segunda-feira, abril 03, 2017

Análise Individual Ac.Viseu 2-2 Leixões: Joel o escolhido!!

Joel – 4 – Estreia a titular francamente positiva. Destemido a defender, mostrou-se ainda bastante voluntarioso no apoio ao ataque, onde foi exemplo a extraordinária jogada, ainda na 1ª parte, que daria o 2-0, não fosse a infelicidade do colega de equipa Moses. Defensivamente, mostrou bastante assertividade na abordagem aos lances. Taticamente muito bem. O escolhido pela equipa da magia do futebol para o melhor academista em campo.


Rodolfo – 3 – De regresso à titularidade, mostrou-se seguro, não tendo grandes hipóteses nos tentos sofridos.

Bura – 3 – Marcou o primeiro da tarde, oportunamente de cabeça, bem ao seu estilo. Esteve, contudo, ligado ao lance que deu o 2º golo matosinhense. Acabou o jogo com uma preciosa ajuda ao ataque.

Bruno Miguel – 3 – Jogo certinho no centro da defesa, não dando grandes veleidades ao seu difícil opositor de serviço.

Ricardo Ferreira – 3 – De regresso ao onze academista, cumpriu defensivamente, perante forte oposição. Sempre que possível, ainda subiu no terreno para contribuir com os seus cruzamentos sempre perigosos.

Bruno Loureiro – 4 – Como é seu timbre, teve uma entrega ao jogo sem limites, mesmo perante um meio-campo forasteiro fortíssimo. Esteve ainda na origem do primeiro golo academista, num livre superiormente batido.

Paná – 3 – Como é habitual, demonstrou, mais uma vez, muita qualidade e segurança com a bola nos pés.

Capela – 3 – Teve três arrancadas impressionantes que apenas o 89 academista é capaz. Jogo de sacrifício em prol da equipa.

Moses – 3 – O mais inconformado do ataque. Teve o 2º golo academista nos seus pés, mas falhou de forma incrível. Acontece. O golo fica já para o próximo jogo, certamente.

Tiago Borges – 3 – Teve o golo nos pés abrir o 2º tempo, mas a bola, caprichosamente, bateu na base do poste. Teve uma primeira parte ativa no flanco direito do ataque academista.

Zé Paulo – 3 – Jogou na posição mais avançada do terreno. Esteve bem na segurança da bola, onde dificilmente lhe tiraram o esférico.

Luisinho – 3 – Autor do cruzamento para o golo do empate (?). Deu alguma agitação ao flanco, ajudando ainda Joel na missão defensiva.

Yuri – 2 – Duas arrancadas e um cruzamento que originou bastante perigo.

Zé Pedro – 3 – Decisivo. Marcou quando já ninguém acreditava, de cabeça, bem ao seu estilo. Um regresso que se saúda.

1 comentários:

José Ferreira disse...

Com estes pontos está assim a classificação para jogador do ano (cinco primeiros):

1º Bura 99
2º Capela 96
3º Bruno Miguel 87
4º Paná 87
5º Tomé 86

Média de pontos por jogo:

1º Joel 3,5
2º Bruno Miguel 3,107
3º Bura 3,094
4º Elísio 3
5º Rodolfo 2.846

terça-feira, 04 abril, 2017