Recordar: Sobreiro

NOME COMPLETO
António Correia Valente
NOME
Sobreiro
DATA DE NASCIMENTO
08/12/1950
NATURALIDADE
Santa Maria da Feira
DATA DE FALECIMENTO
26/12/2015
POSIÇÃO
Defesa
ESTREIA
U. Coimbra 1-1 Ac. Viseu (09/09/1979)
PRIMEIRO GOLO
O. Bairro 3-2 Ac. Viseu (01/06/1980)
JOGOS
128
GOLOS
2
ÉPOCAS
79/83


Este atleta representou o CAF em quatro épocas consecutivas duas delas com o Académico de Viseu na primeira divisão. Na época de subida actuou em 36 jogos. Na primeira época na I Divisão actuou em 38 jogos e na segunda em 25. 

Natural de Santa Maria da Feira jogou no Feirense em diversas épocas (69/79, 84/86). Também actuou no Tirsense (83/84). 
Ler Texto Completo

Recordar: Marco Abreu

NOME COMPLETO
Marco Paulo Coimbra Abreu
NOME
Marco Abreu
DATA DE NASCIMENTO
08/12/1974
NATURALIDADE
Angola
POSIÇÃO
Defesa
ESTREIA
Águeda 1-1 Ac. Viseu (22/01/1995)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 1-0 Moreirense (25/09/1996)
JOGOS
85
GOLOS
1
ÉPOCAS
94/98


Começou nas camadas jovens do Viseu e Benfica e esteve no Académico de Viseu de 94 a 98, vindo do Sampedrense. Saindo dos academistas foi para o União da Madeira (98/00), seguindo-se depois Trofense (99/00), Varzim (00/01), Sporting da Covilhã (01/03), Ovarense (03/05), Olhanense (04/05), Portimonense (05/07), Sporting de Espinho (07/10) e Avanca (10/12).
Foi internacional angolano.
Ler Texto Completo

Recordar: Momade

NOME COMPLETO
Momade Ussene Selemane
NOME
Momade
DATA DE NASCIMENTO
08/12/1945
POSIÇÃO
Avançado
ESTREIA
Ala Arriba 1-2 Ac. Viseu (16/09/1973)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 4-0 V. Formoso (18/11/1973)
JOGOS
36
GOLOS
4
ÉPOCAS
73/75

Momade chegou ao Académico proveniente do Sp. Espinho. Esteve duas épocas no Académico, sendo certo que também jogou no Viseu e Benfica. 

Ler Texto Completo

Recordar: Marcos

NOME COMPLETO
Marcos José Ferreira Bastidas
NOME
Marcos
DATA DE NASCIMENTO
07/12/1977
NATURALIDADE
Venezuela
POSIÇÃO
Defesa
ESTREIA
Torreense 2-0 Ac. Viseu (29/08/2004)
PRIMEIRO GOLO
Carvalhais 0-1 Ac. Viseu (18/02/2007)
JOGOS
56
GOLOS
6
ÉPOCAS
04/05, 06/08


Campeão na Venezuela ao serviço do Caracas FC Marcos veio para Portugal ainda júnior para actuar no Pedrouços na época de 96/97. Voltou então ao seu país para actuar – e ser campeão – no Caracas (97/01).

 Regressou a Portugal em Dezembro de 2003 para actuar no Velense dos Açores. Decorria a época de 04/05 quando Marcos chegou pela primeira vez ao nosso Académico de Viseu na sua versão CAF. Não correu bem, os problemas eram mais que muitos e o central academista para piorar tudo, teve uma rotura de ligamentos. Um ano para esquecer, desportivamente, mas que marcou Marcos de forma significativa já que nos dizia em entrevista faz hoje precisamente nove anos que “A minha sorte foi conhecer na altura a minha actual esposa que me ajudou e apoiou imenso”. Nem tudo foi mau…

De saída de Viseu, Marcos actuou no Trofense (05/06) e comemorou a subida da equipa da Trofa à Liga de Honra. Antes de voltar a Viseu ainda actuou no Rebordosa (06/07). 


