domingo, março 20, 2016

Ac. Viseu FC 2-1 Vitória SC B



O Académico disputou hoje, aquele que era um jogo importantíssimo para o futuro imediato do clube.

Estádio do Fontelo, 20 de março de 2016
37ª Jornada da Ledman LigaPro
Árbitro: Daniel Cardoso (Aveiro)

Ac. Viseu: Ricardo Janota; Tomé, Mathaus, Bura e Ricardo Ferreira; Romeu Ribeiro (Yuri, 68), Capela e Clayton; Moses (Carlos Eduardo, int), Tiago Borges (Steve Ekedi, 77) e Zé Pedro. Treinador: Jorge Casquilha.

Guimarães B: Miguel Oliveira, Luís Rocha, João Afonso, Dénis Duarte, João Pedro, Bruno Alves, Sacko, Montoya (Castro, 68), Vigário (João Correia, 81), Tyler Boyd (Raphinha, 72) e Bruno Mendes. Treinador: Vítor Campelos.

Expulsões: João Pedro 66, João Correia 90+3


Golos: Montoya 24 (0-1), Mathaus 61 (1-1), Steve Ekedi 80 (2-1)

A equipa entrou ansiosa no jogo, e encontrou do outro lado do campo, uma equipa vitoriana, recheada de excelentes valores, com destaque para Montoya e João Afonso.

A equipa de Viseu não conseguia construir lances de ataque, muito por culpa da ansiedade dos seus jogadores, que queriam fazer rápido e bem, mas sempre sem sucesso.

O último passe teimava em sair sempre mal.

Aos 24m de jogo, cruzamento para a área academista, Mathaus alivia de cabeça, com a bola a cair caprichosamente nos pés de Montoya, que dispara de primeira sem hipóteses para Janota.

Montoya mostrou qualidade acima da média na execução perfeita deste lance.

A equipa academista já se apresentava ansiosa, a partir do momento em que ficou em desvantagem ainda foi mais notória a falta de discernimento.

Antes do intervalo, o Académico viu o Sr. Daniel Cardoso, perdoar ao Guimarães um penalti, descarado, por atropelamento de um adversário a Moses dentro da área.

Ao intervalo Casquilha deixa no balneário Moses, talvez devido a problemas físicos originados pelo lance da grande penalidade não assinalada, e lança no jogo Carlos Eduardo.

A segunda parte foi das mais emocionantes e bem jogadas que se viram nos últimos tempos no Fontelo.

Capela, finalmente, e que saudades tínhamos, pegou na “batuta”, e pautou o meio campo academista, jogando e fazendo jogar.

O Académico começa a flanquear o seu jogo pelo lado direito, com destaque para Tomé e Tiago Borges, e algumas vezes pelo lado esquerdo, onde Ricardo Ferreira, esteve irrepreensível a defender, e muito bem a ajudar Carlos Eduardo.

Aos 60m de jogo, canto da esquerda do ataque academista, e Mathaus a redimir-se do lance que deu origem ao golo forasteiro, e a cabecear para o fundo da baliza.

Estava feito o empate, e o “vulcão”, do Fontelo a acordar!

Aos 66m, João Pedro, trava um lance de contra ataque Academista e vê o segundo amarelo e consequente expulsão.

Casquilha em superioridade numérica, queria ganhar, e aos 68m lança Yuri para o lugar de Romeu Ribeiro.

O Académico dominava, atacava bem, e Zé Pedro, que subiu muito de rendimento na segunda parte, por pouco não marca.

Quase em cima do minuto 80, Casquilha, coloca “ a carne toda no assador”, e lança Ekedi para o lugar do esgotado Tiago Borges.

Ekedi precisou apenas de 2m para que visse Yuri a fazer um excelente cruzamento do lado esquerdo, e a encostar a bola para o fundo das redes.

Cambalhota no marcador, alegria e ansiedade no Fontelo, pelo apito final.

O Guimarães, mesmo com 10, encostou o Académico cá trás e foi preciso manter o “sangue frio” para manter a preciosa vantagem.

