Recordar: José Mário

NOME COMPLETO
José Mário Almeida Correia
NOME
José Mário
DATA DE NASCIMENTO
26/04/1979
NATURALIDADE
Lisboa
POSIÇÃO
Defesa
ESTREIA
Águeda 0-4 Ac. Viseu (01/09/2002)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 3-0 Esmoriz (30/11/2003)
JOGOS
43
GOLOS
1
ÉPOCAS
02/04


Tinha 23 anos quando em 2002 ingressou no Clube Académico de Futebol vindo do Casa Pia (00/02), sendo que antes actuou no Vilafraquense (99/00) e no Alcains (98/99).


No Académico nas duas épocas que por cá esteve foi sempre um dos jogadores mais utilizados.

Após sair do CAF voltou ao Casa Pia (04/06), seguindo-se o Real Massamá (05/07). Em 2007/2008 jogou no Atlético e em 08/09 regressou ao Real Massamá onde se manteve até 10/11. Acabou a carreira no Futebol Benfica (11/13). 
Ler Texto Completo

Recordar: Chiquinho Carlos

NOME COMPLETO
Francisco Carlos da Silva
NOME
Chiquinho Carlos
DATA DE NASCIMENTO
26/04/1963
NATURALIDADE
Brasil
POSIÇÃO
Avançado
ESTREIA
Moreirense 2-0 Ac. Viseu (20/08/1995)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 2-0 Estoril (27/08/1995)
JOGOS
37
GOLOS
5
ÉPOCAS
95/97
Retirado de: Vedeta ou marreta

Chegou a Portugal em 86 – com 23 anos – para jogar no Benfica vindo do Flamengo do Brasil. No clube da Luz ficou duas épocas antes de se transferir para o Vitória de Guimarães onde permaneceu duas épocas.

De Guimarães saiu para o grande rival Sporting de Braga onde, na época de estreia, bateu o seu recorde de golos ao apontar 15. Duas épocas depois foi para Setúbal onde, para não variar, ficou mais duas épocas antes de ingressar no nosso Académico de Viseu.

Decorria a época 95/96 e Chiquinho Carlos já contava 32 anos. No nosso clube fez 37 jogos e apontou 5 golos – 33 jogos e 5 golos na primeira época e apenas 4 jogos, sem nenhum golo, na segunda.

Na época 97/98 jogou no Atlético, de 98 a 2001 actuou no Mafra saindo depois para o Igreja Nova onde actuou até 2007 abandonando a carreira de jogador aos 44 anos.

Saiba mais sobre o Chiquinho Carlos aqui
Ler Texto Completo

Recordar: Orlando

NOME COMPLETO
Orlando Jorge Lourenço da Silva
NOME
Orlando
DATA DE NASCIMENTO
26/04/1979
POSIÇÃO
Defesa
ESTREIA
Ac. Viseu 2-0 E. Portalegre (18/10/1998)
JOGOS
21
ÉPOCAS
98/99

Orlando fez toda a sua formação no Sporting e ao subir a sénior veio para o nosso clube. E foi aqui que fez a sua única época de sénior.
Ler Texto Completo

Recordar: Ac. Viseu FC 2-0 Vitória SC B

Estádio do Fontelo, 26 de abril de 2015
41ª Jornada da Liga 2
Árbitro: Sérgio Piscarreta (Algarve)

Ac. Viseu: Ivo Gonçalves; João Amorim, Tiago Gonçalves (c), Eridson e Tiago Costa; Alex Porto, André Sousa (Filipe Nascimento, 86) e Tiago Borges (Alphonse, 85); Luisinho, Tiago Almeida (Clayton, 71) e Sandro Lima. Treinador: Ricardo Chéu.

Guimarães B: Miguel Silva; Arrondel, Lima Pereira (Isaac, 83), Dennis Duarte e Dabo; João Pedro, Nassim, Joseph Aman (Helinho, 74); Ricardo, Vigário e Areias (Xande Silva, 61). Treinador: Armando Evangelista.

