domingo, maio 17, 2015

Ac. Viseu FC 1 - 0 Portimonense SC

Estádio do Fontelo, 17 de maio de 2015
45ª Jornada da Liga 2
Árbitro: André Moreira (Vila Real)

Ac. Viseu: Ivo Gonçalves; João Amorim, Tiago Gonçalves (c), Eridson e Ricardo Ferreira; João Ricardo, André Sousa (Alex Porto, 76) e Clayton; Tiago Almeida, Luisinho (Sandro Lima, 60) e Fábio Martins (Tiago Borges, 63). Treinador: Ricardo Chéu.

Portimonense: Carlos Henriques; Ricardo Pessoa (c), Ivo Nicolau, João Paulo e Mamadu; Everton, Marakis e Dieguinho (Fernandinho, 70); Gelson (Zambujo, 63), Ryuki e Pires. Treinador: José Augusto.

Expulsão: Ryuki 74

Golo: Clayton 45+2 (1-0)

O Académico recebeu e venceu o Portimonense com um golo de Clayton, mesmo a terminar a primeira parte.

A equipa Academista alinhou com Ivo, João Amorim, Tiago, Eridson e Ricardo Ferreira, João Ricardo, André Sousa, Clayton Leite, Luisinho, Tiago Almeida e Fábio.

O Académico dominou os minutos iniciais, com Tiago Almeida e Luisinho, em destaque, nos poucos lances de perigo.

O calor, não permitia um jogo muito rápido, e foi-se assistindo a um jogo muito disputado na zone de meio campo.

Luisinho á passagem da meia hora cria o primeiro momento de perigo, ao rematar á malha lateral da baliza do Portimonense.

O Portimonense dispôs de uma excelente oportunidade, para abrir a activo, através de uma grande penalidade, muito contestada pelos adeptos academistas, uma vez que a existir uma pretensa bola na mão, esta aconteceu, fora da área.

Ivo fez justiça, e defendeu de uma forma espectacular, o remate rasteiro, junto ao poste da baliza academista.

Foi já sobre o cair do pano, que Clayton Leite, no interior da área, desviou a bola, fazendo esta passar por cima do guarda redes, fazendo o primeiro e único golo da partida. 

A segunda parte, foi muito pobre em termos de futebol, a equipa academista deu a iniciativa de jogo ao adversário, e nem em superioridade numérica, conseguiu controlar o jogo.

A equipa do Portimonense, nunca deu o jogo como perdido, e lutou até ao ultimo minuto. 

Ganhou a equipa com maior qualidade de jogo, embora não fosse escandaloso o empate pela atitude da equipa do Portimonense na segunda parte. 

O Académico deu um salto na tabela classificativa, e está neste momento, no 11º lugar. 

Caso vença  o Beira Mar, na ultima jornada em Aveiro, e o Guimarães, perca na sua deslocação ao Seixal, para defrontar o Benfica B, ainda podemos aspirar a um honroso 9º Lugar na tabela classificativa.

Força Académico, honrem a nossa camisola até ao ultimo minuto.

João Nunes

5 comentários:

Paulo Teixeira disse...

Uma vitória saborosa que permite subir alguns lugares e pôr alguma justiça na classificação desta equipa.
Próximo domingo continuar esta fase positiva da equipa, uma vitória dá automaticamente o top 10 e ainda podemos apanhar o 9º classificado em caso de derrota deste, a vitória também pode matar um borrego com 31 anos, desde da época 1985-86 que não ganhamos em Aveiro!

Paulo Teixeira sócio 752

domingo, 17 maio, 2015
Anónimo disse...

Valeu pelo resultado. O nosso Académico foi sempre superior e mereceu.
Estamos na primeira metade da tabela e uma vitória no último jogo coloca-nos num lugar brilhante para a época que fizemos.
Para o ano queremos mais!
Queremos andar lá por cima, a disputar a subida! Mas antes há que definir direcção, treinador, plantel, para que os adeptos se mobilizem
Esta época foi globalmente boa. Não houve sobressaltos, a direcção soube mudar de agulha quando viu o combóio a descarrilar. Agora queremos uma época de cabo a rabo com o mesmo treinador, para vermos até onde conseguimos ir.
É tempo de segurar Ricardo Chéu e a maioria do plantel.
Força Académico!

domingo, 17 maio, 2015
Anónimo disse...

Típico jogo de fim de época, calmo e sem emoção.

Espero que consigam manter grande parte do plantel e claro o treinador para a próxima época.



Miguel

segunda-feira, 18 maio, 2015
--FD disse...

Gostei de ouvir aqui, http://vozdoportimonense.blogspot.pt/ , as palavras do mister pois fazem todo o sentido. Com a ajuda de todos o Académico pode vir a ter condições para se tornar um caso de sucesso mas é preciso que toda a gente trabalhe nesse sentido. Na minha opinião seria, certamente, mais preocupante se olhássemos para o nosso Clube (na situação em que actualmente se encontra) e se víssemos que não tínhamos mais margem para melhorar. É verdade que nem tudo depende do plantel e da direcção mas estou convencido que havendo apoio$ poderemos criar uma estrutura forte que nos permita pensar na primeira liga a curto ou médio prazo.

Para mim será uma excelente notícia se o mister Ricardo Chéu renovar para a próxima época. Para além de estar satisfeito com o seu trabalho e de ter grande curiosidade em o ver a encetar uma época como treinador principal, seria sinal que estão reunidas condições para trilharmos outro tipo de caminho.

Vamos em frente!

segunda-feira, 18 maio, 2015
--FD disse...

Mais uma notícia de interesse academista: http://www.jornaldocentro.pt/academico-renova-com-treinador-por-duas-epocas-a-pensar-na-subida/ .

A confirmar-se, é muito bem-vinda!

Força Académico!

quarta-feira, 20 maio, 2015