Em cima do fim do jogo, João Correia, tem uma conduta antidesportiva, agride Yuri, e não ficando contente, ainda se atira contra o banco academista, levando o árbitro a mostra-lhe o vermelho direto, e consequência do seu ato, expulsão do massagista academista, que não percebeu o porque da decisão.

Excelente vitória.


Destaque para a bancada superior, que esteve muito mais composta que o habitual face à decisão da direcção de abrir as portas ao público.  

João Nunes

18 comentários:

Paulo Teixeira disse...

Meu Deus que sofrimento, mas foi compensado com aquele golo do Ekedi, que belo som aquele do segundo golo do Académico na Estação Diária, parece que aconteceu um sismo no local onde eu estava!
Obrigado Académico por este domingo, mas isto ainda não acabou!

Paulo Teixeira sócio 433

domingo, 20 março, 2016
Anónimo disse...

Bom resultado, boa exibição.
Mas mais uma vez fomos prejudicados pela arbitragem, que nos roubou um pemalty sem espinhas na primeira parte.
As expulsões dos vimaranenses foram mais que justas, era o cúmulo se o árbitro não fizesse o que fez.
Grande resultado, com uma virada, a dar lastro para sábado, no Estádio do Mar, onde no passado havia grandes jogos e onde assisti a vários.
Sábado será mais um e este é mesmo para vencer! O Académico não pertence a este campeonato da descida e só por andar a dar tiros no próprio pé por lá anda.
Sábado, uma boa proposta para um passeio belíssimo, com peixinho fresco na marginal e depois, toca a rumar ao estádio para gritarmos ACADÉMICO! À vinda, queremos parar em Aveiro para uns ovos moles e jantar leitão cá mais em baixo, na Bairrada, com os 3 pontos no bolso e um brinde ao nosso ACADÉMICO!

domingo, 20 março, 2016
Anónimo disse...

Vamos todos em frente, mas vamos mesmo, com chuva, sol, entradas gratuitas, entradas pagas, APOIAR o nosso ACADÉMICO! O Académico é nosso, nós somos o Académico, nós temos a obrigação de estar nesta altura crucial para o futuro imediato do nosso Clube!
Todos temos de assumir as nossas responsabilidades e todos temos de tudo fazer para conseguirmos o mais rapidamente possível as 4 vitórias, se possível, já, nos próximos 4 jogos, se todos olharmos dessa forma, então sim, o Académico pode respirar com outro alívio, pois, nestas alturas, é que se veem os verdadeiros Academistas, e repito, todos somos poucos, JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!
Hoje, na 2ª parte, estou em crer que o apoio da bancada, hoje, já com um número razoável de pessoas, mas ainda assim, bem aquém daquilo que temos de conseguir, mas como dizia esse apoio foi determinante para a vitória alcançada. No último jogo contra a Olhanense, faltou essa alma vinda da bancada para da rum safanão num jogo, onde o adversário nãqo uis jogar, ao contrário do Vi´toria B que jogou sempre em busca da vitória, não se remeteu a uma defesa cerrada em busca de um empate, não o fez!
Esta equipa do vitoria foi um adversário muito reforçado com alguns jogadores do Vitória A, nomeadamente e o central, que fez um jogo, em especial, na 1ª parte sem dar quaisquer hipóteses aso nosso homens da frente.
Na 2ª parte o Académico entrou muito bem, com um pingo de sorte faz o empate logo aos 20 segundos, e ainda na 1ª parte, o árbitro tem, tem mesmo de marcar aquele penalti do tamanho do mundo, a nosso favor, sobre Moses!

No final daquela 1ª parte, foi preciso Jorge Casquilha ter feito um trabalho notável na motivação de toda a equipa, e com a ajuda do público, conseguimos aquilo que já não acontecia, há muito, muito tempo, ganhar depois de estar a perder ao intervalo.



VAMOS APOIAR o Académico!

Sê Sócio e Traz um amigo, No Fontelo cabem todos! TOdos Somos Precisos, o Académico conta contigo!