Voltou ao Académico de Viseu na versão AVFC, no Natal de 2006, e sagrou-se campeão distrital ao serviço do nosso clube.

Em 07/08 continuou a fazer uma dupla fantástica com Negrete. Um emprego em Madrid impediu que se treinasse no clube durante a semana mas mesmo assim continuou titular. Em 08/09 saiu para o Mangualde e sagrou-se mais uma vez campeão distrital. Em 09/10 actuou no Sampedrense e voltou a campeão e por lá continuou até há época 11/12.

Em 2012/2013 foi, novamente, campeão distrital desta vez ao serviço do Lusitano, título que voltou a repetir, desta vez ao serviço do Oliveira de Frades (13/15).

Actualmente é jogador do Ferreira de Aves (15/17).
Ler Texto Completo

Recordar: Beaud

NOME COMPLETO
Clement Beaud
NOME
Beaud
DATA DE NASCIMENTO
07/12/1980
NATURALIDADE
Camarões
ESTREIA
Milheiroense 3-3 Ac. Viseu (30/09/2007)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 9-1 D. Sandinenses (09/12/07)
JOGOS
26
GOLOS
1
ÉPOCAS
07/08

Um campeão olímpico em Viseu! Beaud foi campeão ao lado de jogadores como Samuel Eto´o e outros grandes nomes do futebol mundial mas nunca chegou a fazer a carreira com que sonhava.

Veio para a Europa para actuar na Polónia pelo Widzew Lodz (01/03) e também passou pela Lituânia (02/04) depois de ter actuado no Tinerre Yaundé do seu país. 

Entrou em Portugal pela porta da Académica (04/05) mas acabou por não convencer rumado assim  ao Moreirense (05/06) e Esmoriz (06/07). 

Veio para o Académico de Viseu na temporada seguinte ao título distrital do clube e acabou por ser uma das figuras da época – foi por nós uma vez considerado o melhor em campo (na vitória em Arouca) e apontou um golo na vitória academista, por 9-1, frente ao Dragões Sandinenses.

 Saiu para o Penalva do Castelo (08/09) mas não terminou a época nesse clube mas sim no Operário (08/09). Regressou depois ao nosso distrito para actuar no Cinfães (09/11) e foi no distrito mais bonito deste país que continuou a jogar - Sporting de Lamego (11/12).

Terminou a carreira Vitória de Sernache (12/13), um clube que nos anos 50/60, do século passado, foi um dos rivais do nosso clube.  
Ler Texto Completo

Recordar: Alexandre Alhinho

NOME COMPLETO
Alexandre Manuel Fortes Alhinho
NOME
Alexandre Alhinho
DATA DE NASCIMENTO
07/12/1953
NATURALIDADE
Cabo Verde
POSIÇÃO
Defesa
ESTREIA
Ac. Viseu 2-1 Mangualde (24/05/1987)
JOGOS
23
ÉPOCAS
86/89

Alexandre Alhinho "à Belenenses". Foto Belenenses ilustrado

Três épocas no CAF e apenas 23 jogos pelo Académico sem ter marcado qualquer jogo. Curiosamente foi na época em que o clube esteve na primeira divisão que Alexandre Alhinho mais jogos fez (19). Em 86/87 fez apenas um jogo (estreia, ver em cima) e em 87/88 fez três jogos.

Académica (camadas jovens) e mais tarde Académico de Coimbra (75/77), Farense (73/74, 82/84), FC Porto (74/75), Belenenses (77/82), Lusitano de Évora (84/85) e Estoril (85/86) foram outros dos clubes por onde passou. 


