domingo, maio 07, 2017

Ac. Viseu FC 1-2 CF União

Estádio do Fontelo, 7 de maio de 2017
40ª Jornada da Ledman LigaPro
Árbitro: Carlos Xistra (Castelo Branco)

Ac. Viseu: Rodolfo; Carlos Eduardo, Bura, Bruno Miguel e Stéphane (Joel, 67); Capela, Paná e Rui Miguel (Bruno Loureiro, int); Luisinho (Moses, 67), Tiago Borges e Sandro Lima. Treinador: Francisco Chaló.

U. Madeira: Tony; Thiago Enes, Allef, Tiago Ferreira (c) e Rúben Lima; Sérgio Marakis, Caminata (Luís Tinoco, 75), Mica e Nuno Viveiros (Jaime, 79); Cédric (R. Henriques, 74) e Flávio Silva. Treinador: Jorge Casquilha.

Golos: Flávio Silva 32 (0-1), Bura 40 (1-1), Allef 90+6 (1-2)
Foto retirada do site do Académico

Se me permitem hoje não vou fazer a habitual crónica, mas sim uma reflexão.

Estamos na fase decisiva da prova, qualquer golo, qualquer ponto, pode ser decisivo. 

É nestas alturas que começam os jogos de bastidores, os rumores, as pressões, etc.


O nosso Académico recebeu o União da Madeira, e até fez tudo para ganhar, jogou bem, empolgou os adeptos, disso a equipa não se pode queixar, houve palmas hoje no Fontelo durante largos períodos de jogo. 

Mas o futebol de hoje não é igual ao do passado, aquele futebol bonito de meninos de rua acabou, é um futebol feio, estratégico, feito de muita concentração.

Foi aí que mais uma vez o Académico falhou, na concentração.

Falhou como sempre nas bolas paradas, cada vez que há canto ou bolas paradas a favor do adversário, o Fontelo sufoca!

Naquele momento em que apenas tem de se chutar para a baliza impera o desespero, vai daí chuta-se por cima da baliza.

Hoje ambiente fantástico no Fontelo, sintonia equipa e publico, os resultados adversários a correr de feição, faltava o nosso golo.

6 minutos de compensação, o "favorito" Famalicão, perde na Póvoa, o Cova da Piedade, marca aos 95m, o Leixoes a perder em casa.

Falta sobre um adversário, cruzamento para a área, golo, mais 1 de bola parada. 

Debandada geral, banho de água fria.

Os jogos decidem-se na concentração, na inteligência, na raça.



O Académico deste modo desce à 16ª posição mas mantém os 4 pontos de avanço sobre a linha de play off, sendo certo que não descerá diretamente.
Na próxima jornada, na deslocação a Famalicão, um empate garante a manutenção. A derrota deixa uma certeza tudo será resolvido na última jornada, em casa, frente ao Cova da Piedade.

Domingo há mais, que o azar de hoje nos proteja em Famalicão.

João Nunes

4 comentários:

Unknown disse...

Este jogo passou, esta 2ª Liga é assim, esta equipa do União é fortíssima e a dada altura o jogo podia cair para qualquer lado, queríamos que fosse para o nosso lado, não foi, é assim o futebol, é assim esta 2ª Liga, que dirão os adeptos do Leixões com o Estádio cheio 5724 (86.57%), quase 6 mil pessoas, estavam a ganhar já na 2ª parte e perdem o jogo, é assim o futebol, é assim esta 2ª Liga, e os verdadeiros Academistas vão marcar presença no próximo jogo no APOIO à equipa, onde com a qualidade dos nossos jogadores, a atitude desde o 1º minuto com um só pensamento, ganhar o jogo e obter os 3 pontos, não pode haver outro tipo de raciocínio, respeitar e muito o adversário, mas chegar ao campo e ao jogo com a predisposição de tudo fazer para tentar ganhar, e resolver de vez o objetivo da época.
REpito, os verdadeiros Academistas estão com a Equipa e percebem a dificuldade da permanência nesta 2ª Liga, onde Farense não resistiu, Leixões está com sérias dificuldades e são CLubes com um história e uma dimensão de respeito no Futebol Português, tal como nós Académico.
Esqueçam as contas, esqueçam o que podia ou não podia ter acontecido, o que interessa é o próximo jogo, e só esse como se fosse o último da´época, isso é o que conta.
E, é sempre bom lembrar que Francisco Chaló pegou no Académico numa situação, essa sim, de dificuldade extrema, e, hoje, após um resultado mau, e uma exibição nada boa, saímos vivos e numa situação que pode ficar já resolvida no próximo domingo, com uma vitória, e isso é mérito de Francisco Chaló, é bom que todos os Adeptos respeitem isso.

Sempre Académico!

Carlos Silva

domingo, 07 maio, 2017
Paulo Teixeira disse...

8 derrotas em casa! acho que é record negativo para o Académico, é triste o que aconteceu hoje podiamos ter arrumado a questão face aos resultados que iam caindo, tivemos uma oportunidade de ouro para nos livrar-mos das contas da descida agora temos aí um escaldante Famalicão-Academico domingo onde um empate deixa-nos livre de descida mas uma vitória do Fama deixa-nos a ter de ganhar o ultimo jogo frente ao Cova no Fontelo, porque o Fama se nos ganhar tambem ganha o ultimo frente ao «amigo» gil...
Só espero que o Cova ganhe o próximo jogo frente ao Aves pois se vierem a Viseu com a sua situação por resolver temo o pior, primeiro com a «maldição» do Fontelo e segundo os «chineses» da margem sul vão entrar em cena!
O melhor é mesmo pontuar em Famalicão.

Paulo Teixeira

domingo, 07 maio, 2017
--FD disse...

O jogo de ontem pareceu em muita coisa decalcado do desafio contra o Penafiel. O mesmo resultado, a mesma marcha do marcador, a altura do jogo em que o adversário marcou o segundo golo e também a nossa dificuldade em defender bolas paradas.

Ontem também aconteceram coisas positivas: o ambiente no estádio e os resultados dos nossos adversários directos.

As contas para a próxima jornada são elementares, temos de ir a Famalicão com muita vontade, garra, concentração (principalmente isso) e tudo fazer para conseguirmos pontuar. Se assim for, fazemos a festa.

Força Académico!
EU ACREDITO!

segunda-feira, 08 maio, 2017
José Ferreira disse...

Desperdiçamos uma vida, temos mais duas. Se essas duas não chegarem ainda nos dão mais dois créditos.
Não há desculpas, temos que ser competentes!

segunda-feira, 08 maio, 2017