Carlos Silva

domingo, 20 março, 2016
Anónimo disse...

A estreia ideal para o novo treinador: mais moral que isto é impossível.

No Sábado queremos os 3 pontos. Para isso precisamos do Académico da 2ª parte: focado apenas em ganhar. Que diferença da 1ª para a 2ª. Na 1ª, a jogar sem objectivos. Na 2ª, já só atacar interessava. E que diferença quando se joga para ganhar, para com, quando se joga para ver o que o jogo dá.

É nisso que nos temos de focar: ganhar, jogar para ganhar e não para o pontinho.

Nesse aspecto gostei da atitude do treinador na 2ª parte: a fazer substituições atacantes e ele próprio, no banco, a gesticular e a puxar a equipa para a frente.

Viu-se também que os jogadores, pela forma como no final cairam no relvado, queriam muito esta vitória.

Por fim, uma palavra de apreço para a claque, que quando o clube precisa, marca sempre presença.

É hora de todos puxarmos para a frente esta equipa. Sábado até os derretemos. Vamos á vitória.

Miguel.

domingo, 20 março, 2016
José Ferreira disse...

Vencer um jogo depois de estarmos a perder ao intervalo não aconteceu assim há muito tempo. Foi no terreno do Aves a 6 de dezembro de 2015.
Já no Fontelo a última vez que isso aconteceu foi há pouco mais de um ano em 11/3/2015 - Ac. Viseu 2-1 Leixões

domingo, 20 março, 2016
carlos pais disse...

Hoje só vêem cá comentar os verdadeiros academistas... És muito grande ACADÉMICO

domingo, 20 março, 2016
Anónimo disse...

José Ferreira, um ano depois, de facto, nem eu pensava que tinha sido tanto tempo.
Nas Aves foi um jogo daqueles que fica na memória, mas aí, a sorte também esteve do nosso lado, pois a perder e a jogar com 10 fora de casa, foi já mesmo no fim que marcámos os 2 golos, vitória muito moralizadora, tal como a de hoje!

Vamos APOIAR, vamos estar junto da equipa!

Carlos Silva

domingo, 20 março, 2016
--FD disse...

Bravo Académico!

Foi uma segunda parte de grande nível que já não se via há muito tempo. Agora é hora de recarregar baterias e preparar os próximos jogos.

O meu agradecimento para a claque, têm dado um bom contributo e é de saudar que os tenham deixado entrar com as tarjas e bandeiras. Quando apoiam de uma forma ordeira dão uma ajuda enorme à equipa e hoje foram muito importantes para o Académico galvanizar rumo à vitória.

Força Académico!

domingo, 20 março, 2016
Anónimo disse...

No próximo sábado vai ser um jogo importantíssimo! primeiro porque é contra um dos nossos opositores directos, o Leixões, que agora está atrás de nós e aí queremos que fique; segundo, porque a seguir vamos ao Porto B, uma equipa que de vez em quando distribui uns bónus aos amigalhaços, o que não deve ser o nosso caso. Eles jogam bem, são a melhor equipa e o Académico vai sofrer de certeza, por isso é importante ganharmos ao leixões, para irmos mais calmos e sem a pressão da linha de água.
Hoje fomos soberbos! Jogadores,técnicos e público, com destaque para a claque que marcou presença e fez a diferença!
O Académico da 2ª parte é o que queremos mais vezes.
mais um penalty que ficou por marcar a nosso favor e que podia ter deitado tudo a perder. Como é que um árbitro não vê aquela atropelo? Para mim, ele viu muito bem, mas não quis marcar! Se fosse ao contrário...
Mas hoje o Académico foi grande, GRANDE!
Académico!

domingo, 20 março, 2016
Anónimo disse...

Obrigado Bruno Ribeiro por teres deixado o Académico!!!

segunda-feira, 21 março, 2016
Viriatus disse...

Parabéns Equipa.....

Excelente segundo parte...com muita vontade...muita raça...

Força para Matosinhos....

A palavra para a claque ...muito bem!

segunda-feira, 21 março, 2016
marco disse...

