sábado, abril 30, 2016

Ac. Viseu FC 0-5 CD Feirense

Ac.Viseu 0-5 Feirense
"Pesadelo, verdade...MAS... NÓS ACREDITAMOS EM VOCÊS"

Tarde de pesadelo foi aquela que se viveu no jogo de sábado na receção ao Feirense, com uma derrota expressiva de 0-5. É preciso levantar a cabeça, ainda estamos acima da linha de água...




Estádio do Fontelo, 30 de abril de 2016
44ª Jornada da Ledman LigaPro
Árbitro: Manuel Oliveira (Porto)

Ac. Viseu: Ricardo Janota; Tomé, Tiago Gonçalves (c), Bura e Kiko (Carlos Eduardo, int); Romeu Ribeiro, Capela e Bruno Loureiro (Clayton, 75); Yuri (Tiago Borges, 65), Moses e Forbes. Treinador: Jorge Casquilha.

Feirense: Makaridze; Barge, Mika, Carvalho e Kakuba; Rúben, Sérgio Semedo e Vasco Rocha; kizito (Luís Machado, 81), Karo (Fabinho, 69) e Porcelis (Kukula, 86). Treinador: José Mota.


Golos: Bura 22 pb (0-1), Karo 42 (0-2), Kizito 60 (0-3), Porcelis 75 (0-4), Bura 88 (0-5)



O jogo teve os primeiros 20min pautados pelo equilíbrio, com Capela a enviar a bola ao travessão num belo remate já dentro da área de rigor. E como o jogo teria sido diferente se esta bola tinha entrado… Depois disto assistiu-se a um autêntico pesadelo no Fontelo. Primeiro autogolo de Bura, aos 21min., e já perto do intervalo foi Etebo que aproveitou erro defensivo. 0-2 resultado dos primeiros 45min. que penalizava a equipa academista.


Para o segundo tempo, C.Eduardo era a primeira aposta do mister J.Casquilha, deixando Kiko no balneário. E a verdade é que o Académico criou algumas ocasiões de golo, mas ou a desinspiração ou a qualidade de Makaridze evitaram o golo academista. Kizito fez o 0-3 à passagem dos 60min., Porcelli num chapéu o 0-4 e Bura, novamente com infelicidade, fechou a contagem num jogo para esquecer…

Domingo há uma final importantíssima em Mafra, onde serão precisos pontos. Temos a certeza que vamos conseguir, até porque se “fosse fácil, não era para nós ACADEMISTAS”. É preciso muita calma, porque somos Académico, temos qualidade e vamos certamente conseguir o nosso objetivo.


NÓS ACREDITAMOS EM VOCÊS. 
Força Académico!!!



Análise Individual:
Capela – 2,5 – Atirou ao poste na grande ocasião de golo academista. Tentou, com a sua entrega, fazer algo mais pela equipa, não foi possível. O escolhido para melhor academista em campo.

Nota 2,5 – Capela e Tomé
Nota 2 - Ricardo Janota, Tiago Gonçalves, Kiko, Romeu, Bruno, Yuri, Carlos Eduardo e Moses.

Nota 1 – Bura, Forbes, Tiago Borges e Clayton

3 comentários:

Unknown disse...

Se fosse fácil não era para nós, é tempo de todos perceberem que são 2 jogos, mas isso de nada conta, o que conta mesmo, é o jogo em Mafra, aí, sim, há que ir com tudo, Equipa, Sócios e Adeptos e perceber que é AGORA a nossa hora.

VAMOS ACADÉMICO! Temos de nos Reerguer e VAMOS CONSEGUIR!

Carlos Silva

sábado, 30 abril, 2016
Paulo Teixeira disse...

Ja vi o Academico a subir, ja o vi descer e domingo la estarei em Mafra para os apoiar ate ao fim!

Paulo Teixeira socio 433

domingo, 01 maio, 2016
--FD disse...

Foi mesmo uma tarde para esquecer. O Académico nem sequer entrou mal: ao pé de mim na bancada alguém chegou a comentar que não se via dentro de campo uma diferença tão grande como a diferença pontual entre as duas equipas parecia evidenciar. Concordei.

O jogo continuou bastante equilibrado até que, num lance infeliz, o Feirense chegou à vantagem através de um auto-golo. Depois disso nunca mais recuperámos verdadeiramente o norte e o que aconteceu já se sabe. O Feirense foi um vencedor justo, apesar de ter vencido por números muito exagerados.

Não podemos mudar o que aconteceu no sábado passado, o momento é muito delicado mas temos de seguir em frente. Olhando para o calendário reparamos que os confrontos entre equipas que estão na mesma luta que nós terminaram. As únicas duas excepções são mesmo os jogos do Académico: Mafra e Covilhã (que até pode já ter garantido a manutenção quando visitar o Fontelo). A maioria dos jogos que envolvem os nosso adversários são contra equipas que já cumprem calendário, o que não ajuda. No entanto é preciso recuperar fisicamente e psicologicamente os nosso jogadores porque nada está decidido. Como se costuma dizer, "o caminho faz-se caminhando" e temos dois jogos para pontuar e para conseguirmos a manutenção.

Uma última referência para a claque que apoiou até ao final. Obrigado malta.

Força Académico!
EU ACREDITO!

segunda-feira, 02 maio, 2016