domingo, novembro 24, 2013

CD Trofense 1-0 Ac. Viseu FC



Estádio do Clube Desportivo Trofense, 24 de novembro de 2013
16ª Jornada da Liga 2 Cabovisão
Árbitro: Hugo Miguel (Lisboa)

Trofense: Conrado, Tiago Mesquita, Márcio, Dennis, Rateira, Tiago, Hélder Sousa (Maicon Assis, 71), Jorge Inocêncio (Luiz Alberto, 84), Mateus Fonseca (Neves, 80), Preciado e Padilla. Treinador: Porfírio Amorim.

Ac. Viseu: Ricardo Janota; Tiago Rosa, Paulo Monteiro, Tiago Gonçalves e Marco Lança; Ibraima, João Martins (Bruno Loureiro, 75) e Leonel (Ouattara, 68); Zé Rui (Diogo Alves, 61), Luisinho e Cafú. Treinador: Filipe Moreira.

Expulsões: Conrado (Trofense) e Paulo Monteiro (Ac. Viseu) após o apito final


Golo: Mateus Fonseca 30 (1-0)

Mais uma jornada passada e o Académico continua a fazer maus resultados nas suas deslocações.
De facto nao se sofre muitos golos, raramente sofremos mais do que um. Mas marcar é que está complicado.
A tarde estava boa para praticar futebol na Trofa. Talvez uns 500 espetadores e uma claque com muita animação e cor.
Mas entrando no terreno que é o que interessa, o Académico começou bem, sem medo, a querer assumir o jogo.
Aos 8 minutos Cafu ia isolar-se mas é derrubado. Amarelo para o defesa, porque o lance era perigoso. Pena que o livre nao tenha levado perigo.
O Académico apostava bem no lado direito com as subidas de Tiago Rosa, o apoio de João Martins e a velocidade de Luisinho.
Do lado contrário, Zé Rui quase não tocou na bola na 1ª parte, ou quando tocou não lhe deu seguimento infelizmente.
A 1ª vez que Trofense chega à baliza foi num contra ataque após canto do Académico , que é apanhado em contrapé com 3 contra 2. Mas Ricardo Janota defende muito bem para canto.
Entretanto começou-se a ouvir a claque academista que embora com cerca de 12 elementos esteve sempre muito ativa durante praticamente todo o jogo.
Aos 25 minutos há um novo bom remate do avançado do Trofense,  Padilla, para  mais uma boa intervenção Ricardo Janota.
O Académico ia ganhando alguns cantos, o meio campo notava-se que tinha mais qualidade que os trofenses, mas o perigo à frente não chegava
E eis que surge o golo do Trofense. Engraçado que começou tudo com trocas de bola pausadas entre defesas e médios da equipa da casa, o que pôs os adeptos a assobiar e a mandar as suas bocas.. mas o certo é que alguém fez um passe longo, para a ponta esquerda, há um cruzamento e aparece ao 2º poste Mateus a cabecear, com a bola a anichar-se mesmo na base inferior do poste , entrando ainda após uma palmada de Janota.
O Académico acelerou então mais o jogo e a troca de bola, com boa quota parte de João Martins e Luisinho, chega às alas mas faltava rematar mais. Uma exceção foi exatamente o 24 academista a rematar fora da área, um pouco ao lado.
A melhor ocasião dos academistas surgiu depois disso. Cafú recebe a bola de costas, finta muito bem o defesa, entra na área sobre o lado esquerdo , semi isolado , e remata para boa defesa de Conrado.
A 1ª parte acabou e esperava-se uma boa reacção dos viseenses na 2ª.

