sexta-feira, junho 23, 2017

Adversários do passado: Caldas SC

Nome: Caldas Sport Clube
Data de Fundação: 15 de maio de 1916
Localidade: Caldas da Rainha
Associação: Leiria
Estádio: Campo da Mata
Equipamento: Camisola preta, calções brancos, meias pretas e brancas

Resumo histórico (retirado do site oficial do clube)

Subiu à III Divisão Nacional em 51/52, onde foi vice-campeão.

Em 53/54 ingressou na II Divisão Nacional e, na época seguinte, é vice-campeão nacional desta competição, tendo que disputar uma liguilha para subir à I Divisão Nacional. Assim, a 26 de junho de 1955, o Caldas Sport Clube defrontou o Boavista Futebol Clube, no Estádio Municipal de Coimbra, tendo vencido por 4-1.

Ingressou assim na I Divisão Nacional, onde permaneceu quatro épocas, de 55/56 a 58/59.
Na época 1958/59, desceu à II Divisão Nacional e, na seguinte, à I Divisão Distrital, visto nessa altura não existir o Campeonato Nacional da III Divisão. 

Após onze anos de permanência no Campeonato Distrital da I Divisão, regressa à III Divisão Nacional, sagrando-se Campeão Nacional na época 1971/72, cuja final se disputou no Estádio Municipal de Coimbra com a União Desportiva Oliveirense, tendo vencido por 3-2.

A partir desta época o clube tem pautado a sua actividade pela II Divisão Nacional, com uma ou outra descida à III Divisão Nacional, rapidamente recuperada. 

Foto retirada daqui

Passado em comum

28 Jogos, o Académico venceu 15, empatou 6 e perdeu 7. O nosso clube marcou 43 golos e sofreu 37.

52/53 (II)Ac. Viseu 2-1 Caldas (Raul Silva, Pedro); Caldas 1-1 Ac. Viseu (Raul Silva);
54/55 (II)Ac. Viseu 0-4 Caldas; Caldas 7-2 Ac. Viseu (Deco, Ângelo);
59/60 (II) – Ac. Viseu 1-3 Caldas (Orlando); Caldas 1-1 Ac. Viseu (Orlando);
76/77 (II) – Ac. Viseu 1-0 Caldas (Basto); Caldas 1-0 Ac. Viseu;
79/80 (II) – Ac. Viseu 2-0 Caldas (N’Habola 2); Caldas 2-3 Ac. Viseu (N´Habola 2, Inaldo);
85/86 (II) – Caldas 1-2 Ac. Viseu (Amadeu 2); Ac. Viseu 2-1 Caldas (Leal 2);
87/88 (II) – Caldas 0-2 Ac. Viseu (João Luís, Abel); Ac. Viseu 2-0 Caldas (Quim, João Luís);
89/90 (II) – Ac. Viseu 1-0 Caldas (Márcio); Caldas 2-2 Ac. Viseu (Leça, Paulo Viana);
92/93 (II) – Ac. Viseu 1-1 Caldas (Zé de Angola); Caldas 0-1 Ac. Viseu (Besirovic);
94/95 (II) – Caldas 1-1 Ac. Viseu (Zé de Angola); Ac. Viseu 2-0 Caldas (Marcelo Sofia, Braguês);
98/99 (II) – Caldas 1-0 Ac. Viseu; Ac. Viseu 2-0 Caldas (Pinha, Rodrigo);
99/00 (II) – Ac. Viseu 3-1 Caldas (Santos, Favio, Lemos); Caldas 2-1 Ac. Viseu (autogolo);
00/01 (II) – Caldas 0-0 Ac. Viseu; Ac. Viseu 4-0 Caldas (Santos, Rui Lage, Rui Santos, Pedro’s);
01/02 (II) – Caldas 1-2 Ac. Viseu (Amorim, Rui Santos); Ac. Viseu 2-5 Caldas (Lemos, Pedro Fonseca).

Jogadores que aturaram nos dois clubes


Bacari (Ac. Viseu – 11/12, Caldas – 13/14); Beto (Caldas – 89/90, 94/00, 07/08, Ac. Viseu – 93/94), Borga (Ac. Viseu – 80/83, Caldas – 83/86), Grilo (Ac. Viseu – 82/83, Caldas – 83/84 e 88/89), Paulista (Caldas – 74/75, Ac. Viseu – 78/79), Ramalho (Caldas – 76/77, Ac. Viseu – 80/81) e Samir (Ac. Viseu – 13/14 e Caldas – 13/14).

1 comentários:

Hélder Albuquerque disse...

Boa noite.

A propósito deste tópico, acho que vale a pena darem uma vista de olhos a este link:

https://www.youtube.com/watch?v=kYz4ZEnMIk8

É nada mais nada menos do que o filme do golo da subida em 1993 e da festa que se seguiu, inclusivamente a da chegada a Viseu.

Impressionante.

domingo, 25 junho, 2017