domingo, março 28, 2010

Ac.Viseu FC 2 x 2 CD Mafra

O Académico de Viseu empatou, esta tarde, a duas bolas frente ao Mafra. O resultado poderia ter sido outro, mas a sorte não esteve com os academistas, que diga-se, tudo fizeram para levar de vencida esta equilibrada formação do Mafra.

Académico de Viseu: Rui Marcos, Rúben (Hugo Seco, 55), Tiago Jonas, Tiago Gonçalves, Marcelo Henrique, Calico, Fernando Ferreira, Tomé (Paulo Gomes, 75), Marco Almeida, Zé Bastos e Éverson (Álvaro, 85). Treinador: António Borges.

Mafra: Márcio Santos, Joãozinho, Éder, Ricardo Correia, Catchana (Alisson, 87), João Afonso, Kifuta (Bonifácio, 73), Marco Paulo (Tiago Almeida, 64), Inácio, Emiliano e Zhang. Treinador: Filipe Moreira.

Expulsões: Hugo Seco e Márcio Santos (90)

Golos: Catchana 9 (0-1), Marcelo Henrique g.p. 12 (1-1), Hugo Seco 62 (2-1), Bonifácio 76 (2-2)

Destaques para a ausência do imprescindível Guima, por lesão, e o regresso do nº8, Álvaro.


O jogo começou praticamente com o primeiro golo forasteiro. À passagem do minuto 5, uma jogada vistosa do nº9, Catchana, abriu o activo para o Mafra. Imediatamente a seguir os viseenses conseguem empatar. Grande penalidade apontada com categoria por Marcelo, na sequência duma falta alcançada por Éverson. O jogador academista ganha posição dentro de área da equipa do Mafra, e é carregado por um adversário. Estava feita a igualdade. Depois disso, só deu Académico até ao intervalo, com duas ocasiões flagrantes. Primeiro, F. Ferreira num canto directo faz a bola embater no poste, não aparecendo depois ninguém para a recarga. Depois, foi a vez de Éverson falhar uma oportunidade de ouro, cabeceando sem oposição, mas a bola não entrou por muito muito pouco.

A segunda metade continuou com um Académico mandão, continuando a carregar. M. Almeida desperdiçou nova oportunidade, ao cabecear à figura de M.Santos. O 2º golo academista chegou já com Hugo Seco em campo, que entrara para o lugar de Rúben. Cruzamento de F. Ferreira, e Hugo Seco oportuno fazia o 2-1 para os viseenses. O técnico academista pretendia segurar o desafio, e faz entrar P. Gomes para o lugar do mágico Tomé. Contudo, o balde de água fria chegaria a 15 min dos 90. O rapidíssimo Zhang ganha pelo lado esquerdo a M. Almeida, faz cruzamento/remate que apanha o nº10, Bonifácio, estabelecendo o resultado final, 2-2. Até final, o Mafra não descurou do ataque, e as substituições operadas pelo técnico Filipe Moreira, traduziam isso mesmo. Contudo, já nos descontos, e com o saudoso regresso de Álvaro, o Académico teve a vitória mesmo muito perto. A bola é lançada por um academista para o rápido Hugo Seco, esteve ganha a bola ao guardião do Mafra, que entretanto saíra da baliza, e é carregado pelo mesmo. O árbitro resolve interromper o jogo para dar ordem de expulsão ao guardião (após segundo amarelo), esquecendo-se que Hugo Seco ia para a baliza, apenas com um defesa como opositor. O jogador academista não se conformou e chutou a bola para o ar, o que lhe valeu, imaginem, vermelho directo. Incrível. Num último minuto de jogo, um livre frontal de Marcelo fez a bola embater no ferro da baliza, e depois Jonas na recarga não conseguiu fazer o golo, que pena. Muito azar neste lance para o Académico.

