sexta-feira, setembro 08, 2017

Recordar: Dalbert

NOME COMPLETO
Dalbert Henrique Chagas Estevão
NOME
Dalbert
DATA DE NASCIMENTO
08/09/1993
NATURALIDADE
Brasil
POSIÇÃO
Defesa Esquerdo
ESTREIA
Ac. Viseu 1-0 U. Madeira (09/02/2014)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 4-1 Portimonense (27/07/2014)
JOGOS
45
GOLOS
2
ÉPOCAS
13/15
Foto de Rui da Cruz retirada do site zerozero.pt

Formado em clubes importantes do Brasil, Dalbert chegou a Viseu sem se saber muito sobre o mesmo.

Na primeira época, 2013/2014, chegou apenas no chamado “mercado de inverno”. Demorou um mês a estrear-se e fez logo os 90 minutos com o União da Madeira. No jogo seguinte, frente ao Feirense, saiu lesionado. Essa lesão fez com que ficasse um mês de fora. Regressou, fez dois jogos, e voltou-se a lesionar desta vez até final da época.

A segunda época, 2014/2015, foi completamente diferente. No total fez 41 jogos, todos como titular, sendo substituído em 4 ocasiões. Marcou dois golos, ao Portimonense para a Taça da Liga – o seu primeiro golo ao serviço do nosso clube - e frente ao Aves no Fontelo (3-0). Foi expulso três vezes, o sinal menos de uma época muito boa.
Foi o jogador academista que mais vezes foi considerado o melhor em campo, ou seja, 7 vezes e também foi eleito uma vez como o jogador do mês, em janeiro de 2015.

Saiu para o Vitória de Guimarães (15/16) e começou pela equipa B, tendo mesmo defrontando o Académico, no entanto rapidamente chegou à equipa principal, deu nas vistas e transferiu-se para o Nice de França.


Depois de uma época de sucesso em França, transferiu-se para o gigante Inter de Milão w «obrigando» muita gente a conhecer o Académico de Viseu!

5 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns Dalbert. Na retina ainda está aquele golo espantoso de fora da área, marcado na época passada!

Carlos Silva

terça-feira, 08 setembro, 2015
Anónimo disse...

O Académico, ganhou alguma coisa com a sua transferência, ou ainda mantém alguma % do passe?

Miguel

quinta-feira, 08 setembro, 2016
José Ferreira disse...

Falava-se de 5%. O Dalbert, pelos vistos, custou ao Nice 2 milhões de euros o que dá 100 mil euros para o Académico.
Já não deve ter nenhuma percentagem.

quinta-feira, 08 setembro, 2016
Anónimo disse...

Obrigado. Espero que vá longe e que de quando em vez apareça no Fontelo.

quinta-feira, 08 setembro, 2016
Paulo Teixeira disse...

Titular indiscutivel no Nice ao lado de Dante e possivelmente Balotelli.
Motivo de grande orgulho para todos academistas, por mim desejo-lhe toda a sorte do mundo e a esperança de um dia ve-lo novamente com o manto sagrado vestido.

Paulo Teixeira sócio 433

sábado, 10 setembro, 2016