quarta-feira, março 09, 2016

Varzim SC 2-1 Ac.Viseu FC

Após o jogo menos conseguido na receção ao Penafiel, esperava-se uma resposta diferente por parte da equipa academista na deslocação à Póvoa de Varzim. A verdade é que, apesar da derrota, a equipa teve uma bela atitude em campo, de entrega ao jogo. Contudo, o protagonista da tarde, infelizmente, foi o sr. Bruno Rebocho, que foi decisivo no desfecho final da partida.

Estádio do Varzim SC, 9 de março de 2016
34ª Jornada da Ledman LigaPro
Árbitro: Bruno Rebocho (Évora)

Varzim: Paulo Vítor; Adilson, Sandro, Nélson Agra e Raúl; Pedro Sá, Wilson Manafá (Anthony de Freitas, 74), Nelsinho e Gil Dias (José Postiga, 85); Stanley e Tafsir Chérif (João Carneiro, 56). Treinador: Nuno Capucho.

Ac. Viseu: Ricardo Janota; Tomé (c), Bura, Mathaus e Tiago Costa; Romeu Ribeiro, Capela (Forbes, 67) e Clayton; Yuri, Carlos Eduardo e Tiago Borges (João Ricardo, 79). Treinador: Bruno Ribeiro.

Expulsões: Romeu Ribeiro 86, Tiago Costa 90+2


Golos: Gil Dias 6 (1-0), Carlos Eduardo 30 (1-1), Nelsinho 83 gp (2-1)


O jogo iniciou-se com um bónus da equipa academista, em que Capela se deixou antecipar por Gil Dias, que fez o primeiro da partida com alguma felicidade, existindo a dúvida no estádio se a bola entrou ou não na baliza de R.Janota (a primeiro de muitas situações, que em caso de dúvida, não existe dúvida….)
O Académico daqui para a frente realizou 75min de bom nível. O golo chegou à passagem do minuto 30. Passe longo de Borges para C.Eduardo, que na esquerda do ataque ludibriou o defesa da equipa da casa e fuzilou o GR P.Vitor, estabelecendo a igualdade que já se justificava.
No 2º tempo, o mesmo C.Eduardo (o mais inconformado do ataque esta tarde) por muito pouco não fez o golo do Ac.Viseu, num belo remate defendido pelo guardião varzinista. Contra a corrente, e quando o Varzim em toda a 2ªparte não tinha sequer feito qualquer remate, a bola é colocada no avançado do Varzim, Stanley, que cai na área em bola dividida com Bura, e ….penalti para o Varzim (passados longos minutos do lance ter acontecido – resta saber por indicação de quem? 4ºárbitro ?). Daqui para a frente, pouco há a acrescentar, apenas as expulsões de Romeu (desconheço o motivo?) e Tiago Costa (esta última, num lance em que até a falta é, no mínimo, duvidosa … ). Muito pouco normal é esta tendência que se tem verificado em prejudicar o nosso clube. 2-1 resultado final.


Meus caros academistas, a receita é simples. É tempo de união. É tempo de todos os academistas apoiarem. 
O repto que vos deixo é simples: DOMINGO TODOS AO FONTELO. JUNTOS, GARANTO-VOS QUE VENCEREMOS. 

FORÇA ACADÉMICO!!!

15 comentários:

Anónimo disse...

Tenho evitado comentar desde que a Direcção criou este problema ao clube.

Mas chega.

È preciso tomar uma atitude, porque a continuar assim podemos perder tudo o que demorou anos a conquistar. Descer na segunda liga é extremamente fácil, mas voltar para lá é extremamente difícil.
Volto a insistir que a Direcção criou um problema ao Clube, de forma totalmente amadora e irresponsável. Opiniões sobre o antigo treinador, todos temos a uma. Eu também tinha a minha: um treinador pouco mais que razoável, com um outro apontamento que me agradava, e que estava a fazer uma época abaixo das minhas expectativas (realço minhas, porque até á sua demissão, a Direcção nunca anunciou claramente um objectivo para a época). E várias vezes o disse desde o inicio da época.