Um resultado, que sabe a pouco, tanto mais pela excelente qualidade que esta equipa do Mafra demonstrou ter. E que jeito dariam mais dois pontos. Os academistas estão ainda no “ingrato” 12º posto, com 29 pontos. Mas o lema é continuar a lutar, a batalha vai, certamente, continuar a ser jogo a jogo. No próximo sábado a deslocação é complicada, até à Sertã, e pontos precisam-se. Força Académico!

18 comentários:

Anónimo disse...

Grande jogo, grande arbitragem (finalmente), só e pena os golos falhados e os postes que não quiseram nada com o academico hoje...

domingo, 28 março, 2010
CS disse...

O Jogo e o Campeonato. Começando pelo segundo, se o Campeonato acabasse hoje, o Académico ficava na 2ª Divisão, pois seria o melhor 12º Classificado. Descia o Boavista!
Quanto ao Jogo, o Académico jogou melhor, criou mais oportunidades de golo, mas o Mafra mostou boa organização e concretizou as 2 oportunidades que teve. O resultado é por isso, algo injusto, mas estamos fartos de ver situações parecidas no Futebol. Qaundo o Académico jogava bem, estava a ganhar e dominava claramente, António Borges, substitui Tomé, talvez, nesta altura, o melhor jogador do Académico, falta saber se por opção (má opção), se por cansaço do jogador ou outra razão, e nesse caso nada a dizer. Se a primeira substituição, é um erro, caso se trate de opção, a 2ª (saída de Erverson e entrada de Álvaro (jogou bem, Álvaro, saúdamos o seu regresso) há que aceitar, pois o Académico corria o risco de perder o jogo e um ponto era o mínimo que o Académico teria que arrecadar.

Voltando ao Campeonato, faltam 5 jogos, e em todos eles o Académico poderá conseguir a vitória, pois fica mais do que evidente, tal como já escrevi, anteriormente que o Arouca, vai subir por falta de comparência do Académico, pois não encontro equipa melhor que a nossa. Ainda, hoje, isso foi visível, o Académico, não é inferior ao MAfra, como não é inferior ao Arouca ou ao Pampilhosa, ou ao Tondela, é aliás superior a todos eles, e nesta altura poderia (e deveria) estar a lutar lá em cima pelo 1º lugar. Assim, não aconteceu e agora, há que encarar a realidade, e já Domingo, ganhar o Jogo e chegar ao 9º lugar.

Excelente a iniciativa de dar entrada gratuita às senhoras. Pena, não ter sido mais divulgada a inicitiva, pois mais gente teria ido certamente. Há que repetir e divulgar melhor nas rádios e nos jornais.

Força Académico!

Carlos Silva

domingo, 28 março, 2010
Anónimo disse...

Caros academicas: Acreditem que estas minhas palavras em altura alguma têm por objectivo desestabilizar o que quer que seja no nosso Académico. Depois de estar a ver o nosso Académico a vencer por 2 bolas a 1 e ver um treinador tirar os dois jogadores que mais estavam a render...(Tomé e Everson)... algo de muito grave me passa pela cabeça.

Saudações Acadamistas.

domingo, 28 março, 2010
Anónimo disse...

Caros academicas: Acreditem que estas minhas palavras em altura alguma têm por objectivo desestabilizar o que quer que seja no nosso Académico. Depois de estar a ver o nosso Académico a vencer por 2 bolas a 1 e ver um treinador tirar os dois jogadores que mais estavam a render...(Tomé e Everson)... algo de muito grave me passa pela cabeça.

Saudações Acadamistas.

domingo, 28 março, 2010
CS disse...

Há que manter a calma, acreditar na equipa e nos jogadores, apoiar, apoiar sempre, incentivar, aplaudir e desta forma conseguir, o que há para conseguir, ficar na 2ª Divisão, este ano, para SUBIR de Divisão no próximo ano.

Vamos apoiar o Académico!

Carlos Silva

domingo, 28 março, 2010
Nuno_Costa_Vis_PT disse...

