sábado, janeiro 28, 2017

Varzim SC 1 - 1 Ac. Viseu FC

Estádio do Varzim SC, 28 de janeiro de 2017
24ª Jornada da Ledman LigaPro
Árbitro: André Neto (Vila Real)

Varzim: Paulo Vítor; Jean Felipe, Jeferson, Sandro e Delmiro; Estrela, Nelsinho (c), Diego Barcelos (Mailó, 67) e Rui Coentrão (Villagran, 80); Malele (Éder Diez, 86) e Rui Costa. Treinador: João Eusébio.

Ac. Viseu: Rodolfo; Carlos Eduardo, Bura, Bruno Miguel e Stephane; Capela (c), Zé Paulo e Pana; Luisinho (Tomé, 85), Moses (Tiago Borges, 73) e Sandro Lima (Zé Postiga, 90). Treinador: Francisco Chaló.

Expulsão: Carlos Eduardo 90+5

Golos: Bruno Miguel 48 (0-1), Jean Filipe 75 (1-1)


Fotor retirada do site oficial do Académico

“O Varzim pode agradecer ao seu guardião o facto de não ter ido para o intervalo a perder. Paulo Vítor travou três bolas de golo (16,20,29) e viu o poste da sua baliza devolver uma bola rematada por Zé Paulo (43). No recomeço, o Académico chegou à vantagem, mas o Varzim porfiou até selar o empate num livre superiormente apontado pelo lateral direito Jean Filipe. Mas a igualdade penaliza fortemente os viseenses que perderam bela chance de sair com os três pontos da Póvoa.

Melhor em campo – Luisinho – Quebra-cabeças para a defesa poveira, principalmente no primeiro tempo. Esteve em todos os lances de perigo visitantes. Merecia mais que o empate.

João Eusébio – O Académico foi superior na primeira parte e tivemos de puxar da alma e da raça na segunda parte para não sairmos derrotados. Aceita-se o empate. Importa continuar a somar pontos.

Francisco Chaló – Fizemos uma excelente exibição e merecíamos os três pontos. No primeiro tempo a equipa desenhou lances de futebol puro. Fomos superiores até quando tivemos de defender”

Salvador Leal in A Bola

“Varzim e Académico continuam a somar pontos. Ontem, os visitantes foram os primeiros a comandar as operações adiantando-se justamente no marcador. Os varzinistas só acordaram após sofrerem o golo, reponde a igualdade. O Varzim esteve sempre mais perto do triunfo, mas sempre com forte réplica dos viseeses”.

In Record


Notas aos jogadores (atribuídas pelo Record e aceites por nós para a eleição de jogador do mês/jogador do ano): 4 – Bruno Miguel, Capela e Luisinho; 3- Rodolfo, Carlos Eduardo, Bura, Stephane, Pana, Zé Paulo, Moses e Sandro Lima; 2 – Tiago Borges; 1- Tomé; 0,5 – Zé Postiga.

4 comentários:

Unknown disse...

Excelente exibição, resultado magnífico, num campo muito, muito, muito difícil.
Com outra posição na tabela a tranquilidade dos nossos jogadores seria outra e aquelas 3/4 situações claríssimas de golo tinham mesmo dado golo, então aquela já no fim, incrível, depois de uma grande jogada de Luisinho!

Bem, o árbitro teve uma paragem cerebral no último minuto, acontece a todos, enfim. Vermelho direto a Carlos Eduardo, pode ser que coloque a mão na consciência diga que foi engano no relatório e Carlos Eduardo não apanhe qualquer jogo de suspensão. Incrível, o que se terá passado na cabeça do árbitro que fez uma boa atuação no cômputo geral.
!ª parte de grande equilíbrio, mas com as oportunidades flagrantes de golo par ao nosso lado. Entrada decidida do Académico na 2ª parte, a chegar cedo ao golo e a ser sujeito a uma pressão natural por parte do Varzim, ainda assim, as melhores oportunidades continuavam a ser nossas e o 2-0 este perto. Não marcámos e o Varzim, nas bolas paradas criava perigo e faz golo numa delas. Faltavam ainda 15/20 minutos,fomos outra vez em busca do golo da vitória que esteve perto e assistiu-se a um jogo muito vivo.


