domingo, agosto 06, 2017

Ac. Viseu FC 2 - 1 AAC-Académica

Estádio do Fontelo, 6 de agosto de 2017
1ª Jornada da Ledman LigaPro
Árbitro: Daniel Cardoso (Aveiro)

Ac. Viseu: Peçanha; Joel, Bura, Bruno Miguel (c) e Lucas; Fábio Santos (Capela, int), Fernando Ferreira (Bruno Loureiro, 75) e Paná; Rui Miguel (Moses, 71), Sandro Lima e Luís Barry. Treinador: Francisco Chaló.

Académica: Ricardo Ribeiro; João Simões, João Real, Yuri e Nélson Pedroso; Chiquinho, Guima e Ki (Brendon, 60); Zé Tiago, Marinho (Djousse, 76) e Tozé Marreco (Luisinho, 60). Treinador: Ivo Vieira.

Expulsão: Yuri 58

Golos: Tozé Marreco 7 (0-1), Rui Miguel 52 (1-1), Sandro Lima 88 gp (2-1)

“O Académico de Viseu venceu por 2-1 em encontro entre beirões, frente à Académica de Coimbra, com golos de Rui Miguel e Sandro Lima, em jogo da primeira jornada da 2.ª Liga.

Tarde muito quente no Fontelo, em Viseu, para um jogo entre duas equipas com ambições nesta II Liga, que levou algumas centenas até às bancadas do estádio do Fontelo, para assistirem a um jogo onde a Académica foi melhor na primeira parte e o Académico melhor na segunda.


A Académica marcou na primeira vez que chegou com perigo à baliza de Peçanha. Jogada pela esquerda com um cruzamento para o segundo poste, onde apareceu Tozé Marreco a finalizar com êxito.

Procurou responder o Académico de Viseu, mas os homens da 'briosa' foram resolvendo as investidas viseenses e responderam sempre com jogadas perigosas de contra-ataque.

A melhor oportunidade da primeira parte para o Académico surgiu num livre de Sandro Lima, aos 25 minutos, que Ricardo Ribeiro correspondeu com uma grande defesa.

Os 'estudantes' poderiam ter marcado mesmo sobre o final dos 45 minutos, quando Tozé Marreco se conseguiu isolar, mas Peçanha saiu rápido da baliza e antecipou-se ao avançado da Académica.

Na segunda parte o jogo mudou. Os viseenses entraram determinados a mudar o rumo da partida e empataram aos 52 minutos, com Rui Miguel a finalizar ao segundo poste depois de um cruzamento da direita.

Os comandados de Francisco Chaló continuaram a pressionar e ficaram mais confortáveis no jogo quando o árbitro Daniel Cardoso, aos 59 minutos, expulsou Yuri Matias por agressão a Fernando Ferreira.

Aos 77 minutos, Sandro Lima, de cabeça, obrigou Ricardo Ribeiro a mais uma grande defesa, mas o golo da vitória aconteceria aos 88 minutos, na transformação de um penálti, a punir falta de J. Simões sobre o avançado brasileiro. Na conversão, Sandro Lima marcou, e deu a vitória ao Académico de Viseu, equipa que esta temporada se assume como um dos candidatos à subida à I Liga de futebol.”


Crónica Record/Lusa


Notas aos jogadores (atribuídas pelo Record e aceites por nós para a eleição de jogador do mês/jogador do ano): 4 – Capela e Sandro Lima; 3 – Peçanha, Joel, Bruno Miguel, Bura, Lucas, Fernando Ferreira, Paná e Rui Miguel; 2 – Fábio Santos, Luís Barry, Moses e Bruno Loureiro.

1 comentários:

Hélder Albuquerque disse...

Notícia de interesse academista: segundo o Record, o Dalbert irá para o Inter por 20M€, cabendo 200m€ ao académico. Será verdade?

segunda-feira, 07 agosto, 2017