sábado, novembro 18, 2017

Recordar: João Peixe

NOME COMPLETO
João Carlos Borda D´ Água Peixe
NOME
João Peixe
DATA DE NASCIMENTO
18/11/1975
NATURALIDADE
Nazaré
POSIÇÃO
Avançado
ESTREIA
Ac. Viseu 0-1 Alcains (17/08/2003)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 3-2 Águeda (22/02/2004)
JOGOS
20
GOLOS
1
ÉPOCAS
03/04


Começou no Nazarenos, da sua terra natal, e completou a formação no Benfica. Era considerado uma das grandes esperanças do futebol português mas só por uma vez actuou no principal escalão do nosso futebol, e logo na sua época de estreia como sénior (94/95), ao serviço do Estrela da Amadora.

Ao Longo da sua carreira conheceu imensos clubes: Académica (95/96), Alverca (95/96), Aves (96/97), Desportivo de Beja (97/98), Sporting da Covilhã (98/00), Marco (99/00), Sanjoanense (00/01), Pedras Rubras (01/02, 05/06) Inonikos (Grécia 01/02), Sporting de Pombal (02/03), Estarreja (04/05), Benfica de Castelo Branco (06/08), União da Serra (07/08), Rio Maior (08/09), Tondela (08/09), Torreense (09/10), Penamacorense (09/10), Custoias (10/11), Perafita (10/11), Vila FC (11/12) e UD Valonguense (11/12).

No Académico de Viseu actuou na época 2003/2004 e marcou apenas um golo. Recorda-se do João Peixe?

5 comentários:

Jornal de Notícias disse...

Coimbra, 12 Jul (Lusa) - O avançado João Peixe, de 33 anos, formado no Benfica, assume com orgulho o facto de já ter representado 21 clubes na sua vida futebolística, mas reconhece que passou ao lado de uma grande carreira.

"Sinto muito orgulho na minha carreira. Sinto-me um campeão e o facto de ter mudado tantas vezes de clube significa que as pessoas reconhecem o meu valor", disse em entrevista à Agência Lusa o "veterano" jogador.

João Peixe, no seu currículo, assinala que já ajudou cinco clubes a subirem de divisão. "Ajudei o Benfica de Castelo Branco, o União da Serra e o Tondela a subirem da III à II Divisão; também contribuí para as subidas do Marco e do Sporting da Covilhã à Liga de Honra", argumentou

quarta-feira, 18 novembro, 2009
Equipas da história do Sporting da Covilhã disse...

s últimas semanas, o nome de João Peixe tem estado em destaque na comunicação social por ser o recordista português em mudanças de clubes, tendo até ao momento actuado por 21 emblemas. Uma das equipas em que o avançado João Peixe militou foi o Sporting da Covilhã, que representou durante duas épocas, de 1998 a 2000, tendo contribuído com as suas boas exibições e os seus 12 golos para a subida dos serranos à Liga de Honra na primeira dessas temporadas, apesar de ter chegado à equipa a meio da época. Numa entrevista recente ao jornal “Correio da Manhã”, confessou ter sido o Covilhã o clube onde se sentiu mais jogador. Que mais haverá a dizer sobre João Peixe?

quarta-feira, 18 novembro, 2009
CDT disse...

CAMPEÃO NACIONAL o ano passado... TONDELA...

quarta-feira, 18 novembro, 2009
Anónimo disse...

Se esteve em muitos clubes às vezes é mau sinal. O facto de ter sido internacional nas camadas jovens explica um pouco a aposta no jogador. Em Viseu passou completamente despercebido!

quarta-feira, 18 novembro, 2009
Anónimo disse...

Só hoje tive oportunidade de ver que não se tinham esquecido de mim no dia do meu aniversário o que me deixou bastante lisonjeado!sobre a minha passagem pelo académico, posso dizer que foi um ano de muito sofrimento devido aos 5 meses de ordenados em atraso,que mais tarde por acordo financeiro "amigavel" acabou por se resolver,em termos desportivos depois da entrada de José Morais fizemos uma recuperação espectacular que só não acabou em subida porque claudicámos na recta final ,o que muito se deveu ao desgaste psicológico por não recebermos.Pessoalmente também não fui muito feliz,porque quando ganhei a titularidade depois da minha estreia a titular, em que vencemos para a taça de portugal o Tocha e vencemos por 4-2 , fiz dois golos, mas na semana seguinte perdemos com a Sanjoanense e José Leal foi demitido. Com a chegada de José Morais na 1a vez que fui titular estavamos a ganhar 1-0 fiz o golo, mas na 2a parte levei uma porrada que me fez fracturar o acrómio clavicular e tive que ser operado, terminando assim prácticamente a minha época, já que apenas voltei a jogar na penúltima jornada em Vila Franca de xira.No ultimo jogo em que ganhámos á Académica "B" e que ditou a descida daquela equipa ofereci a minha camisola (branca) á claque que tanto me acarinhou durante a época porque apesar de não ser titular quando entrava, fazia-o bem e com muita garra, quando aqueçia a claque puxava sempre por mim ,por isso quando marquei fui-lhes sempre dedicar, ainda hoje guardo o cachecol que no final de um jogo o chefe da claque me ofereçeu.Foi me dado todo o apoio e condições para me poder recuperar do ombro o qual agradeço ao Dtr. Cardoso e ao fisioterapeuta Aparicio. Portanto o Académico ficará para sempre no meu coração, é um histórico!, tenho muito orgulho de o ter representado!Em relação á minha carreira, realmente poderia ter sido melhor mas como em tudo na vida é preciso sorte e por vezes pequenos detalhes determinam uma carreira, por isso não joguei em tantos clubes por apenas ter sido internaçional 39 X nas camadas jovens, mas porque fiz pela vida como provam os 16 golos no Desp.Beja (17)sanjoanense(19)Benfica Castelo B,(16)Sporting Covilhã,(3)Estrela da Amadora, na primeira liga,(9)U.Micaelense(7)Estarreja etc, assim como as 5 subidas de divisão, e fico por aqui porque senão vou parecer vaidoso , coisa que quem me conhece bem sabe que não o sou!Parabens aos impulsionadores deste blog(OR,JN, JM, JS), que é muito bom, um grande abraço a todos os Academistas! João peixe

quarta-feira, 02 dezembro, 2009