quarta-feira, maio 21, 2014

Notícia de interesse academista

NOME COMPLETO
Domingos Alexandre Martins da Costa
NOME
Alex Costa
DATA DE NASCIMENTO
06/09/1979
NATURALIDADE
Guimarães
POSIÇÃO
Treinador
ÉPOCAS
14/15
 

Recorte do jornal Record de 21 de maio de 2014

4 comentários:

562 disse...

Boa noite.

Esta notícia não me entusiamou muito. Contava que viesse alguém com outro tipo de currículo. Mas também não me deitou abaixo. Já vimos este filme, com o Chéu. Pessoalmente, acho que se deve apostar em treinadores jovens e com outra mentalidade. O Chéu provou que são boas apostas e o Alex vai provar, também.

Mas li alguns comentários que me deixaram de cabeça à roda. Devo dizer que foram comentários tirados a papel-químico dos que foram feitos quando entrou o Chéu... Ora é o CV, ora é o nível, ora há-de ser sempre qualquer coisa. Queria, portanto, esclarecer o seguinte: Os cursos de treinador são um grande negócio que a FPF faz porque são pagos a peso de ouro. E eu pergunto: o que é que um indivíduo que jogou futebol durante 20 anos, tendo trabalhado com bons treinadores, vai aprender no curso de treinadores? O Alex não jogou nos amadores... Até foi internacional.. Infelizmente vai ter de arranjar o diploma de um curso em que um dos formadores é, por exemplo, o Carlos Azenha, esse monstro do futebol... E mais uma curiosidade acerca dos curso: lembram-se de um curso da UEFA, que foi ministrado em Viseu, no ano passado? Sabem quem foi o que teve melhor nota? Filipe Moreira! è verdade...
Agora quanto à situação do Chéu, que também não tem nível para a 2ª liga... Não há muitos anos, qualquer estudante que acabasse o curso superior de Ed. Física, ficava com habilitações de 3º nivel de treinador de futebol. O chéu é licenciado em EF. Há uns anos dava e agora não? Pois claro que não. A FPF tem de se financiar de alguma forma.

Portanto, esqueçam os níveis e os CV e essas coisas todas. Veio para Viseu, é para subir! E todos somos importantes...

Viva o Académico de Viseu!

Alex: Boa sorte!

quarta-feira, 21 maio, 2014
A MAGIA DO FUTEBOL disse...

562:

Um dia destes falou, num post do qual não nos recordamos, de um Martinez que foi jogador do CAF e que entretanto faleceu.

http://a-magia-do-futebol.blogspot.pt/2013/04/recordar-martinez.html

Já foi recordado como pode ver no link em cima. A pergunta é a seguinte: Consegue nos fornecer o nome completo do Martinez, a data de nascimento e naturalidade?

quarta-feira, 21 maio, 2014
Anónimo disse...

Gostei da forma calma e ponderada com que Alex se apresentou no Académico.
Falou de forma serena, com muito sentido de responsabilidade, com muito respeito pelo Académico, com muita segurança sobre a vontade de fazer bem e trabalhar bem.
Não prometeu Céu e Lua, mas sim trabalho e bom futebol.

Compete-nos a nós, Sócios e Adeptos ajudar Alex e os seus (nossos) jogadores bem como APOIAR a Direção do nosso Clube na escolha que fez e nas decisões que vier a tomar a seguir relativas a continuidade de jogadores e novas contratações.

No futebol não há milagreiros e tudo resulta de trabalho, muito trabalho e porque não dizê-lo de (alguma) sorte. MAs se todos apontarmos no mesmo sentido, Direção, Treinador e restante staff, Jogadores, Sócios e Adeptos certamente ficaremos mais perto de conseguir bons resultados e em todos os jogos podermos discutir o jogo e a vitória, e isto, desde o !º JOGO, algo que faltou na época finda.
Começar bem, é meio caminho ou mais para acabar bem.

Nunca esquecer a máxima de que cada um deve fazer o seu trabalho e respeitar o trabalho dos outros.

Treinador treina e escolhe a equipa, Sócios e Adeptos apoiam a equipa sempre, nos bons e nos maus momentos, por isso são ADEPTOS do Académico e não do Clube adversário!

No Fontelo, os probelmas só podem vir de um sítio, da equipa adversária, tudo o resto tem de estar em sintonia com a equipa, pois só assim se consegue ganhar e chegar longe nos objetivos com que todos sonhamos, não há outra forma.

Veja-se o exemplo do Atélico de Madrid, caiu por várias vezes, levantou-se sempre e sagrou-se Campeão de Espanha, quando já poucos acreditavam.



Força Alex!

Nós Somos diferentes, Nós SOMOS o Académico!

Carlos Silva

quarta-feira, 21 maio, 2014
Paulo Teixeira disse...

Com canudo ou sem canudo acredito que vai fazer bom trabalho, o essencial neste momento é renovar com a maior parte da equipa!
Força Presidente.

Paulo Teixeira sócio 752.

quinta-feira, 22 maio, 2014