sexta-feira, dezembro 05, 2014

A prenda merecida em véspera de gala...Vitória "B" 1-2 Ac.Viseu FC

Em véspera de gala comemorativa dos 100 anos de clube, toda a família academista recebeu uma belíssima prenda directamente de Guimarães, ao vencerem o vitória local por 1-2, com duas penalidades convertidas por Sandro Lima.

O mister Ricardo Chéu introduziu uma alteração no onze, incluindo Tiago Gonçalves (fez o jogo 200 ao serviço do Académico) em detrimento de Pedro Santos, que nem no banco se sentou.


Estádio D. Afonso Henriques, 5 de dezembro de 2014
18ª Jornada da Liga 2
Árbitro: Ricardo Lourenço (Portalegre)

V. Guimarães B: Miguel Oliveira; Arrondel, Lima Pereira, Gilberto e Luís Rocha (Isaac, 78); João Pedro (Fábio Vieira, 55), Nassim e Bruno Alves; Barrientos (Knezevic, 64), Ricardo Gomes e Vigário. Treinador: Armando Evangelista.

Ac. Viseu: Ivo Gonçalves; Tomé, Tiago Gonçalves (c), Eridson e Dalbert; João Ricardo, Clayton e Tiago Borges (Alex Porto, 73); Tiago Almeida (João Carneiro, 80), Luisinho e Sandro Lima (Paulo Roberto, 81). Treinador: Ricardo Chéu.


Golos: João Pedro 22 (1-0), Sandro Lima 25 gp (1-1), Sandro Lima 49 gp (1-2)

Sabendo que encontrariam um ambiente difícil e que o público de Guimarães apareceria em peso, apesar de o jogo se disputar a uma 6ªf às 15h, os academistas enfrentaram o jogo com muita seriedade e sem medo do adversário. O primeiro golo da tarde surgiu mesmo para os da casa, numa altura em que ainda ninguém dominava a partida. João Pedro num excelente remate fora da área bateu Ivo, à passagem dos 20min. da partida. A resposta academista surgiu de imediato. Cruzamento na direita do ataque viseense e Sandro Lima ao rematar, a bola embate na mão do defesa vitoriano. Grande penalidade que o sr.Ricardo Lourenço não hesitou em assinalar. Sandro Lima assumiu o risco e não falhou. 1-1, resultado que se registava ao intervalo.

A 2ªmetade começa com o golo da vitória forasteira. Clayton - bela exibição - dribla os centrais da turma da casa e é rasteirado. Grande penalidade sem contestação, em que o defesa vitoriano apenas viu a cartolina amarela, quando Clayton ficava sozinho frente ao guardião M.Oliveira. Sandro Lima novamente… não falhou e marcou o seu 9ºgolo na presente temporada. Estava feito o resultado, que podia ter sido ampliado em duas ou três situações que o Académico ganhou superioridade numérica no ataque. Destacar, por fim, a extraordinária defesa de Ivo, já perto do fim e que valeu a vitória, num livre muito bem executado pelos vimaranenses.

Vitória justa e importantíssima para o Académico em vésperas de comemoração dos 100 anos do clube, assinalados com um jantar/gala. Mas que prenda…

5 comentários:

Paulo Teixeira disse...

652 dias e 72 jogos foi o espaço que ficou entre a ultima reviravolta do Académico (vitória na Pampilhosa por 3-1 depois de ter estado a perder por 0-1 no dia 17-02-2013) e o jogo de hoje onde os conquistadores fomos mesmo nós.
Senti que hoje ia ser dia de São Académico por vários motivos, o adversário era dificil mas o ultimo jogo do Académico em Gaia levou-me a mim e muita gente a acreditar nesta equipa pois aquela exibição não deixou ninguem indiferente e outro motivo prende-se com o facto da ultima vitória fora de portas (Atletico 0-1 Académico) tinha sido tambem a uma Sexta-feira ás 15h00, gosto de acreditar em coincidências pois ficou provado que elas existem perante isto só tive de aconselhar um amigo meu a apostar na vitória do Académico num dos sitios de apostas e claro já me agradeceu mas os agradecimentos são unica e exclusivamente para aqueles homens vestidos de preto que bem merecem este momento, mas acredito que não vão ficar por aqui, agora vamos fugir definitivamente daqueles lugares incomodos, na pior das hipoteses esta jornada podemos ficar com 1 ponto de vantagem sobre a linha de agua, na melhor das hipoteses podemos ficar com 4,a ver vamos no domingo onde assitiremos a esses desfechos na primeira fila com o sentimento de dever cumprido!
Belo jantar vai ser sem duvida, não me refiro as iguarias que vão ser servidas mas sim ao estado de espirito de todos que estarão presentes nesse evento onde o sol vai expulsar as nuvens negras que nos assolavam.
Faltam 29 pontos para o objectivo da temporada mas penso que com a atitude destes dois ultimos jogos vamos fazer pelo menso mais uns 10 que faz com que ficamos mais ou menos entre o 12º e 15º lugar mas o optimo era o top 10 logo se vê, o objectivo é conseguir a manutenção o quanto antes para evitar dissabores.
Desejo a todos os Academistas que vão estar presentes no jantar um bom momento de confraternização e que ergamos o nome do nosso clube bem alto.
VIVA O ACADÉMICO!

