domingo, maio 14, 2017

FC Famalicão 2-1 Ac. Viseu FC

O Académico foi derrotado 2-1 na visita a Famalicão. Um resultado que adia tudo para a última e decisiva jornada.


Em relação ao último jogo, o treinador Francisco Chaló procedeu a uma alteração, incluindo Bruno Loureiro no onze inicial.

Estádio Municipal de Famalicão, 14 de maio de 2017
41ª Jornada da Ledman LigaPro
Árbitro: Manuel Oliveira (Porto)

Famalicão: Gabriel; Daniel, Ângelo, Nuno Diogo e Jorge Miguel; Fred, Vítor Lima e Mércio (Correia, 59); Feliz, Gevaro (Kisley, 68) e Carlão (Diogo Cunha, 82). Treinador: Dito.

Ac. Viseu: Rodolfo; Carlos Eduardo, Bruno Miguel, Bura e Stéphane; Capela, Bruno Loureiro (Moses, 81) e Paná; Luisinho (Rui Miguel, 81), Tiago Borges (Zé Paulo, 62) e Sandro Lima. Treinador: Francisco Chaló.

Golos: Ângelo 38 (1-0), Paná 42 (1-1), Carlão 76 (2-1)

O jogo iniciou-se com as equipas a estudarem-se mutuamente, talvez pelas características especiais que neste imperava: um empate para o Académico era suficiente, já o Famalicão precisava de vencer para se aproximar dos lugares de manutenção direta. Por isso mesmo, a espaços e apenas de bola parada, a equipa da casa chegava à baliza de Rodolfo. O primeiro golo da partida surgiria num desses lances. Após pontapé de canto e alguma confusão à mistura, Ângelo empurrava a bola para a baliza academista. 1-0 aos 38 minutos. A resposta viseense não tardou, e Paná, de cabeça restabeleceu a igualdade, após exímio livre cobrado por Bruno Loureiro. Ao intervalo, o empate ajustava-se.

Para a segunda parte, o Famalicão viria mais ofensivo é um facto, mas contou também com alguma ajuda alheia. O Sr. Manuel Oliveira que, até fez uma primeira parte de bom nível, nos segundos 45 minutos, não esteve bem. Não hesitou em assinalar faltas atrás de faltas a favor da formação minhota e em seu desfavor nem vê-las (como foi o caso de uma "ceifa" autêntica a Luisinho, que passou em claro.) Pior mesmo, o lance que originou o golo da vitória. Não existe pontapé de canto (e o árbitro a poucos metros vê que não existe....), e depois faz vista grossa ao não ver o atleta famalicence ajeitar a bola com a mão. Quanto ao golo anulado ao Académico, damos o benefício da dúvida (se Bruno Miguel está ou não em posição irregular). No assédio final à baliza do Famalicão e já com Rui Miguel e Moses em campo, Paná ainda remata ao poste da baliza de Gabriel.


Com esta derrota, fica tudo adiado para o último e derradeiro jogo, no Fontelo, na recepção ao Cova da Piedade, onde os 3 pontos são precisos. Nota final para a centena e meia de adeptos presentes em Famalicão! A nossa vénia para eles que apoiaram durante toda a partida.

Força Académico!!! Todos ao Fontelo!!!

2 comentários:

Paulo Teixeira disse...

Se estava á espera que isto acontecesse? sim, era muito dificil pontuar em Famalicão, ao contrario de nós há equipas que agarram com tudo a possibilidade de ganhar jogos em casa e este Fama é muito forte em casa, já agora desafio o pessoal de Viseu a «meter» 3000 pessoas no Fontelo domingo pois foi esta a assistência do jogo ontem em Famalicão, dificil não é? e porquê? é uma pergunta que os habitantes de Viseu têm de responder.
Domingo o que pode acontecer? ou ganhamos e arruma-mos a questão ou não ganhamos e esperamos pelo Gil-Fama, mas alguem acredita que o Fama não ganha em Barcelos? na minha opinião á meia hora de jogo já está o arraial minhoto montado, o Gil é amigo dos vizinhos... é pena não terem menos meia duzia de pontos e estarem metidos nesta embrulhada que aí já não havia suspeições!
Temos equipa para ganhar ao Cova como já ficou provado na primeira volta mas temos de ser uma equipa muito diferente para melhor do que tem acontecido ultimamente e claro precisamos de ter aquela pontinha de sorte que nos tem faltado tambem.

Paulo Teixeira

segunda-feira, 15 maio, 2017
--FD disse...

Mais do que a amizade entre clubes vizinhos eu acho que a grande diferença é o Gil Vicente já estar tranquilo e numa fase de descompressão e o Cova da Piedade vir ao Fontelo a precisar de pontos - tal como nós. Por esse motivo não acredito que o Famalicão perca pontos em Barcelos.

Tal como se tem dito, o Académico tem de ser competente. Tem de agarrar esta derradeira oportunidade de fuga ao playoff e tudo fazer para chegar à vitória.

Força Académico!

terça-feira, 16 maio, 2017