domingo, setembro 11, 2016

SL Benfica B 2 - 1 Ac.Viseu FC

O Académico foi derrotado, esta tarde, na deslocação ao Seixal, por 2-1.
O golo academista foi apontado por Zé Pedro ainda na 1ª metade do encontro.



O Académico entrou a perder logo aos 6min num belo remate do atleta benfiquista. Os comandado de André David responderam ainda na 1ª parte, com um lance de génio de Capela a ser finalizado por Zé Pedro.

Na 2ª parte, o Benfica B chegou à vitória ao minuto 69.

Fica na retina, uma bela primeira metade da turma viseense, onde inclusive, rematou por duas ocasiões à barra da baliza benfiquista. No segundo período, o ritmo baixou e a turma de Viseu acabou por sair derrotada.



Força Académico, sábado há mais, em mais uma deslocação à vila das Aves.

Notas aos jogadores (atribuídas pelo Record e aceites por nós para a eleição de jogador do mês/jogador do ano): 4 - Capela; 3 - Tomé, Tiago Gonçalves, Saná, Tiago Borges e Zé Pedro; 2 - Rodolfo, Bura, Ricardo Ferreira, Luisinho, Carlos Eduardo e Pana; 1- Moses e Zé Paulo


4 comentários:

Anónimo disse...

Não gostei do resultado, obviamente, e dos últimos 15 minutos do Académico, ou seja a partir do golo do Benfica, o Académico ficou sem capacidade de tudo fazer para pressionar e virar o resultado, faltou força, faltou energia para sair da armadilha montada pelo Benfica.
Gostei da forma como o Académico jogou em largos períodos do jogo, parecendo ter o controlo do mesmo e criando algumas situações para golo.
Foi pena este resultado, pois quebra um ciclo de jogos sem perder, mas futebol é assim mesmo, e quando não se marca no último segundo da 1ª parte, onde faltou mais decisão para fazer o 2-1, ficamos sujeitos a sofrer e se na 2ª parte estivemos com o controlo do jogo até sofrermos o golo, a partir daí, nada, nada saiu bem.

Sempre Académico!

Carlos Silva

domingo, 11 setembro, 2016
Viriatus disse...

Não coloquem a cabeça na areia...vejam que não há treinador para este Académico...acordem enquanto há tempo para a recuperação...Há necessidade de mudar de treinador, mas por um com experiência e com curso para poder treinar na Liga, coisa que o actual não tem.

Abra os olhos Sr. Albino....

domingo, 11 setembro, 2016
Anónimo disse...

Hoje, de forma justa, perdeu a melhor equipa em campo. Depois do golo do empate, no final da 1ª parte, esperava-se uma entrada em campo, que aproveitando esse ascendente, fosse á procura da vitória.

Mas, infelizmente, a conversa ao intervalo, deve ter sido outra. As constantes quedas dos jogadores do Académico, o jogar para o lado, o queimar tempo, dissiparam logo qualquer dúvida. O Académico, só atacaria se estivesse a perder. Tanto assim é, que não criamos uma situação de perigo, enquanto não estivemos a perder.

E, para culminar, logo a seguir a uma substituição, para recuar a equipa: tira um elemento da frente, para colocar mais um trinco, sofre o golo. O resto é o que se sabe.

Continuo a manter a opinião que tenho desde o inicio de época: temos um bom plantel, e um bom treinador para os treinos. A equipa joga bem a espaços, mas o treinador não sabe gerir os momentos do jogo, e não consegue transmitir emoção e garra para dentro do campo. È muito amorfo e não sabe capitalizar, momentos como o de hoje no regresso dos balneários. Mexe sempre tarde na equipa e mesmo com resultados adversos, não faz as 3 substituições e, tirar defesas para colocar gente na frente nem pensar.

E isto é uma pena, porque temos bom plantel e também temos um treinador que parece ter potencial (consegue por a equipa a jogar bem a espaços), mas a quem parece faltar aquele "je ne sais quoi", que distingue os campeões.

Miguel

domingo, 11 setembro, 2016
Paulo Teixeira disse...

Resultado injusto o empate ficava muito bem mas mais uma vez a falta de sorte aparece como é que é possível falhar aquele golo antes do intervalo, a segunda parte foi muito equilibrada o segundo golo podia cair para qualquer lado infelizmente cai para o lado errado são coisas do futebol, notei uma quebra física muito grande é necessário trabalhar mais o aspecto físico.
Sana foi mesmo uma agradável surpresa pena que aquela energia tenha acabado a seguir ao segundo golo encarnado, em suma gostei da equipa e quem joga assim vai ganhar muitas vezes.

Paulo Teixeira sócio 433

domingo, 11 setembro, 2016