sábado, junho 03, 2017

Merelinense FC 0-1 Ac. Viseu FC

Estádio João Soares Vieira, 3 de junho de 2017
2ª Mão do Play off de manutenção/subida à Ledman LigaPro
Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal)

Merelinense: Rui Rego, Cara, Luiz Alberto, João Faria e Miguel Fernandes; Gustavo (Diogo Torres, 81), Joni (Telmo, 69) e Crespo; Vasco Braga, Tijane (Bié, 58) e Tanela. Treinador: Micael Sequeira.

Ac. Viseu: Ivo Gonçalves; Tomé (c), Bura, Bruno Miguel e Stéphane; Capela (João Martins, 90), Bruno Loureiro, Paná e Tiago Borges (Rui Miguel, 86); Zé Paulo (Luisinho, 71) e Sandro Lima. Treinador: Francisco Chaló.

Golo: Bura 78 (0-1)

O Académico de Viseu garantiu, mais uma vez, a continuidade na 2ª liga, ao vencer o derradeiro jogo, a formação do Merelinense por 0-1. 
Numa reta final dificílima, os atletas foram uns autênticos viriatos nesta final, mostrando-se superiores em toda a partida. Os adeptos também foram uns heróis, marcando presença em grande número, contribuindo, desta forma, para a vitória - sem espinhas - da equipa academista.


O jogo teve praticamente sentido único. Foram tantas as oportunidades desperdiçadas que, peca por escasso a vitória do Académico, apenas obtida por um golo de diferença. No primeiro tempo, a oportunidade mais flagrante foi a de Zé Paulo que, isolado frente a Rui Rego, desperdiçou ocasião flagrante.
O Merelinense, a espaços, também teve uma ou outra ocasião, mas Ivo e também os defensores academistas, mostraram muita concentração na hora de defender. Diga-se, aliás, que toda a equipa do Académico de Viseu mostrou um equilíbrio emocional elevado, tal como era exigível para esta final. Mostrou-se muito personalizada e não deu grandes veleidades aos adversários.

No segundo tempo, registo para as ocasiões de Tiago Borges e Sandro Lima que por pouco não fizeram o primeiro da tarde. Bruno Loureiro teve ainda uma bomba que embateu no poste da baliza do guardião de Merelim. O golo surgiria finalmente, aos 78 minutos, num livre direto superiormente apontado por Bura (quem mais poderia ser?), festejado efusivamente pelo próprio Bura, mas também pelas centenas de adeptos viseenses e academistas presentes em Braga.
Um resultado justo, que peca apenas por escasso, mas que premeia o conjunto academista por todo o esforço e equilíbrio apresentados. Destaque para João Martins que esteve lesionado grande parte da temporada, acabou também ele por se estrear nesta partida.



Numa época que não começou da melhor forma, felizmente para toda a família academista, terminou bem. O nosso bem-haja a todos os atletas, equipa técnica pelo brioso trabalho (os números falam por si), direção e adeptos, por toda a dedicação. Para o ano há mais, e nós, cá estaremos, porque na distrital ou na liga dos campeões, o Académico representa para nós, a Magia do Futebol.

Saudações academistas, até breve.


3 comentários:

Paulo Teixeira disse...

Acabou o nosso sofrimento e que sofrimento, acabou e acabou da melhor maneira, apesar de termos controlado o jogo um golo do Merelim podia dar uma dor de cabeça enorme e com a sorte que tivemos esta epoca tudo podia acontecer, felizmente que a tarde de sabado foi mesmo nossa chegamos ao golo numa altura em que demos o golpe de mesericordia numa equipa que não é fácil, muito melhor que Fafe, Vizela, Famlicão, Gil, Cova só para citar alguns, uma equipa que chega ao Play-off da mesma maneira do Académico, só cairam aqui por erros crassos cometidos ao longo da epoca, e o Académico só os ultrapassou porque fez dois jogos muito conseguidos e porque agora tem um gr muito seguro e muito dificil de bater, bravo Ivo voltaste em grande á baliza sagrada!
Agora é olhar para o futuro e POR FAVOR sr. Presidente não cometa os erros do passado, numa semana ficou demonstrado que a nivel de contratações ás vezes basta ver o que a equipa necessita para dotarmos um plantel com muito mais qualidade, foi o que se passou com a contratação do Ivo, um gr de outro nivel que veio dar a solidez defensiva que o Académico precisava.
Para mim o mister Chaló é para continuar sem duvidas um treinador muito competente que fez um grande trabalho com um plantel que tinha alguma qualidade mas que tinha muitas lacunas que se vieram a dar conta ao longo da epoca, por isso sr. presidente não precisamos de Alex´s ou de André David´s quando temos Francisco Chaló!
GRANDE ACADÉMICO, muito obrigado pela alegria de sabado á tarde, o golo de Bura foi como um terramoto em minha casa, foram muitas tristezas e frustações acumuladas ultimamente que dispararam pela minha boca fora aquando do golo que devem ter posto o nivel de decibeis bem lá no alto!

Paulo Teixeira

domingo, 04 junho, 2017
--FD disse...

Obrigado aos jogadores, técnicos, direcção e restante estrutura pela manutenção que embora muito sofrida foi inteiramente justa.

Gostaria que a direcção e o mister chegassem a acordo para a sua continuidade pois fez um trabalho muito bom (basta olhar para os números) e gostava também que a próxima época fosse preparada com cuidado para evitar calafrios.

Acho que devemos sempre fazer um esforço para retirar alguma coisa positiva dos maus momentos e se é verdade que tivemos de fazer dois jogos extra, com tudo de mau que isso acarreta, também serviu para mostrar que ainda há adeptos que gostam muito do Académico e que disseram presente neste momento crítico. É óbvio que a direcção fez um grande esforço e abdicou da receita mas acredito que temos potencial para canalizar mais adeptos.

Muito se tem falado do preço dos bilhetes, que o Académico na próxima época devia ter bilhetes mais baratos, mas a verdade é que julgo que o Clube não tem muita margem de manobra nesse aspecto. Julgo que é a Liga que fixa o preço de bilhetes mediante a categoria do estádio. Acho no entanto que podemos melhorar nesse aspecto e para além de fazermos acções para promovermos o nosso Clube - tal como foi feito em determinado momento da época - podemos também pensar em criar packs para famílias ou estudantes. Uma coisa é certa, continuo a achar que o Académico tem potencial para crescer mas a cidade/região tem de se unir porque o Clube precisa do apoio de todos.

Viva o Académico!

segunda-feira, 05 junho, 2017
stevens disse...

Agradecer? Deus meu. Direcção meditem e saiam. Festeves

segunda-feira, 05 junho, 2017