Ao intervalo pensei: "Oxalá que não se venham a arrepender de tantas boas oportunidades desperdiçadas!".
Parece que já estava a pressentir o que aí viria.
A jogar desta forma e sobretudo a desperdiçar como o Académico desperdiça, esta equipa está condenada a sofrer até ao fim. E se, ao menos, o sofrimento valer a pena...

Jogo com resultado que me parece justo. Se, quando o Académico fez o 2-1, colocou-se em vantagem com toda a justiça, pelo que o Mafra fez daí para a frente, chegou ao empate também com justiça.

domingo, 28 março, 2010
Joao Monteiro disse...

Caro academista Carlos Silva, pelas contas que fiz quem se mantinha era o Boavista, e passo a explicar porquê. O Boavista tem 27 pontos em 23 jogos (face à desistência do Valdevez); o Académico tem 29 pontos mas tem 25 jogos. Ora assim sendo, temos de fazer o coeficiente entre o número de pontos e o número de jogos. E aí o Boavista está em vantagem, e descia o Académico.

domingo, 28 março, 2010
Anónimo disse...

Pergunta ao Amigo "CS": Se não subimos por falta de comparência do nosso académico, se temos os melhores jogadores, se estivessemos como deve ser em campo..., então só lhe falta dizer o que é obvio, é que o nosso Académico está muito mal orientado. E aí concordo em absoluto consigo. Não me leve a mal, mas sem este treinador, teriamos muito mais presença em campo, muito mais comparência e muitos mais pontos.Já conhecia o curriculo deste senhor em Nelas, e pelo que se consta fez lá coisas muito feias. Infelizmente temos de o aguentar até final do campeonato. Espero, no mínimo, que tenha dignidade, e não repita em Viseu, com o nosso Académico, o que fez em Nelas.

domingo, 28 março, 2010
Anónimo disse...

Em vez de passarem a vida a tecer críticas a treinador e jogadores deveriam era apoiar a equipa de quem nós gostamos, daqueles que verdadeiramente gostam do Académico. Quanto às opções tomadas no jogo só quem está por dentro é que sabe em que condições é que os jogadores estão. A substituição do Tomé para quem esteve minimamente atento viu que ele a partir de determinada altura já estava a coxear, fruto ou não de alguma pancada, a do Everson nitidamente por cansaço e ainda do Everson não acho que tenha feito um grande jogo, muito lento nas suas acções, sem capacidade para vir defender, vale-nos a disponibilidade do Calico, mas saõ opiniões. Mas isto não é assim tão relevante, o que é preciso é darmos as mãos e todos puxarmos pelo Académico porque quer seja uma equipa sem ou com qualidade, mal ou bem orientada o que é preciso é que todos juntos consigamos atingir os objectivos. Força Académico, eu acredito e vocês???

domingo, 28 março, 2010
Joao Monteiro disse...

Concordo com este ultimo anónimo. Todos para o mesmo lado, duma vez por todas. Eu também acredito! Força Académico! Juntos vamos conseguir!

domingo, 28 março, 2010
Anónimo disse...

O Treinador do Mafra só falou em arbitragem habilidosa, que foi um escândalo e só querem prejudicar o Mafra. Será verdade ou apenas areia para os olhos dos sócios do Mafra?

Abraços.
APOLI

segunda-feira, 29 março, 2010
Anónimo disse...

E que tal propor a direccao uma transferta de autocarro para a Serta e Esmoriz? O Academico precisa de todo o nosso apoio.
Abracos.

segunda-feira, 29 março, 2010
Anónimo disse...

ñao só do Académico, mas acredito q se deixarem de lado as criticas e lutasem todos pelo mesmo daría muito melhor resultado.
Parabéns!! foi um bom jogo.
Rui, lindo como sempre.
Força Académico voces conseguem...

segunda-feira, 29 março, 2010
Anónimo disse...