Ligações:

Irmão de Carlos Alhinho
Irmão de José Alhinho
Tio de Kaíca
Ler Texto Completo

Recordar: Walter

NOME COMPLETO
Walter António da Silva
NOME
Walter
DATA DE NASCIMENTO
07/12/1949
NATURALIDADE
Brasil
POSIÇÃO
Médio
ÉPOCAS
80/81

Esteve no Académico de Viseu na primeira divisão mas não chegou a actuar pelo clube. Recorda-se do Walter? Sabe mais sobre ele?
Ler Texto Completo

Recordar: Ac. Viseu FC 3-0 Portimonense SC

Estádio do Fontelo, 7 de dezembro de 2013
19ª Jornada da Liga 2, Cabovisão
Árbitro: Pedro Proença (Lisboa)

Ac. Viseu: Ricardo Janota; Tiago Rosa, Tiago Gonçalves, Cláudio e Marco Lança; Ibraima, Bruno Loureiro e Leonel (João Alves, 71); Luisinho (Diogo Alves, 84), Zé Rui e Cafú (Ouattara, 69). Treinador: Filipe Moreira.

Portimonense: Márcio Ramos, Ivo Nicolau, Ricardo Pessoa, Anselmo (Juninho, int), Fabrício (Quinaz, int), Luís Pedro, Zambujo, Nelsinho, Semedo, Mica e Kanazaki (Hugo Gomes, 33). Treinador: Lázaro Oliveira.

Expulsão: Nelsinho 29

Golos: Leonel 31 (1-0), Cafú 42 (2-0), Cláudio 81 gp (3-0)

Ligação:


Ler Texto Completo

Recordar: Ac. Viseu FC 3-1 AD Fornos de Algodres

Estádio do Fontelo, 7 de Dezembro de 2008
12ª Jornada da III Divisão, Série C
Árbitro: Tiago Antunes (Coimbra)

Académico de Viseu: Augusto, Calico, Tiago Gonçalves, Filipe, Leandro, Casal, Luís Costa (Milford 77), Everson, Filipe Figueiredo (Fernando Ferreira 60), Rui Santos, Zé Bastos (Álvaro 85). Treinador: José Miguel Borges


Fornos de Algodres: Zé Luís, Egipto, Matos, Luís Miguel, Fábio Nascimento, Bruno Lopes (Bruno Costa 45), Nuno Simões (Bruno Filipe 90+2), Tibério (Néné 55), Titá, Joni, Afees. Treinador: Fernando Pompeu


Golos: Zé Bastos 14 (1-0), Nuno Simões 68 (1-1), Milford 80 (2-1), Milford 87 (3-1)


Ligação: 

Crónica do jogo
Melhor em campo
Ler Texto Completo

A equipa técnica de Chaló

Foto: academicodeviseufc.com

Depois de termos apresentado Francisco Chaló (ver aqui), e depois de conhecida a sua equipa técnica (ainda não se sabe quem será o treinador de guarda redes), chegou a altura de os apresentar. 

O treinador adjunto, na foto ao lado de Francisco Chaló, é Miguel Martinho. O homem de confiança do novo treinador academista tem como nome completo José Miguel Pereira Gonçalves Pinto, nasceu no Porto a 17/06/1968 (48 anos). É um velho conhecido de Chaló, tendo sido seu adjunto no Pedras Rubras, Feirense, Naval, Penafiel e Sporting da Covilhã. Não exercia qualquer cargo desde a época 14/15 depois de ter sido treinador de juniores do Lavrense (AF Porto). 
Como futebolista passou por clubes como Leça, Lavrense, Fridão, Bougadense, Foz, Aliados de Lordelo, Senhora da Hora, Canelas, Celoricense, Perafita e Pedras Rubras. Nunca defrontou o Académico.

Apresentado como preparador físico foi Márcio Rocha. Márcio José Leal Rocha, é natural de Paredes, onde nasceu há 38 anos (2/12/1978).  Fez parte das equipas técnicas de Fernando Valente no Paredes em 11/12, no Espinho em 12/13 (esteve na luta com o Académico pela subida), no Aves (13/15) e no Santa Clara (15/16).
Como futebolista era um defesa direito, formado no FC Porto, passando por Paredes, Famalicão, Freamunde, Lusitânia, Sp. Covilhã e Aliados de Lordelo. Nunca defrontou o Académico.
Ler Texto Completo

Recordar: Calico

NOME COMPLETO
Carlos Manuel Almeida Almeida
NOME
Calico
DATA DE NASCIMENTO
06/12/1987
NATURALIDADE
Mangualde
POSIÇÃO
Defesa/Médio
ESTREIA
Campia 0-1 Ac. Viseu (05/03/2006)
PRIMEIRO GOLO
Campia 2-2 Ac. Viseu (13/05/2007)
JOGOS
201
GOLOS
9
ÉPOCAS
05/13

Foto retirada da página oficial do atleta no Facebook

O "capitão" Calico é um dos nomes incontornáveis da história recente do Académico de Viseu!