Golos: Sandro Lima 35 (1-0), Clayton 83 (2-0)

Ligações:


Ler Texto Completo

Recordar: Ac. Viseu FC 1-1 UD Tocha

Foto: Jornal do Centro

Estádio do Fontelo, 26 de Abril de 2009
4ª Jornada da Fase de Subida, III Divisão, Série C
Árbitro: José Coelho (Porto)

Ac. Viseu: Augusto, Alexandre, Sérgio, Tiago Gonçalves, Casal, Rui Lage (Parma, 27), Álvaro, Luís Costa (Calico, 85), Márcio (Milford, 70), Éverson e Zé Bastos. Treinador: Luís Almeida.

Tocha: Vítor Nogueira, Mauro, Portulez, Telmo, David Costa (Bertier, 38), Maricato (Rafael Duarte, 73), George, João Morais, Nicolas, Baldé (Xirola, 79) e Gonçalo Estanqueiro. Treinador: José Viterbo.

Golos: Baldé 10 (0-1), Zé Bastos 32 gp (1-1)

Ligações:

Ler Texto Completo

Capela correu para a vitória.

Capela - 4  - Por vezes, quando é difícil desbloquear as defesas adversárias, aparece o "velho" Capela, não é pela idade, é por aquilo que nos habituou a fazer no passado, pegar na bola, galgar o campo, deixar para trás tudo e todos e chegar rapidamente á baliza adversária. No Domingo fez mais uma dessas arrancadas, que não foi aproveitada por Sandro Lima. Grande ajuda no meio campo.

Rodolfo - 4 - Fez duas defesas que mantiveram a baliza inviolável. Contrariamente ao que se esperava teve uma manhã tranquila.

Carlos Eduardo - 3.5 - É bem mais regular a jogar a defesa direito, do que quando tem liberdade em campo. Não inventa, e contribuiu bastante para que o Portimonense não criasse perigo pelo lado esquerdo do ataque.

Bura - 4 - Está em todo o lado, um esteio na defesa, o primeiro a participar no ataque, um lider.

Bruno Miguel - 3 - Exibição discreta mas acertiva.

Stéphane - 3 - Bem na defesa, podia ter-se aventurado mais no ataque. 

Paná - 3.5 - Coube-lhe a missão de liderar o meio campo academista, esteve menos ofensivo que o costume, mas tem o mérito de tapar e segurar os homens do Portimonense.
  
Rui Miguel - 3 - Primeiro jogo a titular desde o seu regresso, embora não tenha feito uma exibição de encher o olho, mostrou garra, mostrou atitude, tentou, e acima de tudo sabemos que honrou o símbolo que trás junto ao coração.

Tiago Borges - 3.5 - Marcou o golo que valeu os três pontos, e tentou sempre que lhe foi possível encontrar os caminhos para a baliza adversária. Desta vez pareceu não acabar o jogo em inferioridade física. 

Luisinho - 3 - Tentou e foi conseguindo algumas jogadas de ataque pelo lado direito, mas sem grande perigo para o adversário.

Sandro Lima - 3.5 - Podia ter marcado, numa excelente arrancada de Capela, mas chutou por cima da baliza. Mais um jogo de muita disponibilidade física e mobilidade.

Bruno Loureiro - 2.5 - Entrou a pouco mais de meia hora do fim, mas trouxe mais criatividade ao meio campo academista. 

Moses - 1 - Entrou com a velocidade que lhe é característica, mas sem efeitos práticos. 

Zé Paulo - 1 - Entrou, mas desta vez não foi para marcar golos, foi para ajudar o meio campo.

Ler Texto Completo

Recordar: Couto

NOME
Couto
ÉPOCAS
31/32
 

Couto foi atleta do Académico de Viseu no mínimo na época de 1931/1932!
Ler Texto Completo

Recordar: Ac. Viseu FC 1-0 Eléctrico FC

Estádio do Fontelo, 25 de Abril de 2010
29ª Jornada da II Divisão, Zona Centro
Árbitro: Rui Silva

Ac. Viseu: Rui Marcos, Marco Almeida, Tiago Jonas, Tiago Gonçalves, Marcelo Henrique, Calico (Álvaro, 78), Tomé, Fernando Ferreira (Zé Bastos, 66), Éverson (Hugo Seco, int), Rui Santos e Guima. Treinador: António Borges.

Eléctrico: Passarinho, Mauro (João Paulo, 83), Rui Gomes, Wilson, Salvador, Edgar, Pedras (Rafael, int), Marçal (Mário Silva, 61), Telmo, Carlos Santos e Hugo Lopes. Treinador: Amãndio Barreiras.