Paulo Teixeira sócio 752.

sexta-feira, 05 dezembro, 2014
Anónimo disse...

Uf! Vitória magnífica, 3 pontos importantíssimos!

Depois da espantosa exibição contra o Porto onde só faltaram os pontos, hoje, amealhámos 3 pontos contra um adversário que estava com uma veia goleadora impressionante e que colocou quase 1500 pessoas no Estádio, em dia de semana, a meio da tarde, espantoso!

Força Académico!


Carlos Silva

sexta-feira, 05 dezembro, 2014
Anónimo disse...

Os que sempre dizem mal, so aparecem para isso mesmo! Apoiar o clube e reconhecer as capacidades dos nossos atletas, sao coisas que nao lhes passa pela cabeca. Fazem lembrar as aves de rapina à procura do primeiro passo em falta da vitima para atacarem e saciarem o seu ego! Por isso, temos ate agora apenas 2 comentarios numero impensavel para quando acontece um desaire da equipa...enfim! Vá se lá perceber estas coisas...!

CARLOS FERREIRA

sábado, 06 dezembro, 2014
Anónimo disse...

GANHÁMOS!
MUITO BEM, DIGA-SE!
Depois de falharmos os pontos em Gaia contra o FCP B, em que merecíamos pelo menos um, o Académico deu um enorme salto qualitativo com a vitória em Guimarães. MUITO BEM!
Só nãop se percebe como é possível haver dezenas de comentários aqui sempre que o Académico perde e agora não aparece quase ninguém.
Academistas, o nosso Académico, com a nova equipa técnica está diferente! Muito diferente! Tem confiança, tem arrojo, procura a sorte, luta e joga em todo o campo. Pode não ser por causa do Ricardo Chéu, mas ele está cá, está connosco, procura a excelência e mesmo com um plantel que não foi escolhido por ele, está a produzir resultados. Guimarães meteu 1500 pessoas numa tarde de dia de semana? Viseenses e Beirões, vamos fazer o mesmo no nosso Fontelo!
Que cada um de nós leve um amigo, um familiar, vamos dar vida ao Fontelo! E acreditar que podemos fazer uma época repousada a espreitar a subida!
TODOS AO FONTELO!
Senhor Albino, muito bem ao contratar Ricardo Chéu.
Agora, dê entrada gratuita às senhoras e jovens no Fontelo, para que as vitórias do Académico sejam vividas por TODOS!
ACADÉMICO!

sábado, 06 dezembro, 2014
Anónimo disse...

Estava pouco crente e achei incompreensivelmente a contratação de um técnico que no final da temporada passada 'fugiu' de Viseu para treinar na 1*divisao. As duvidas dissipam-se. Cheu demonstra uma excelente capacidade de motivação dos jogadores e construção de uma equipa dinâmica, agressiva e ganhadora. No ano passado falava que tínhamos encontrado um Mourinho para o académico. Quiçá???!!! Pelo menos é um treinador fetiche para nós. Parabéns ao presidente, parabéns à reacção positiva dos jogadores e forca adeptos. No estádio ou no blogue demonstrem a força do nosso clube. Ao cheu agradeço a ambição demonstrada e que não vacile, pois o académico será certamente o seu clube fetiche para o seu bem e nosso bem. Forca academico

Marco em Toronto

domingo, 07 dezembro, 2014