sexta-feira, novembro 18, 2016

Recordar: Paulo Listra

NOME COMPLETO
Paulo Jorge Correia Figueiredo
NOME
Paulo Listra
DATA DE NASCIMENTO
18/11/1977
NATURALIDADE
Viseu
POSIÇÃO
Médio/Avançado
ESTREIA
Ac. Viseu 0-0 U. Madeira (15/06/1997)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 3-1 Alverca (17/05/1998)
JOGOS
201
GOLOS
22
ÉPOCAS
96/04
Foto: retirada da página Movimentos Desportivos no Facebook

Um histórico do nosso clube, sendo o 12º jogador com mais jogos pelo Académico de Viseu, o 10º se só considerarmos o Clube Académico de Futebol.

É um dos produtos da “cantera academista”, onde fez parte dos juniores, isto depois de ter começado no Viseu e Benfica, ou seja, foi aí que fez praticamente toda a sua formação, local onde voltou para terminar a carreira de futebolista (13/15).

Aquando da subida a sénior do Académico, em 96/97, e com o clube na Liga de Honra (a atual Ledman LigaPro), o máximo que conseguiu foi ser usado em 1 jogo. Foi precisamente no último jogo da temporada, em casa com o U. Madeira, com Cavaleiro a fazer entrar o jovem Listra (19 anos, 6 meses e 27 dias) para o lugar de Manu, ao minuto 68, de um jogo que terminaria empatado a zero.

Na temporada seguinte, a de 97/98, e ainda pela Liga de Honra – que não correu bem ao Académico pois o clube desceu de divisão – Paulo Listra foi utilizado em 8 jogos, 4 como suplente utilizado, e alcançou um feito para a sua carreira, o primeiro golo como sénior. Foi na última jornada, já com a descida consumada, quando o Académico bateu o Alverca por 3-1, com Listra a fazer o segundo golo da partida, isto depois de Luisinho ter feito o 1-0, e antes de Santos aumentar para 3-0. A título de curiosidade diga-se que o golo do Alverca foi apontado pelo futuro academista Caju, sendo que por ali também jogava o então “anónimo” Deco.

Em 98/99, já com o clube na II B, Paulo Listra começou a cotar-se como um dos jogadores mais importantes da história academista. No que concerne à competição em referência, ou seja a II B, Listra fez pelo nosso clube 184 jogos, 62 vindo do banco, sendo nesse particular o oitavo jogador com mais jogos como titular pelo Académico na competição em causa, fazendo deste modo parte do “onze ideal”, o quarto se contarmos todos os jogos – só Rogério (253), Rui Lage (209) e Augusto (186) fizeram mais.

Em termos de golos a sua melhor época foi a última como jogador do Académico, em 03/04, ao apontar 8 golos em 35 jogos. Ainda quanto a golos ao apontar um total de 21 golos enquanto jogou pelo nosso clube na II B, esse número faz dele o sexto melhor marcador academista na competição, abaixo de Lemos (40), Zé de Angola (34), Sérgio (26) e Santos (21 como Listra, mas em muito menos jogos).


Outros clubes: Penalva (04/11) e Lusitano (11/13)

5 comentários:

Anónimo disse...

O Paulo Listra fez toda a sua formação no Viseu e Benfica saindo apenas nos juniores para o Académico. No Viseu e Benfica, numa equipa onde também alinhava o ex-Académico Negrete, foi campeão distrital de iniciados na época 1991/1992, o único título do clube nesse escalão.

quarta-feira, 18 novembro, 2009
ogirdoR disse...

Não sabia. Já alterei. Obrigado.

quarta-feira, 18 novembro, 2009
Anónimo disse...

Parabéns Listra!
Pelo aniversário, pelo que és enquanto futebolista e, acima de tudo, enquanto Homem.
Poucos conseguem fazer uma carreira assim, sempre no topo do futebol no Distrito e sem andar a saltar de clube em clube. Para isso não basta ser bom jogador, é necessário também ser um Homem exemplar!
Parabéns!

quarta-feira, 18 novembro, 2009
Anónimo disse...

Listra um abraço! Boa sorte para o Penalva do Castelo! Marca muitos!

quinta-feira, 02 dezembro, 2010
Anónimo disse...

Também jogou no Lusitano

terça-feira, 19 novembro, 2013