No reatamento, João Martins tem uma abertura fantástica para o centro do terreno, uma grande desmarcação do Luisinho,que entra na área mas descaído para a direita e não conseguiu rematar.
Os cantos sucediam-se, perdi a conta a tantos cantos, mas que na prática pouco perigo criaram.
As substituições começam a acontecer, Zé Rui sai (tarde desinspirada) para a entrada de Diogo Alves.
Num dos cantos a seguir, a bola passou a meio metro da linha de golo mas ninguém a empurrou para dentro.
Entrou ainda Ouattara e Bruno Loureiro para tentar chegar pelo menos ao empate.
O Trofense começa a acusar cansaço físico e a quase que a cada minuto algum Trofense caía no relvado queixoso/lesionado.
Leonel tira um coelho da cartola, remata tipo trivela fora da área e a bola bate num defesa e passa a poucos centímetros e é cedido mais um canto.
Ou seja, continuávamos a tentar atacar, a flanquear bem a bola mas depois algo faltava para o desfecho final.
Após a entrada de Bruno Loureiro, mais um lance de perigo exatamente com Bruno a rematar cheio de intenção para o poste mais distante, mas a bola é desviada pelo Guarda Redes Conrado a caminho da baliza.
O jogo ia-se aproximando do fim , o Académico jogava com cada vez mais pressão mas tambem ansiedade.
O Trofense a espaços assustava no contra ataque mas a defesa , principalmente Tiago Gonçalves , estiveram bem sem dúvida.
O jogo teve 7 minutos de desconto, mas nem assim conseguimos marcar. E após o apito final, bastante confusão entre jogadores,  com Paulo Monteiro e Conrado a serem expulsos.
O Académico tem agora que refletir sobre o que pode fazer para combater este ciclo terrível para acabar a 1ª volta com testes duros. O próximo é já na 4ª Feira contra o Penafiel em casa.
Força equipa, estamos convosco!
Hoje perdeu na Trofa. Neste momento faz parte do grupo dos últimos classificados com 13 pontos tantos como o seu adversário de hoje e como o Feirense (13 pontos). Quarta-feira são necessários os 3 pontos e o adversário é difícil... o Penafiel.


25 comentários:

Anónimo disse...

o problema do Académico é que faz maus resultados nas deslocações e maus em casa.
Ponham derrotas em todas as deslocações e ponham vitórias nos jogos em casa contra adversários do seu campeonato e vejam quantos pontos teriamos.
O Académico continua a ser mal orientado por uma equipa técnica sem valor nem pedalada para estas andanças, que vai disfarçando com umas boas vitórias, mas que só valem 3 pontos, nada mais. O Académico não precisa de ganhar 3-0 em casa, precisa é de ganhar todos ou quase todos em casa e depois ir pescar aqui e ali.
O que chateia é que o plantel do Académico é dos mais caros da segunda liga (os B não contam) e joga sem nexo, sem qualidade, sem alma, mal taticamente e isso é culpa de quem dirige, não é dos atletas.
Se não se alterar nada agora, o mais certo é estarmos para o ano, no campeonato de seniores a carpir as mágoas. Nenhum treinador precisa de 15 jornadas para p^ôr os eus jogadores a jogar, O prazo de FM esgotou-se há meses! Não +e agora, é há meses e a direcção mantém a confiança?
Muitas vezes as chicotadas não dão resultado, principalmente quando são tardias e o novo técnico não chega a ter tempo de conhecer os jogadores.
É chegado o momento da direcção atuar! E já vai tarde. Como se tem visto, de vez em quando o Académico ganha um jogo e tudo fica alegre e repousado, como aqui temos vindo a ler, com tiradas do género de "agora vai ser diferente! agora é só subir, agora os jogadores já se conhecem e vai melhorar". Estamos em último, porra! Como academista não aceito que ainda venha gente pedir TEMPO! Dizer que vamos melhorar? Pudera, mais para baixo não é possível!
CHEGA!

domingo, 24 novembro, 2013
Anónimo disse...

Equipa de fogachos... Assim não vamos lá...

domingo, 24 novembro, 2013
Anónimo disse...

A Direcção está de mãos atadas porque o Sr. FM tem um bom contrato e não sai pelo seu pé.
Portanto vai continuar a fazer asneiras até ao fim.

Rui Antunes

domingo, 24 novembro, 2013
Viriatus disse...

Concordo....Senhores da Direcção vamos a trocar de Treinador...mas agora o Alvaro já está nos nossos vizinhos...Carlos Brito está disponível.

domingo, 24 novembro, 2013
jose pereira disse...

na verdade, hoje o academico de Viseu é em último lugar, incrível.
Estou muito triste ver o clube nesta situação.
existem soluções, mas eu sinto que há algo que bloqueia por quê?
Senhores, o Presidente e outros, o que realmente acontece?
temos bons jogadores com bons salários e eu sinto que eles não querem!!
tristesa que uma grande cidade como Viseu cem mil habitantes, não tem uma equipe que emociona todos os fãs.
é hora de parar com essa porcaria ...
jose pereira academico de Viseu desde 1978 ..........................

domingo, 24 novembro, 2013
562 disse...

Isto é impressionante. Como é que podia haver gente a defender o estado actual das coisas??? Foi-se a taça da liga, e "estamos a começar... os jogadores não se conhecem..., etc". Na taça as reacções foram de uma lamentável pequenez... Nos idos anos 80/90 é que ficaram célebres as vitórias morais... No campeonato, estamos em últimos e já estamos em desvantagem no confronto directo com um dos nossos adversários directos. Contas feitas, não há cenário pior do que este. Era impossível estar pior... Uma vergonha...