Mas, à 28ª jornada a questão que se colocava era, se o Chéu era ou não capaz de assegurar a manutenção? E todos sabemos que sim. Todos sabemos, que nada tínhamos a ganhar com a troca de treinador. Só a Direcção, covardamente, porque nunca antes estabeleceu esse objectivo, veio dizer que demitia o treinador por não estar a cumprir o objectivo de subir. Mas só se lembraram disso á 28ª Jornada, quando já não podíamos subir? Não houve ninguém naquela direcção que com um mínimo de inteligência disse-se que tínhamos tudo a perder e nada a ganhar, e que á 28ª Jornada, o que se impunha era manter a tranquilidade até ao fim da época e então no final de época trocar de treinador? Isto para não falar que nos 3 jogos antes da demissão, tínhamos 2 empates fora e uma vitória em casa. Isto para não falar que tínhamos acabado de reforçar a equipa, que, um clube profissional é feito com o aval do treinador em funções.

Surreal.

Pois, não houve ninguém inteligente. E agora temos 3 empates e 3 derrotas, com a estupidez que a Direcção cometeu. E ressalvo, que a estupidez não é mudar de treinador, a estupidez é o timing e o covarde objectivo. Se fosse em Novembro ou até em Dezembro, quando ainda podíamos lutar pela subida, eu compreenderia. Agora despedir um treinador, com o argumento de subir, quando já só se pode arriscar a criar instabilidade para descer é do menos inteligente que eu já vi.

Agora é a hora de a Direcção assumir as suas responsabilidades. È hora de descer ao balneário e abanar com os jogadores. È hora de mandar embora este treinador, que é muito amorfo. E,que se era o revulsivo que a Direcção esperava, bem podem tirar o cavalo da chuva. È hora de ir buscar alguém que acorde os jogadores, que lhes incuta o que está em jogo: jogar os próximos jogos á morte por este símbolo. Um dos melhores jogos que vi, foi com o Tony no banco. Ele pode não ter os conhecimentos técnicos, mas os jogadores comeram a relva. Havia ali trabalho psicológico. Com o Bruno Ribeiro é uma pasmaceira total.

Precisamos de alguém que acorde o Académico.

Miguel

quarta-feira, 09 março, 2016
--FD disse...

A preocupação é cada vez maior mas não podemos atirar a toalha para o chão!

Faltam os seguintes 12 jogos:
Olhanense (Casa)
Vitória Guimarães B (Casa)
Leixões (Fora)
FC Porto B (Fora)
Oliveirense (Casa)
GD Chaves (Fora)
Sporting B (Casa)
Desportivo das Aves (Casa)
Gil Vicente (Fora)
Feirense (Casa)
CD Mafra (Fora)
Sporting da Covilhã (Casa)


Em teoria é um calendário terrível mas este campeonato tem sido globalmente atípico para o Académico (ou não fossemos nós uma equipa que não rende mais quando joga no Fontelo). Em princípio 50 pontos serão suficientes para fugirmos da descida. É preciso arrepiar caminho para sairmos desta crise enorme. ACADEMISTAS, APAREÇAM NO FONTELO!

Força Académico!

quarta-feira, 09 março, 2016
Paulo Teixeira disse...

Isto esta a ficar muito complicado, e incrivel os golos que sofremos nos ultimos 10 minutos de jogo, agora e ganhar domingo porque outro resultado pode tracar-nos o destino esta epoca.
Força Academico, sempre Academico

Paulo Teixeira socio 433

quarta-feira, 09 março, 2016
Anónimo disse...

Sem comentários.
Excelentes resultados da chicotada psicológica!

quarta-feira, 09 março, 2016
Anónimo disse...

