem do Academico por interesses pessoais ou picardias com outros. Sabes muito bem que existia 1 acordo entre pais e Academico para as viagens desde o inicio da epoca. Nao vou dar-me ao trabalho de o explicar aqui. Espero que o faças brevemente e peças desculpa pelo mal que fizeste ao clube com as MENTIRAS que disseste. Se os admistradores deste blog gostam realmente do Academico nao vao deixar de publicar este comentario e apurar a verdade dos factos. Faz muito mal ao clube este tipo de atitudes. 1 abraço
Luis Sobral

terça-feira, 15 fevereiro, 2011
joca disse...

Boas tardes Sr. Luis Sobral:
Como digo, não acho normal um jogador do meu clube ter que pagar uma deslocação. Com ou sem acordo é irreal a situação. Ou não acha? Em todos os escalões quem leva os jovens aos jogos? Não são os pais? Imagine que há um acidente, de quem é a responsabilidade. Ou quem paga a gasolina aos pais para servirem de transporte aos clubes?
A noticia não é so de agora mas sim um grito de revolta de uma injustiça de ver que tem que ser pais e jogadores a sustentarem as deslocações ao clube.
Se quiser pudemos falar por mail ou msn: jorge.miguel.sa@gmail.com

terça-feira, 15 fevereiro, 2011
Anónimo disse...

Infelizmente e por razões que não compreendo as camadas jovens deste clube sempre foram um incomodo para a direcção... mas são elas, as camadas jovens que ainda trazem alegrias e vitórias ao clube. Isto de serem os pais a pagarem para que os filhos possam fazer o que mais gostam, honrar a camisola do Académico de Viseu já não é só de agora... Os pais têm que pagar não só o transporte como tudo o resto fatos de treino, casacos do clube tudo isso. E os seniores também pagam?
O Académico de Viseu tem muito agradecer aos pais dos miúdos que daqui a pouco tempo serão o futuro do Académico. Dirigentes já se dignavam a dar uma palavrinha aos pais de obrigado por tudo que eles fazem por este clube.

quarta-feira, 16 fevereiro, 2011