Em resumo jogo muito bom, com muita emoção, o Académico de classe, que após o golo recuou por força do Varzim, é verdade, mas causou sempre muito perigo nas idas À frente, perante um Varzim mais desprotegido
O empate aceita-se mas a nossa vitória tb seria justa em função das muitas situações claras de golo que criámos, ou seja atacámos com muito critério, com muita qualidade, o Varzim, mais posse após o golo é verdade, mas sem muito critério.
Excelente ambiente nas bancadas, num Clube, tal como nós, com história no Futebol Português, gostei da emoção do jogo até ao fim, sempre muito intenso, jogo daqueles que leva adeptos ao estádio, ao contrário daqueles jogos muito mornos em que tudo anda ali pelo meio-campo com marcações cerradíssimas, na Póvoa, houve emoção, espectáculo, bom futebol, excelente jogo.

Temos 27 pontos, faltam 25. Este é o Campeonato mais duro de sempre na 2ª Liga, temos de TODOS, TODOS, TODOS os Academistas perceber a importÂncia desta época e tudo fazer para APOIAR, APOIAR o Académico!

PArabéns a todos os Academistas que se deslocaram à Póvoa, mas o Fontelo, tem de ser o nosso Forte, como sempre foi no passado, mesmo na 1ª Divisão, por isso, temos de nos 18 jogos que faltam comparecer, sempre, sempre, no APOIO À Equipa.

Os nossos jogadores têm tido uma atitude excelente, merecem todo o nosso APOIO.

A Direção, na pessoa do seu Presidente António Albino e o Treinador, Francisco Chaló sabem claramente o que pretendem e como lá chegar, mas contam com o nosso APOIO para dar cumprimento a uma tarefa que de TODOS requer o máximo empenho.

Juntos somos mais fortes!
No Fontelo cabem todos, vem e traz um amigo!

Somos Beirões, somos do Académico de Viseu!

Carlos Silva

P.S. Excelente arbitragem, com um erro clamoroso no fim do jogo com vermelho direto a Carlos Eduardo, por engano, penso eu , só pode ter sido engano. Carlos Eduardo impede a marcação rápida de um livre, junto à área do Varzim, ou seja, longe, muito longe, no último minuto do jogo e quando se previa, vá lá um amarelo, o árbitro dá, espante-se, vermelho direto,perante a estupefacção de todos, incluindo Carlos Eduardo que não compreendia tamanha injustiça e qual a razão daquela decisão. Ningúem sabe, mas fora isso, boa arbitragem. O arbitro vai certamente, corrigir o seu erro em sede de relatório e dizer que era para amarelo, mas deu vermelho, errar acontece a todos, temos de aceitar, agora temos de saber corrigir os erros e este tem correção.


sábado, 28 janeiro, 2017
Hélder Albuquerque disse...

Grande jogo do académico! Primeira parte brilhante. Segunda também brilhante pela entrega e pelo compromisso demonstrados pela equipa. Grande trabalho do mister Chaló a reerguer esta equipa.
Pena é que os nossos adversários mais diretos também estejam a recuperar...
Melhor jogador do académico, hoje? Capela! Grande jogo, Grande entrega. Parece ter uma força inesgotável...
Pior? O Sandro Lima. Corre e corre e corre, mas a ele pedem-se golos e hoje não conseguiu rematar e esteve sempre mal posicionado dentro da área.
Hoje fiquei agradado com o espírito que à equipa demonstrou.

sábado, 28 janeiro, 2017
Paulo Teixeira disse...

Empate bastante positivo mas com uma pontinha de sorte podiamos ter trazido os 3 pontos, próximo jogo pode marcar a saída da zona de despromoção por esse motivo preparar este jogo dentro e fora das quatro linhas, vamos lá pessoal preencher ao máximo as cadeiras do Fontelo.
Precisamos de um ponta de lança, ontem se tivessemos um homem golo tenho a certeza que ganhávamos o jogo, Guima, conhecem? já foi nosso e está livre se houver disponibilidade financeira para isso por não ir busca-lo, encaixava que nem uma luva nesta equipa.
FORÇA ACADÉMICO, eu acredito que os bons momentos estão quase a chegar.

Paulo Teixeira

domingo, 29 janeiro, 2017
--FD disse...

Não sei o que se terá passado mas a verdade é que o Carlos Eduardo ficará suspenso por 3 (!) jogos: http://ligaportugal.pt/media/5877/comunicado-oficial-194.pdf

quarta-feira, 01 fevereiro, 2017