Não despachem o treinador não e vamos parar ao CNS, não sei se seria possível mas o Toni era uma boa opção, pelo que se viu contra Benfica.

quarta-feira, 09 março, 2016
Anónimo disse...

É Hora de TODOS nos unirmos no APOIO total e incondicional ao Académico, sem olhar a quem é o treinador, os jogadores, o presidente, ou seja que for, pois o momento é SÉRIO, muito sério e temos de passar essa mensagem a todos os Academistas, muito Academistas, pouco Academistas, mas que simpatizam, um "niquinho" que seja com o Académico, de modo a que todos apareçam, neste momento Crucial para o nosso SUCESSO. Esta época define TUDO, pois com o acordo com o MEO, podemos, sim, podemos mesmo, na próxima época tentar a subida à 1ª Divisão, mas para isso, obviamente, que temos de primeiro e antes de tudo, ganhar, os tias 5 jogos, e temos de tudo fazer, mas mesmo tudo, para que tal aconteça, os mais rapidamente possível.

Dois jogos em casa, são 6 pontos, têm de ser 6 pontos, temos de ver os 50 ali bem perto, para depois respirar de outra forma, pois é isso que nos tem faltado, serenidade, muuita serenidade, e muita força, coragem e determinação para nos impormos como Equipa que tem de ter outro respeito também da parte de quem apita, pois, ultimamente, apitar penalti contra o Académico parece a coisa mais fácil e natural do mundo, mas a nosso favor, aí o apito treme na boca e nada sai.

VAMOS aproveita ro momento, pois como disse o nosso colega anterior, CUSTOU muito chegar até aqui, e aqui tem de ser a nossa base de partida par ao nosso sonho. Temos de manter a esperança e alimentá-la, pois se a missão não é fácil, e todos têm essa noção, bem pior seria se estivéssemos a 5 pontos abaixo e já com tudo perdido. não é esse o caso e temos, agora, 2 jogos, que com 2 vitórias, nos podem ajudar e vão ajudar, mas TODOS, temos de fazer o nosso papel, sócios e adeptos, o paepl mais fácil, mas muito importante, ir ao Fontelo, apoiar, apoiar, gritar Académico, Académico, Académico e os golos vão aparecer a nosso favor e as boas exibições também.

Jogadores e Treinador que estão certamente, muito, mas muito inquietos com esta situação, vão entrar no próximo fim de smena, no Fontelo, com a garra necessária, para dizer presente, estamos, aqui, contem connosoco, apoiem-nos, que nós sabemos joagar, sanemos marcar golos e sabemos dar-vos alegrias.

Sempre Académico, nos momentos fáceis, e agora, em emspecial, quando temos de dizer PRESENTE!

Domingo, lá estarem e tu por que esperas?

SÊ Sócio e traz um amigo.

Sugestão:
Bilheteira aberta par ao próximo jogo no Fontelo, para a superior central, temos de trazer as pessoas ao jogo, é muito IMPORTANTE o APOIO para uma vitória!

Carlos Silva

quarta-feira, 09 março, 2016
Anónimo disse...

Mais uma lufada de ar fresco, com esta equipa técnica eu acredito que vai ser sempre a descer.Foi para isto a mudança?

quarta-feira, 09 março, 2016
marco disse...

Mau demais para ser verdade..estamos a afundar-nos e as exibições, pelo que comentam, são desastrosas.

Quem está a falhar? Treinador ou jogoadores?

Que fazer agora....

Dar mais 2 hipóteses à equipa técnica e depois tomar decisões.

No entanto, não me importo de descer. Apostem forte na formação, jogadores da região e mobilização da cidade.

Não interessa tentar subir para depois fazer a figura do Tondela, sendo que prefiro andar na 2ª ou CNS com boas exibições e formação.

Pés assentes na terra.

Marco em Toronto

quarta-feira, 09 março, 2016
Anónimo disse...

