sábado, julho 05, 2014

Ac. Viseu FC 2-2 CD Tondela

Não é fácil escrever sobre um jogo destas características, muitas substituições, os equipamentos são os de treino - logo sem nome nem números nas costas - e ainda muitos jogadores desconhecidos,  bem como jogadores conhecidos embora não estejam formalmente apresentados como atletas do Académico. Para a história fica o primeiro onze da época do Académico: Ivo Gonçalves; Tiago Costa, Pedro Santos, Vinicius e Ricardo Ferreira; João Ricardo, Dino e Alex Porto; Luisinho, Guti e Paulo Roberto.

Começou bem o Académico com uma jogada de combinação no flanco esquerdo, entre Luisinho e Ricardo Ferreira, com o defesa esquerdo a centrar para Alex Porto que não conseguiu desviar para a baliza. O Tondela, pouco depois, também esteve perto do golo mas Ivo Gonçalves foi enorme a fazer a mancha.

Ainda antes do final do primeiro quarto de hora chegou o momento maior de toda a partida. Luisinho, a meio do meio campo, arranca um remate espectacular que só pára no fundo da baliza de Rui Nereu, um atleta que já jogou na Liga dos Campeões. Que golo!

Já com Nélson Sampaio (outro jogador que ainda não foi apresentado) no lugar de Pedro Santos (pareceu-nos tocado) o Tondela chegou ao golo, foi na sequência de um pontapé de canto com um tondelense ao segundo poste a empatar a partida.

Ao intervalo empate a um.

O segundo tempo começou praticamente com o segundo golo da partida. Pontapé livre lateral apontado por Filipe Nascimento (tem pinta o miúdo) Nelson Sampaio ao segundo poste dá para o meio onde Tiago Gonçalves empurrou para o 2-1. Um lance que, ou muito nos enganamos, ou vamos vê-lo muitas vezes ao longo da época.

Com boas trocas de bola - com Gabi a mostrar o que já sabíamos, é craque - o Académico teve então um bom período. Podia num dos lances ter feito o 3-1 mas Sandro Lima demorou muito a soltar a bola e quando a soltou Marcel estava em fora de jogo.

O Tondela encheu-se de brio, acercou-se da baliza academista por várias vezes, mas só criou real perigo num lance em que Nelson Sampaio perdeu a bola de forma infantil, obrigando Rodrigão a boa defesa. Por falar em Rodrigão diga-se que o único guarda redes que não foi utilizado foi Nuno.

A poucos minutos do fim Rúben Saldanha (pensamos que foi ele) empatou a partida, muita cerimónia a tirar a bola e o ex Leixões rematou de fora de área de forma certeira.

Enfim, um jogo de pré época...

7 comentários:

Leonardo disse...

Um central experiente, um ponta de lança e um extremo para os flancos, pareceram as carências mais notórias. Bons apontamentos de João Ricardo, Luisinho, Besirovic e Filipe Nascimento.

sábado, 05 julho, 2014
Paulo Cardoso disse...

Pelo que pude assistir o centro da defesa precisa de um jogador com mais calibre, um extremo também acho necessário! Meio campo parece me sem 2as opções válidas! Nota positiva para : Filipe Nascimento, Gabi, Carneiro e Vinícius

sábado, 05 julho, 2014
Anónimo disse...

Como estava de público?

sábado, 05 julho, 2014
Anónimo disse...

Marcel é craque, não engana...

sábado, 05 julho, 2014
Anónimo disse...

Camisolas de treino? e bilhetes a 5 euros, mesmo sendo para a Cruz Vermelha. Os 180 espectadores mereciam mais respeito.

domingo, 06 julho, 2014
Anónimo disse...

Parabéns à direcção pelo que já vi nos novos equipamentos o emblema está com as cores certas e não invertidas.


Rui J.

domingo, 06 julho, 2014
--FD disse...

Ainda não tive a oportunidade de ver as camisolas principais mas tendo em conta a camisola branca e as de treino que têm o verdadeiro símbolo estampado, acredito que finalmente vamos ter o emblema correcto nas nossas camisolas! Espero mesmo não estar enganado :) .

segunda-feira, 07 julho, 2014