Expulsão: Carlos Santos 85

Golo: Zé Bastos 81 gp (1-0)

Ligações:

Crónica do jogo
Melhor em campo
Ler Texto Completo

Recordar: Ouattara

NOME COMPLETO
Bessalia Ouattara
NOME
Ouattara
DATA DE NASCIMENTO
24/04/1992
NATURALIDADE
Costa do Marfim
POSIÇÃO
Avançado
ESTREIA
Ac. Viseu 1-0 Atlético (27/07/2013)
PRIMEIRO GOLO
Marítimo B 1-1 Ac. Viseu (21/09/2013)
JOGOS
27
GOLOS
2
ÉPOCAS
13/14


Foto de Rui da Cruz retirada do zerozero.pt

Decorria ainda a época 12/13 quando Ouattara brilhou no Fontelo ao serviço do Tocha (12/13). Ficou na retina dos responsáveis academistas ao ponto de na época seguinte, 13/14, ter sido reforço do nosso clube.

Entrou na época a todo o gás. Marcou dois golos, um no empate com o Marítimo B, na Madeira e outro na vitória frente ao Tondela por 2-0. Foi nesses dois jogos eleito pelo nosso blogue como o melhor em campo.

Com o passar da época foi perdendo influência, sobretudo com a chegada de Ricardo Chéu, altura em que foi apenas usado em dois jogos e como suplente utilizado. No total fez 27 jogos, dez deles vindos do banco.

Saiu para o Atlético (14/15), a que se seguiram Feirense (14/15), Lusitano (15/16), Torreense (15/16) e Sintrense (16/17).
Ler Texto Completo

Recordar: Gil Vicente FC 1-1 Ac. Viseu FC

Estádio Municipal de Barcelos, 24 de abril de 2016
43ª Jornada da Ledman LigaPro
Árbitro: Tiago Antunes (Coimbra)

Gil Vicente: Serginho; Ricardinho, Sandro, Pek’s e Bruno Silva; Djamal, Fatai (Nani, 73) e Platiny; Avto (Goba, 61), Paulinho (c) (Yartey, 69) e Simy. Treinador: Nandinho.

Ac. Viseu: Ricardo Janota; Tomé, Tiago Gonçalves (c), Lameirão e Ricardo Ferreira; Mathaus (Carlos Eduardo, 71), Capela e Bruno Loureiro (João Ricardo, 68); Moses, Yuri (Tiago Borges, 78) e Zé Pedro. Treinador: Jorge Casquilha.

Expulsão: Pek’s 70

Golos: Moses 8 (0-1), Djamal 16 (1-1)

Ligações:


Ler Texto Completo

Ac. Viseu FC 1-0 Portimonense SC

Estádio do Fontelo, 23 de abril de 2017
38ª Jornada da Ledman LigaPro
Árbitro: Jorge Ferreira (Braga)

Ac. Viseu: Rodolfo; Carlos Eduardo, Bura, Bruno Miguel e Stéphane; Capela (Zé Paulo, 83), Paná e Rui Miguel (Bruno Loureiro, 66); Tiago Borges (Moses, 77), Luisinho e Sandro Lima. Treinador: Francisco Chaló.

Golo: Tiago Borges 71 (1-0)

O Académico, esta manhã, alcançou um importante triunfo  -1x0- na receção ao líder Portimonense. Um resultado importantíssimo que, permite aos academistas respirarem melhor, isto a 4 desafios do final do campeonato.


O treinador Francisco Chaló procedeu a algumas alterações no onze inicial, relativamente ao desafio anterior na Covilhã, com destaque para a estreia a titular de Rui Miguel. Carlos Eduardo também regressou ao onze, bem como Luisinho e Paná.

O jogo iniciou-se com um Académico fortíssimo, com três pontapés de canto em pouco tempo, a demonstrar a vontade da turma viseense em marcar cedo. Não aconteceu, e o Portimonense, aos poucos, equilibrou a partida. Na primeira parte destacam-se por parte da equipa da casa, um livre direto de Bura que, nos pareceu tirar tinta ao poste da baliza defendida por Ricardo Ferreira, e o um remate de Sandro Lima em boa posição, mas que atirou por cima da baliza, após uma arrancada impressionante de Capela. A equipa forasteira, respondeu com um grande remate de longe, ao qual Rodolfo se opôs com a defesa da manhã.