Eu não pude ir à Trofa, hoje, embora viva bastante perto. Foi-me impossível... Mas aposto que o CAF entrou à defesa à espera do contra-ataque... Não é possível almejar a nada mais do que o último lugar com este treinador e esta atitude... Eu entendo a posição da direcção de querer manter as contas direitinhas. No entanto, os custos de manter este FM à frente da equipa serão, com certeza, muito maiores..

domingo, 24 novembro, 2013
Anónimo disse...

O Académico não jogou à defesa, nada disso, agora não jogou bem, e embora não merecesse perder o jogo, pois o Trofense jogou zero e só fez anti-jogo, a verdade é que o Académico não fez o suficiente para ganhar de forma clara, pois a qualidade do nosso futebol não foi aquilo que se esperava depois da vitória por 3-0 no último domingo.

domingo, 24 novembro, 2013
Anónimo disse...

Eu estive lá e digo-vos, o Académico teve uma grande vitória moral. Entrou cheia de medo, só faltou esconder-se. Depois levou o golo e pronto, já todos sabiamos lá que ojogo estava perdido. Depois o Trofa encolheu-se, deixou o Académico andar por lá, a fingir que jogava, mas não jogava, sem soluções, sem querer, sem vontade.
No final o Académico até deve ter tido mais posse de bola, mas viu-se desde o minuto UM que ia perder o jogo. Repito, desde o minuto UM.
Para mim, com este treinador, acabou. Não vou a mais lado nenhum. ACABOU.

domingo, 24 novembro, 2013
Anónimo disse...

Já no ano passado a direcção tentou contratar o Dito, após subir o Varzim, penso que está na altura de tentar outra vez sem dúvida alguma, com a qualidade que temos no plantel, ele ia por esta equipa a jogar futebol e a ganhar jogos, acho que o Filipe Moreira esgotou o seu tempo...

domingo, 24 novembro, 2013
Paulo Teixeira disse...

Mais uma derrota, mais uma tristeza e pior do que isto o indesejado ultimo lugar.
Mais uma vez a equipa até praticou um bom futebol fez tudo para não perder o problema é que não se marcam golos não por falta de jogadas para os fazer mas porque falham-se oportunidades que não se devem falhar, e já começa a cansar ver os guarda-redes adversários a fazerem a exibição da vida deles contra o Académico.
Não quero defender ninguem mas a acontecer a esperada chicotada, não vejo que seja aí que esteja o problema desta equipa, os problemas desta equipa são dois, um é a falta de um matador, um jogador que faça em golos 70% das oportunidades que a equipa construa, ainda há bem pouco vi uma noticia neste blog que dava conta do aniversário de Zé Bastos, o nosso Batigol, era sem duvida um jogador com estas caracteristicas que o Académico precisa, a defesa está bem, o meio campo produz o problema reside na hora de ver as redes adversárias a abanar.
O outro problema é a falta de sorte, existiram situações nestes ultimos jogos que só visto porque contado ninguem acredita!
O ultimo lugar neste momento é uma realidade, deixa-me triste a mim e a muitos academistas mas o mais importante é ver esta equipa fora desse lugar no dia 11-05-2014 pelas 17h45 isso é que conta porque agora nem o Portimomense e o Moreirense subiu nem o Académico desceu, o campeonato está muito equilibrado como é costume (como é possivel que haja alguem com vontade de acabar com o campeonato mais equilibrado deste país) uma vitória pode fazer uma equipa subir alguns lugares, uma derrota pode fazer o inverso.
Sou um tipo optimista sei que a situação não está famosa, vêm aí 3 jogos terriveis mas é nestas situações que se vêm os mais fortes, este mês de Dezembro vai arrebentar com muitas equipas, espero que o nosso Académico não seja uma delas, vou continuar a acreditar que melhores dias virão não pode ser outra coisa, com ou sem Filipe Moreira temos de sair deste lugar.

Paulo Teixeira.

segunda-feira, 25 novembro, 2013
Viriatus disse...

Como é possível ainda alguém querer o FM? Mas por favor o que precisamos é de um bom treinador...não queremos experiências...o Dito ainda nada provou, ou melhor, provou que não é treinador para a Liga de Honra. Carlos Brito, Ulisses Morais....

segunda-feira, 25 novembro, 2013
Anónimo disse...