Há mais um sinal da falta de inteligencia desta Direcção: O Ricardo Chéu, e mais uma vez apesar da opinião que cada um tenha sobre a sua valia, conseguiu nas duas épocas que esteve no clube, cumprir o objectivo de salvar a equipa da descida.

Até por isso, foi um erro: o homem teria alguma experiencia nestas situações limites. E, concerteza saberia usar isso para transmitir confiança nos jogadores. Foi um capital de que prescendimos.

Ainda há a outra situação do João Eusébio, que atesta uma vez mais o amadorismo.

Devemos muito ao Sr. Albino, mas desde que surgiu a figura do Director desportivo, ou lá o que é, é sempre a piorar. O melhor plantel que tivemos, na primeira época na segunda, segundo se dizia na altura, foi construido sem esses ditos profissionais. E isto diz muito de quem serve o Académico e quem se serve dele.

Enfim, estou revoltado com isto, porque uma coisa é perder porque os outros são melhores, outra coisa é perder porque nós mesmos nos encarregamos de dar tiros nos pés. Mas termino aqui o carpir de mágoas. Como sócio e adepto, apenas exijo que alguem de topo, tome uma atitude de estremecer o plantel para os jogos que aí vem.



Domingo lá estarei a apoiar o meu único clube.

Miguel

quarta-feira, 09 março, 2016
Anónimo disse...

Gostava de saber quem, afinal, é o treinador principal?? Vejo o adjunto Andy Smith a dar ordens para dentro do campo e Bruno Ribeiro a observar o jogo parecendo um espectador. Não entendo, sinceramente. AJ

quarta-feira, 09 março, 2016
Anónimo disse...

OH Bruno 1 ponto ganho em 12 possíveis!!! A culpa talvez não seja tua, estavas no desemprego e agora estas a trabalhar, que é o que toda a gente procura. A culpa é da direção que deu um tremendo tiro no pé. Fazer contratações de Inverno e depois manda o técnico embora, bolas, isto vai mas é para o Guiness...Mas pronto, vá lá, põe os jogadores a jogar com vontade e garra e faz tudo para nos mantermos. Olha que é bom para todos. A. Rodrigues

quarta-feira, 09 março, 2016
Anónimo disse...

Ainda há uma dúzia de jogo (36 pontos) a disputar, calma ainda podemos ficar bem classificados. Nada de desesperar, no final tudo vai ficar bem. Subimos na próxima época, vem aí a SAD com dinheiro (muito) dos chineses.

quinta-feira, 10 março, 2016
--FD disse...

Notícia de interesse academista: http://www.jornaldocentro.pt/academico-de-viseu-sem-treinador/

quinta-feira, 10 março, 2016
Anónimo disse...

Não sei o que vai acontecer, segundo o Jornal do Centro estamos sem treinador. Não sei se nos vamos manter na Segunda Liga. Como Academista ferrenho, espero que sim e obviamente continuarei a apoiar o meu Académico nos bons e nos maus momentos.

Já por diversas vezes vi comentários e ouço também pessoas no estádio a dizer que "para o ano é que é porque vai entrar dinheiro". No caso dos contratos televisivos todos os clubes fizeram contratos aparentemente semelhantes, relativamente ao patrocínio da liga, todos devem receber por igual (digo eu). Sendo assim, o que muda se todos vão receber uma quantia semelhante?

O Académico precisa é de arranjar apoios por meio próprio, seja aproximar-se dos sócios, adeptos, empresas... Só esses podem fazer diferença.

quinta-feira, 10 março, 2016
--FD disse...

Realmente a Liga respira profissionalismo... A menos que a informação seja corrigida entrentanto, segundo o site da LPFP o resultado deste jogo foi 2-0 para o Varzim: http://www.ligaportugal.pt/oou/jogo/20152016/ledmanligapro/34/12 .

Claro que isto é "só um detalhe" mas no meio de tantos erros serve para reflectir na importância que dão a este campeonato e no profissionalismo dos responsáveis.

sexta-feira, 11 março, 2016