Joao Monteiro, não posso concordar, como os jogadores falham golos os treinadores também falham em questões tacticas, e o nosso treinador desta vez FALHOU!!! A ganharmos 2-1, tira o Tomé que está a segurar a bola para meter um trinco?? passados poucos minutos sofremos um golo, em que marco almeida é "papado" por um muito bom jogador, Zang, ai o treinador também falha na substituição, pois tira o Ruben defesa direito puro, para lá colocar marco Almeida que teve muitas dificuldades em parar aquele jogador.Depois ainda não estando contente tira o Everson e mete outro trinco, Alvaro, jogar com 3 trincos em casa?? Por amor de Deus... o Académico em casa é para ganhar, não para segurar resultados, teve medo.Aqui também se nota alguma debilidade do Académico, pois na altura em que é necessário colocar jogadores para o ataque o Académico não tem ninguêm no banco, quando digo ninguém é mesmo ninguém, e também sem ovos também não se fazem omoletes, mas o nosso treinador podia ter feito MUITO melhor.
Isto não tem haver se apoiamos o clube ou não, o Everson falhou golos que não pode falhar e não é por isso que não o vamos criticar.Falhou golos que não pode falhar.

Quanto ao árbitro, é uma falta de qualidade enorme, acredito que não tenha feito de prepósito, acredito mesmo, mas que tem um erro técnico enorme tem, Fraquinho Fraquinho Fraquinho... um jogador isolado, pára o jogo, beneficiando imenso o infractor, deixava a jogada acabar e depois expulsava o guarda-redes.Depois tivémos muito azar... o jonas com um pouco de mais calma era golo garantido.

Não está nada perdido, se jogarmos como jogámos este fim de semana, e como temos vindo a jogar.Há um comentador que disse atrás que ainda não vimos equipa melhor que o Académico e a verdade é essa.Temos que jogar estes ultimos jogos todos para ganhar, não para defender resultados, temos que aprender com os erros.

FORÇA ACADÉMICO!!

Sprees

segunda-feira, 29 março, 2010
Anónimo disse...

Anónimo disse...
E que tal propor a direccao uma transferta de autocarro para a Serta e Esmoriz? O Academico precisa de todo o nosso apoio.
Abracos.

MTO BOA IDEIA

segunda-feira, 29 março, 2010
Joao Monteiro disse...

Amigo Sprees, não percebi onde não concordavas comigo. Não disse que as opções do treinador foram ou não correctas, porque só ele saberia como estava o Tomé e o Éverson fisicamente. Também concordo que o Tomé não deveria ter saído, mas só o mister é que sabe como estava o jogador. A meu ver o treinador tentou segurar o resultado, tal como fez com o Arouca, simplesmente desta vez, sofremos um golo. Mas eu penso que ganhámos um ponto, mesmo assim. Eu acredito que é possível.
Força Guima, espero que recuperes da lesão, pois és imprescindível para as finais que faltam.

Essa dos autocarros para Sertã e Esmoriz era uma iniciativa importante, se bem que a Sertã é um pouco longe, mas pelo nosso Académico, vale tudo!

segunda-feira, 29 março, 2010
Anónimo disse...

Sim, a ideia dos autocarros também me parece muito boa. O Académico precisa mesmo de fazer 5 bons jogos para se manter na divisão. Não é, de todo, uma missão impossível mas é complicada... Daqui a duas jornadas recebemos o Tondela e como tal, é muito muito muito importante vencer o próximo jogo.
Vamos acreditar na Equipa e esperar que os jogadores tudo façam para conseguirem os 3 pontos nestas cinco últimas jornadas.
É fundamental conseguirmos a manutenção o mais cedo possível para que a próxima época possa ser planeada. Tenho pena de o Académico não ter estado bem esta época pois pareceu-me que esta época foi das mais acessíveis...

Vamos Académico! Conseguir a manutenção para atacar a subida na próxima época!

segunda-feira, 29 março, 2010
Anónimo disse...

Sugestão: Peçam à câmara de Viseu que empreste ou alugue um autocarro (se é que tem algum)... ou só servem para levar os velhotes até ao Preço Certo???? A gente depois faz uma tarja a agradecer o transporte ;)

segunda-feira, 29 março, 2010