Ainda era júnior quando com o fim do CAF foi chamado aos seniores, tendo-se estreado, pela mão de Jorge Nunes, na vitória em Campia na temporada 05/06.

Na época seguinte, em 2006/2007, sagrou-se campeão distrital pelo nosso clube sendo um dos jogadores chave nessa caminhada triunfal.

Em 2007/2008, na III Divisão, foi um dos jogadores mais utilizados por Idalino Almeida, sendo por nós eleito jogador do mês em Março de 2008.

Em 2008/2009 a sua segunda subida de divisão, desta vez à II Divisão. Calico jogou em 34 jogos, dos 37 que a época teve, e foi o 8º jogador mais pontuado por A MAGIA DO FUTEBOL.

Em 2009/2010 atuou em 21 jogos, apontou 1 golo, mas não conseguiu evitar a descida de divisão, novamente à terceira.

Pela terceira divisão, na época 10/11, disputou 25 jogos pelo nosso clube. Começou a época a jogar a titular, com João Paulo Correia, e assim continuou quando este foi substituído por Paulo Gomes. Com a chegada de Manuel Matias foi titular nos três primeiros encontros mas depois do autogolo em Soure, foi perdendo espaço nas opções daquele técnico academista. Foi o 8º jogador mais pontuado pelo nosso blogue.

Em 2011/2012 a terceira subida de Calico ao serviço do Académico de Viseu! Na pré época tudo indicava que Calico fosse titular mas com o início da temporada foi preterido por Canelas. Aos poucos foi surgindo na equipa e acabou por fazer 28 jogos, tendo apontado dois golos. O golo mais importante foi, sem dúvida, aquele que alcançou em Avanca dando a vitória ao Académico de Viseu (1-2). Em Maio de 2012 foi considerado o jogador do mês e terminou como o 5º classificado na eleição para jogador do ano.

Na época 12/13 nova subida, provavelmente a mais saborosa. Calico fez 33 jogos e marcou um golo. Apenas falhou um jogo em toda a época e foi sempre titular. Até há 14ª jornada foi central e a partir daí defesa direito. Os seus dois golos foram importantíssimos pois deram 4 pontos ao AVFC, três nos Açores frente ao Lusitânia (0-1) e um no terreno do Sousense (1-1). Foi o 4º jogador mais pontuado por A MAGIA DO FUTEBOL, e eleito jogador do mês em fevereiro de 2013.

Os 201 jogos registados (são mais mas faltam-nos fichas de jogos) tornam-no no 13º jogador mais utilizado na história do Académico de Viseu, o segundo se apenas considerarmos o AVFC. 

Outros clubes: U. Madeira (13/14), Beira Mar (14/15) e Lusitano (14/17).
Ler Texto Completo

Recordar: Pais

NOME COMPLETO
Manuel Adelino Carvalho da Silva
NOME
Pais
DATA DE NASCIMENTO
06/12/1959
NATURALIDADE
Porto
POSIÇÃO
Defesa
ESTREIA
Ac. Viseu 3-0 Nazarenos (19/09/1982)
JOGOS
21
ÉPOCAS
82/83

Pais jogou uma época no Académico de Viseu vindo do Juventude de Évora (81/82). É filho de um outro Pais, um guarda-redes que se evidenciou no nosso clube. Também jogou no Viseu e Benfica (79/80, 84/86 e 87/89), bem como no Lusitano (80/81, 83/84, 89/96). 

Outros clubes: Mangualde (86/87), Sampedrense (96/97) e Social Lamas (97/02).


Ler Texto Completo