Ontem percebi o Porque do Presidente do Tondela ter rescindido imediatamente o contrato com o Vitor Paneira apos o resultado de 1x1 entre Trofense e Tondela. E que ninguem empata com «este Trofense» e perder muito muito menos .........E impensavel. Os homens sao maus demais e nos ainda pior........Por favor FM. (regresse a Lisboa). Estamos Fartos........

segunda-feira, 25 novembro, 2013
Anónimo disse...

Falar Sobre Guarda Redes .
O mestre do nosso futebol .Jose Maria Pedroto dizia assim aos seus Guarda Redes.
«O meu guarda redes e aquele que proteje melhor a minha Mansao. inclui a casa (baliza) entrada ,patio ou jardim ( peq area e arredores ....)O mais completo e aquele que proteje essa zona com Mestria , Imponencia, segurança,altismo,voz de comando,agilidade ,Destreza e muita inteligencia..........pra prever o imprevisto.......».
Aquele que englobar ou possuir estas atitudes, qualidades e o meu Guarda Redes. ( Foi caso do Vaz e Joaquim Torres No V. Setubal ,Amaral ,Tibi ,Rui no FC Porto .........etc....).
Julgo que no nosso Academico o Janota e o que Reune mais estas caracteristicas...........

segunda-feira, 25 novembro, 2013
Anónimo disse...

A direçao tem a faca e o queijo em seu poder . Nao as usam .......portanto estamos como estamos ............Por incrivel que pareça . As nossas jogadas de perigo (ontem em Trofa e no Beira Mar )foram protagonizadas com a subida do nosso Guarda Redes a Area Contraria ( Nos Cantos )..........Criou-se algum «Frisson »...... De outro modo ,somos uns autenticos » Anjinhos»..........nao fazemos mal a ninguem........Entao aquele meio Campo com Ibraima ,Leonel e Joao Martins ,nao defendem ,nem atacam so lateralizam o jogo ,nao ha aberturas em progressao.Nao ha uma boa meia distancia (remates) dependemos muito do Cafu inspirado ( Luisinho fora de casa treme todo ......) Ze Rui desaparece.........Os centrais estao em muita boa forma e o g-Redes corresponde ate onde pode...........milagres infelizmente nao os faz........E tao facil analizar esta Equipe sem motivaçao aparente.Laterais muito estaticos (Nao Arriscam)mas a meu ver nao compremetem muito. Embora no Golo um deles nao saltasse com o avançado deles ....(ontem em Trofa).Facilitou......infelizmente pra Nos........Ha muito pra analizar e corrigir .Parece nao vir pra ai bons ventos ........A situaçao complica-se por nossa culpa.......Socios e Amigos Do Academico, somos todos culpados .....Nao e so a direçao.....

segunda-feira, 25 novembro, 2013
Anónimo disse...

Precisamos de um treinador urgente bastante competente, Carlos Brito , Ulisses Morais , Ze Mota, Trabalhador Sobretudo um bom Motivador .......Porque este motiva mas a palavra ja nao passa.........Parece ja nao passar ... pelo que se ve.......

segunda-feira, 25 novembro, 2013
Anónimo disse...

Com muita pena minha (como socio do Academico ). A jogar assim desta maneira tao mediocre ,esta equipe nao merece a 2ªliga da cabovisao ( futebol profissional). Sao uns autenticos passarinhos...........inclui jogadores ,treinadores e obviamente direçao............este futebol envergonha-me como socio ha 27 anos do Academico.

segunda-feira, 25 novembro, 2013
A Bola disse...

Começou e terminou agitado o encontro entre Trofense e Académico de Viseu. Quando o árbitro Hugo Miguel se preparava para dar início ao desafio, teve de travar o apito porque surgiu no relvado uma galinha preta, que durante dois minutos suscitou momentos de muita animação nas bancadas e correria pelo campo, com jogadores e funcionários da casa atrás dela.

Concluído o jogo, e depois dos nove minutos de compensação, novo episódio, desta vez entre jogadores. Conrado, guardião do Trofense, e Paulo Monteiro, central do Académico, envolveram-se em agressões, gerando enorme confusão, com os dois jogadores a verem o cartão vermelho.

Porfírio Amorim, técnico do Trofense, ficou incomodado e deixou uma promessa: «Vamos apresentar queixa na Liga, porque um jogador do Académico teve comportamento vergonhoso para com um colega de profissão.»

segunda-feira, 25 novembro, 2013
Anónimo disse...