Na segunda metade, o jogo continuou equilibrado, com algumas ocasiões repartidas. À passagem dos 60min, destaque para mais uma bela defesa de Rodolfo, após investida de Chidera. A primeira aposta do banco foi a entrada Bruno Loureiro. Mais tarde Moses e Zé Paulo deram o seu contributo. O golo da turma academista surgiu por Tiago Borges, após lance de Sandro Lima que, nada egoísta, colocou a bola no colega de equipa. Golo do Académico aos 71 min de jogo!!! Até final, a equipa de Portimão tentou a igualdade, mas a turma viseense com um posicionamento exemplar, não permitiu grandes veleidades.

Resultado final de 1-0 que permite ao Académico esperar, de forma mais tranquila, pelos resultados desta jornada. Parabéns equipa!!!


Para o próximo domingo, 30/04, está marcada mais uma final, em FAFE, pelas 16h00 e o apoio dos adeptos é fundamental para alcançarmos os nossos objetivos. 
Força Académico!!!
Ler Texto Completo

Recordar: Ac. Viseu FC 1-0 Ol. Bairro SC

Estádio do Fontelo, 23 de Abril de 2011
5ª Jornada da Fase de Subida, III Divisão, Série D
Árbitro: Luís Dionísio

Ac. Viseu: Augusto; Casal, Tiago Jonas, Tiago Gonçalves e Marcelo Henrique; Vouzela, Álvaro (Calico, 90), Ricardo Ferreira e Éverson; Luisinho (Luís Miguel, 67) e Zé Bastos (Rui Santos, 76). Treinador: Manuel Matias.

Oliveira do Bairro: Pedro Monteiro, Alexis, Luís Barreto, Paulo Costa, Rui Castro, Rúben, Pedro Almeida (Rui Beato, 76), Leandro, Mário (Miguel Tomás, 64), Hugo Paulo e Dany (Rato, 64). Treinador: Carlos Miguel.

Expulsão: Casal 45

Golo: Zé Bastos 54 (1-0)

Ligações:

Crónica do jogo
Melhor em campo
Ler Texto Completo

Antevisão: Ac. Viseu FC vs Portimonense SC

Autor: Sebastião Capelle

Jogo nº 380 do Académico na Segunda Liga. O saldo é de 121 vitórias, 106 empates, 152 derrotas, 374 golos marcados, 438 sofridos. No Fontelo será o jogo nº 190 - 93 vitórias, 46 empates, 50 derrotas, 224 golos marcados e 145 sofridos.

Este será o jogo nº 26 entre os dois clubes. O saldo academista é inferior aos de Portimão - 9 vitórias, 5 empates, 11 derrotas, 28 golos marcados e 37 sofridos. Em Viseu este será o jogo nº 14 e aí a vantagem é academista - 8 vitórias, 2 empates, 3 derrotas, 17 golos marcados e seis sofridos.

Em confronto vai estar o líder e o 15º classificado, com uma diferença de 28 pontos. O Portimonense tem melhor ataque (60/41) e melhor defesa (31/47).

O Portimonense está a apenas um ponto da subida. Esperemos que consiga subir já amanhã, quando forem a caminho do Algarve a ouvirem os relatos da tarde! 

Os algarvios vem de uma vitória importantíssima frente ao Aves, a única nos últimos 5 jogos (4 derrotas), e são adversos a empates dado que apenas empataram um dos últimos 12 jogos! Fora de casa perderam os últimos 2 jogos e só venceram um dos últimos 8 jogos.

O nosso clube está numa série de duas derrotas consecutivas. Em casa não venceu nenhum dos últimos 2 jogos, depois de empatar com o Leixões e perder com o Penafiel.

O jogo terá transmissão televisiva na SportTv amanhã às 11h15, e a entrada é grátis através da Porta Nº 5 do Estádio do Fontelo, no entanto é necessário levantar bilhete.

O árbitro da partida será Jorge Ferreira, um árbitro de Fafe  (AF Braga) antes da nossa visita a Fafe. Eis a lista de jogos em que nos arbitrou: Anadia 1-0 Ac. Viseu – 08/09; U. Madeira 1-0 Ac. Viseu – 13/14; Ac. Viseu 0-0 Porto B – 14/15; Oriental 1-1 Ac. Viseu – 15/16; Ac. Viseu 2-2 Leixões – 16/17.

