segunda-feira, fevereiro 08, 2016

Notícia de interesse academista

NOME COMPLETO
Ricardo José Moutinho Chéu
NOME
Ricardo Chéu
DATA DE NASCIMENTO
14/05/1981
NATURALIDADE
Vila Nova de Foz Côa
POSIÇÃO
Treinador
ESTREIA
Ac. Viseu 2-0 Marítimo B (12/01/2014)
ÚLTIMO JOGO
Oriental 1-1 Ac. Viseu (07/02/2016)
MAIOR VITÓRIA
Ac. Viseu 4-0 Oriental (04/04/2015)
MAIOR DERROTA
Portimonense 4-0 Ac. Viseu (27/04/2014)
JOGOS
82
VITÓRIAS
34
EMPATES
18
DERROTAS
30
GOLOS MARCADOS
95
GOLOS SOFRIDOS
92
ÉPOCAS
13/16


O Jornal do Centro (foto retirada do site deles) adianta que Ricardo Chéu já não é treinador do Académico de Viseu.

12 comentários:

Fernandes disse...

Sai tarde. A época está a ser mediana. Falta concentração competitiva. Durante os jogos tinha pouca intervenção, e tinha jogadores fetiche (Gradíssimo era um claro exemplo). Nunca confirmou a primeira boa experiência. Falava bem mas não tinha resultados e as exibições algumas eram paupérrimas. A equipa não evoluiu. Boa viagem

segunda-feira, 08 fevereiro, 2016
Paulo Teixeira disse...

A ser verdade despedimento completamente descabido, mas a direccao e que sabe.

Paulo Teixeira socio 433

segunda-feira, 08 fevereiro, 2016
Anónimo disse...

O Ricardo Cheu tinha prometido a subida e neste momento estamos muito longe dela e perto da descida! Isso é os factos! Eu gostava dele como treinador mas o que realmente conta é que estamos longe da subida. Só o futuro o dira se vai ser benéfico a saida dele do clube

segunda-feira, 08 fevereiro, 2016
Anónimo disse...

Inconsciência nesse sentido, um treinador como este, não haverá mais.
O presidente deve ser demitido, ele é o resposable. Ricardo Cheu é a vítima do grande presidente imcompétente, un grande amador.

segunda-feira, 08 fevereiro, 2016
Luis disse...

Obrigado por tudo mister! Desejo-lhe boa sorte no futuro! Quanto ao meu Académico de Viseu, espero que esta mudança seja para melhor e que possam haver mesmo bons resultados! Força Académico!! Venha quem vier que seja para fazer muito melhor!

segunda-feira, 08 fevereiro, 2016
Anónimo disse...

Dizer mal é fácil. Apare-cão nas assembleias e assumão responsabilidades. Uma coisa é certa já era demais sempre a perder pontos no final dos jogos.
AC.VISEU SEMPRE

segunda-feira, 08 fevereiro, 2016
Anónimo disse...

Mais do mesmo?
O Académico jamais aprende. Andar a navegar de treinador em treinador nunca deu grandes resultados e o Académico não consegue fazer uma época com o mesmo treinador e no fim pedir-lhe contas?
Agora vem mais um treinador de refugo, despedido de outro clube qualquer, porque os bons treinadores estão com clube, claro!
Depois é assim, se o novo treinador der mais um pouco de "fogo" e conseguir umas vitórias, passa a herói, para ser despedido no meio da próxima época por incompetência; se corre mal e atira com a equipa para a lama, é ele o culpado e sai daqui por meia dúzia de jornadas.
E assim vai o futebol no nosso burgo, sem resultados à vista e sem ninguém a tentar formar uma verdadeira e boa equipa para uma época ou duas, visando a subida consistente.
O senhor Albino, a quem o clube deve tudo o que é, pelo modo como o retirou da fossa e o trouxe até à 2ª Liga, deve fechar os ouvidos às aves agoirentas que voam à sua volta.
Mas, apesar de tudo, ACADÉMICO SEMPRE! Domingo no Fontelo vamos estar todos a gritar ACADÉMICO, esteja quem estiver no banco, esteja quem estiver no relvado!
TODOS AO FONTELO!

segunda-feira, 08 fevereiro, 2016
Anónimo disse...

Desejo muitas felicidades ao Ricardo cheu.
Ao presidente albino felicito o pela coragem que teve hoje e que sempre teve ao longo destes anos .
Aos sócios faço o apelo para que apoiem quem colocou o clube onde esta porque na verdade estamos na segunda liga e não foi o mister Ricardo cheu que cá o colocou
Força academico

segunda-feira, 08 fevereiro, 2016
Tomás disse...

A confirmar-se, parece uma decisão algo precipitada, com as informações disponíveis. Tem havido algumas opções técnico-tácticas claramente discutíveis, a equipa treme com frequência nos momentos decisivos [muitos pontos perdidos nos minutos finais], revelando permeabilidade, mas também é verdade que o plantel, pelo menos até ao final de janeiro, era muito limitado do ponto de vista ofensivo.
Agora, se é permitido sugerir alguém para o lugar, veria com bons olhos o Filó, ex-técnico do Freamunde.

segunda-feira, 08 fevereiro, 2016
Paulo Costa disse...

Ricardo Chéu devia ter saido no final do ano...,não tem estaleca de treinador, revela alguma inocência e falta de coragem, deixou-se apanhar pelos podres e pelos interesses que rodeiam o futebol.
Alem disso cultivou muitas inimizades desnecessárias vendo fantasmas onde não existem.
Tem muito que crescer ainda, decisão acertada, só peca por tardia...
O académico tem plantel para muito mais!

terça-feira, 09 fevereiro, 2016
--FD disse...

O Jornal do Centro fala no interesse do Académico em contratar João Eusébio http://www.jornaldocentro.pt/joao-eusebio-apontado-ao-academico-de-viseu/

terça-feira, 09 fevereiro, 2016
Anónimo disse...

A humildade é a única base sólida de todas as virtudes. Não corrigir nossas faltas é o mesmo que cometer novos erros.
A falta de humildade é a arrogância de algumas pessoas torna a convivência mais difícil e o afastamento inevitável...
Boa sorte para o treinador Ricardo cheu, mas cá ele já não faz mais nada!
Num futuro próximo ele que nunca se esqueça que ser HUMILDE e uma virtude para a vitória.!!!!!!

terça-feira, 09 fevereiro, 2016