quarta-feira, agosto 24, 2016

Gil Vicente FC 0-0 Ac.Viseu FC

Foto de Paulo Jorge Magalhães retirada daqui

Estádio Cidade de Barcelos, 24 de agosto de 2016
4ª Jornada da Ledman LigaPro
Árbitro: Ioan Vasilica (Vila Real)

Gil Vicente: Júlio Neiva, Pedro Lenos, Sandro, Luiz Eduardo, Ricardinho, Alphonse, Bruno Silva, Abou Toure (Arthur, 89), Paulinho, Brou (Goba, 65) e Ragelli (Vançan, 80). Treinador: Álvaro Magalhães.

Ac. Viseu: Rodolfo; Tomé, Bura, Bruno Miguel e Stephane; Capela, Pana e Bruno Loureiro; Carlos Eduardo (Yuri, 83), Luisinho (Tiago Borges, 72) e Zé Pedro (Zé Postiga, 85). Treinador: André David.

"O Gil Vicente e o Académico de Viseu 'anularam-se' no encontro da quarta jornada da 2ª Liga, disputado no Estádio Cidade de Barcelos, que acabou sem golos. 



Num espetáculo futebolístico muito pobre, apesar do empenho dos jogadores, a falta de eficácia dos donos da casa foi arrepiante. 




Os visitantes demonstraram boa organização defensiva, mas os locais desfrutaram de algumas boas ocasiões para marcar, em especial na primeira parte.





Ragelli, aos 4 e 13 minutos, e Brou aos 36 e 41, foram as mais flagrantes, valendo a solidez do guardião Rodolfo e dos seus companheiros do setor defensivo. 




Durante a primeira parte, o Académico de Viseu apenas por duas vezes criou situações de perigo junto à área gilista. Numa delas, a culpa foi de Júlio Neiva, numa saída extemporânea, valendo na circunstância a atenção de Sandro, que evitou o pior. Na segunda, quase nem incomodou Júlio Neiva.




Na segunda parte, a boa organização defensiva forasteira continuou e os barcelenses mantiveram a falta de ideias evidenciada nos primeiros 45 minutos, que, a juntar à arrepiante falta de eficácia, originou a igualdade sem golos.




É que já em período de compensação, Goba, com o guarda-redes fora da baliza, não acertou na bola, gorando-se assim a possibilidade da conquista dos três pontos para os anfitriões."



Crónica da Lusa retirada do site Record

Notas aos jogadores (atribuídas pelo Record e aceites por nós para a eleição de jogador do mês/jogador do ano): 3 - Rodolfo, Tomé, Bruno Miguel, Bura, Stephane, Capela, Pana, Bruno Loureiro, Luisinho, Zé Pedro e Carlos Eduardo; 2 - Tiago Borges, Zé Postiga; 1 - Yuri.

2 comentários:

Paulo Teixeira disse...

Quando não se pode ganhar não se perde, agora domingo é mesmo para ganhar não há volta a dar.

Paulo Teixeira sócio 433

quarta-feira, 24 agosto, 2016
Anónimo disse...

Bom resultado em mau jogo.

É urgente uma vitória como deve ser, para moralizar e dar confiança.
Vamos, Académico!
O início foi complicado e só houve falha grave no primeiro jogo, que era claramente para ganhar, o Vizela jamais poderia ganhar em Viseu.
Académico!

quarta-feira, 24 agosto, 2016