Ler Texto Completo

Zé Paulo no top 10 dos marcadores

NOME COMPLETO
José Paulo de Oliveira Pinto
NOME
Zé Paulo
DATA DE NASCIMENTO
26/03/1994
NATURALIDADE
Brasil
POSIÇÃO
Médio/Avançado
ESTREIA
Benfica B 2-1 Ac. Viseu (11/09/2016)
PRIMEIRO GOLO
Aves 3-2 Ac. Viseu (17/09/2016)
JOGOS
30
GOLOS
9
ÉPOCAS
16/17


Foto Global Imagens/Miguel Pereira retirada do site zerozero.pt

Na quarta-feira Zé Paulo fez o golo nº 150 do Académico em jogos fora de casa, no que à Segunda Liga diz respeito, um número redondo, histórico, mas longe de contentar quem quer que fosse dada a derrota academista.

Além disso, Zé Paulo ao fazer o nono golo em 28 jogos, a contar para a Segunda Liga, entrou no top 10 dos melhores marcadores de sempre, academistas, na competição em questão.

Do mencionado top saiu então Clayton, que também fez 9 jogos mas precisou de 69 jogos para alcançar o mesmo número de golos. Zé Paulo é assim, neste momento, o 9º melhor marcador da história academista na segunda mais importante competição do nosso futebol.


A título de curiosidade menciona-se o top 10 de marcadores academistas: 1º Zé de Angola – 19 golos em 78 jogos; 2º Cafú 15-35; 3º Sandro Lima 15-62, 4º Bura 14-70, 5º Alain 13-53, 6º Luisinho 13-112, 7º Chalana 11-106, 8º Marcelo Sofia 9-27, 10º Zé Pedro 9-36.
Ler Texto Completo

Recordar: Tiago Costa

NOME COMPLETO
Tiago José Ribeiro Costa
NOME
Tiago Costa
DATA DE NASCIMENTO
22/04/1985
NATURALIDADE
Lisboa
POSIÇÂO
Defesa/Médio
ESTREIA
Ac. Viseu 1-0 Sp. Covilhã (22/01/2014)
JOGOS
61
ÉPOCAS
13/16


Tiago Costa (TC) chegou ao Académico no mercado de inverno da época 13/14, vindo de Israel onde jogou no Hapoel Telaviv.
Estreou-se na 26ª jornada quando o Académico bateu o Sporting da Covilhã por um-a-zero. Dos 13 jogos que fez nessa época, doze foram na qualidade de titular.

Em 2014/2015 não teve uma época muito feliz, sobretudo devido a lesões.
No total, nessa época, TC fez 19 jogos – 13 como titular, 6 como suplente utilizado, sendo substituído em 6 ocasiões. Seis foram também o número de vezes em que ficou sentado no banco sem de lá sair..
As lesões, tal como referimos em cima, foram um grande entrave à época de TC pois, por exemplo, entre 1 de outubro de 2014 e 18 de janeiro de 2015 – mas de três meses – esteve ausente da equipa.

Na terceira, e última, época no Académico (15/16), começou-a muito bem, tal como a equipa, a titular e a jogar bem tal como comprova o facto de ter sido considerado o melhor academista em campo, frente ao Braga (0-3) para a Taça de Portugal. Em setembro foi eleito por nós como jogador do mês.
No início de dezembro de 2015 começou a ser menos utilizado e no final de março (2016) correu a notícia que uma lesão o poderia afastar para o resto da temporada. Tal não se veio a verificar pois ainda fez os 90 minutos dos dois últimos jogos da temporada.
Na época em causa fez 29 jogos, 27 como titular e dois como suplente utilizado, foi substituído numa ocasião e foi suplente não utilizado em 7 ocasiões. A isso acrescente-se o facto de ter sido duas vezes expulso – em Olhão (2-2) e no terreno no Varzim (2-1).


Outros clubes: Benfica B (03/06), Herts (06/07), V. Setúbal B (06/07), Vihren (07/08), Varzim (08/09), Vizela (09/10), Poli Timisoara (09/10), Estoril (10/11), Rio Ave (11/12), Leixões (11/12), O. Nicosia (12(13), Doxa (13/14) e Mafra (16/17).
Ler Texto Completo