O Conrado ( G-Redes) do Trofense devia-lhe ser feito o que foi feito ao Diamantino Em Moçambique. Recambiado pra casa dele ( Brazil ) imediatamente .....com o passaporte carimbado e nao poder entrar nunca mais no N/ Pais. E pobre ,mal agradecido ,mal criado ,grosseiro .....nao precisamos de gente desta no N/ Pais. Repudio totalmente a sua atitude no final do jogo.......Desculpem-me .Foram criadas umas autenticas macaquices por esse ....enfim.......
»Galinha Preta antes do jogo .....Julguei-me em Africa por momentos .......«Macumba...negra...».....»So visto......Isto nao e o meu Pais civilizado.......ou englobado na Europa ????Sera ???ou Estara ?? Sao autenticos Atrasados mentais......

segunda-feira, 25 novembro, 2013
Anónimo disse...

Ser Profissional De futebol:
Fui jogador profissional de futebol na Academica Coimbra , Sp espinho , Feirense ,Sanjoanense ......Anos 70-80.Portanto sei do que vou explicar.
a) ter talento e algum fisico apreciavel .....
b) mentalidade competitiva e forte personalidade
c)estar sempre preparado pra «Luta« Bom sentido da palavra
d)correr muito mas mesmo muito e nunca virar a cara a luta.......Treinar bem......
e)saber estar em equipe (viver em grupo)
f) ajudar o colega em momentos criticos e reciprocamente......
g) festejar o nosso golo e sobretudo as nossas vitorias euforicamente.sao duras de alcançar. Acreditem!
h)o prazer em jogar tem que ser tanto ou igual a pressao e concentraçao dos jogos. mas no final de cada jogo temos que dizer bem alto: VALEU!

estas sao as caracteristicas basicas de um bom jogador de futebol profissional. A alta competiçao e dura. Sem Duvida.Mas temos que estar preparados com prazer e entrega total! Nunca fingirmos de nada.........

Senao seremos sempre Amadores de espirito e falharemos com muito mais frequencia os nossos objetivos.
O n/ Ac Viseu precisa de rever estes pressupostos ( jogadores e treinadores .....etc..)Habito Satao adoro futebol e o Academico Viseu.

segunda-feira, 25 novembro, 2013
Anónimo disse...

Conferencia de Emprensa dos 2 treinadores apos o jogo Trofense -Ac Viseu. ( Malucos Do Riso......)

a) FM; sobre o nosso guarda redes ,pergunta ao jornalistas se conhecem o Ricardo Janota: Os jornalistas dizem que sim ;que e o GRedes do Ac Viseu. Pois ele nao sabe se ele (ricardo) esteve em campo porque nao fez uma unica defesa..........
b) Ja o Porfirio Amorim treinador do Trofense diz que Ricardo Janota fez 2 excelentes defesas na primeira parte + uma na Seg parte.

Bom agora pergunto: Em quem acreditar ??? So pra Rir ou viram ambos jogo diferente........So visto....e ouvido.........

segunda-feira, 25 novembro, 2013
Anónimo disse...

Se o parvalhão do Porfirio Amorim vi queixar-se à liga contra o Paulo Monteiro, então dirigentes academistas, muito mais nos te,os de queixar nós. Desde a macumba da galinha preta, até às provocações do Conrado, muito à para dizer. Estou de acordo com o adepto que acima escreveu, pois em Moçambique extraditaram o Diamantino, então a liga depois da queixa recambia o Conrado. Vitoria injusta do Trofense, obtida face à inoperancia dos jogadores do Académico. Assim não...

segunda-feira, 25 novembro, 2013
Anónimo disse...

Filipe Moreira ao referir-se ao nosso guarda-redes devia ter dito, se Ricardo Janota quase não se viu, então o Conrado fez-se notar bem ao fim do jogo. A merecer uma extradição para fora de Portugal

segunda-feira, 25 novembro, 2013
Anónimo disse...

Deixem-se de tretas contra Conrado ou quem quer que seja, o que é preciso é FM longe de Viseu!
O mais longe que for possível!
Para bem do Académico.
Há um responsável pelo que se anda a passar e esse é FM. ponto final

segunda-feira, 25 novembro, 2013
Anónimo disse...

Deixamo-nos de tretas contra o Conrado? Então incriminamos o Paulo Monteiro? Será que também nos devemos deixar de tretas contra a galinha preta e não nos queixar-mos à liga? E as pedras lançadas ao autocarro da claque? Deixamo-nos de tretas comemos e calamos...Ou então como tem de vir cá na 2ª volta teram o reverso da medalha!

terça-feira, 26 novembro, 2013
Anónimo disse...

E para reforçar a minha razão a direcção do Académico apresentou queixa à liga de tudo o que se passou na Trofa. Porque falar à distancia sem lá ter estado, às vezes erra-se...

terça-feira, 26 novembro, 2013