Grande académico, grande vitória, grande treinador, grandes jogadores e grandes adeptos viseense....Até saltei no Canadá por conta desta reviravolta...

Também temos o direito de ser felizes mas rectas finais. Mais alma, muita alma é o que precisamos...

Gritem por mim também

Académico académico académico

Abracos de Toronto

segunda-feira, 21 março, 2016
Paixão disse...

Caros ACADEMISTAS,

Foi com enorme sofrimento que acompanhei, como sempre, e longe do nosso VISEU, a mais uma etapa da nossa caminhada RUMO À MANUTENÇÃO!!!
É pena dizer isto, porque até temos um plantel acima da média da maioria das equipas da II Liga, mas devido a erros técnicos e de arbitragens que nos têm empurrado para o lugar que ocupamos, estamos neste momento a lutar contra TUDO e contra TODOS!!!!
Mas enganem-se aqueles que nos querem prejudicar, que o NOSSO ACADÉMICO VAI PERMANECER NA II LIGA!
Ontem, gostei particularmente da atitude do nosso TREINADOR, que teve a CORAGEM de jogar com 2 PONTAS DE LANÇA que à muito já não viamos!
E digo aqui o seguinte, pelo menos em nossa CASA, temos de jogar SEMPRE assim, SEM MEDO, COM CORAGEM, COM ATITUDE ... AO ATAQUE!!! Claro que fora também temos de ter a mesma ATITUDE, mas com outra MATREIRICE!
Ontem, foi reviver momentos antigos de GLÓRIA que este NOSSO ACADÉMICO MERECE! FORÇA ACADÉMICO!! FORÇA VISEU!!

Alexandre Paixão

segunda-feira, 21 março, 2016
José Ferreira disse...

Porque é que diz que temos um plantel acima da média da maioria? Para perceber o seu ponto de vista.

segunda-feira, 21 março, 2016
Anónimo disse...

Com Esta Atitude e Querer ate Final da Epoca 2015-16 Desportiva ,Chegaremos aonde Queremos. ( Ao nosso objectivo Final = Manutenção ). Unidos e Deixar tudo em Campo jogo apos jogo .......esse sera o nosso Lema. ( Ah..Pros Adeptos ,uma Palavra Somente .... Fantásticos ).
Força Academico!

segunda-feira, 21 março, 2016
Anónimo disse...

Meu caro amigo Paixão,
Pensei que já tivesse visto que o problema não é a equipa técnica nem os jogadores....
Ha muito tempo que o problema tem sido a equipa de arbitragens!
O nosso Academico teve muito bem, queremos sempre assim até ao fim da época!
Força Ac Viseu, juntos somos mais fortes.

segunda-feira, 21 março, 2016
Paixão disse...

Boa noite ACADEMISTAS,

Em primeiro lugar, refiro que a nossa EQUIPA tem um valor acima da média da maioria das equipas da II Liga, isto porque, temos bons jogadores tecnicamente, e em número suficiente para lutar de igual com a maioria das outras equipas!
Em segundo lugar, para si "ANÓNIMO", não sei se leu o meu comentário, mas onde me refiro, e com destaque, que um dos factores preponderantes para o lugar que ocupamos esta época, têm sido as arbitragens vergonhosas contra o nosso ACADÉMICO!

FORÇA ACADÉMICO!!!!

segunda-feira, 21 março, 2016
José Ferreira disse...

A culpa não é dos jogadores, a culpa não é dos dirigentes, a culpa não é dos treinadores, a culpa é sempre dos árbitros.
Na minha opinião nunca iremos a lado nenhum com esse tipo de pensamento. Sim a culpa é dos jogadores, é dos dirigentes, é dos treinadores e também nossa, dos adeptos.
As más arbitragens irão ocorrer sempre. Contra isso tem que se lutar com GARRA, DETERMINAÇÃO, ATITUDE. Tudo isso que o Académico mostrou contra o Vitória. E assim fica mais fácil, muito mais fácil…

terça-feira, 22 março, 2016