terça-feira, maio 30, 2017

Recordar: Filipe Moreira

NOME COMPLETO
Filipe José Oliveira Moreira
NOME
Filipe Moreira
DATA DE NASCIMENTO
30/05/1964
NATURALIDADE
Ericeira
POSIÇÃO
Treinador
ESTREIA
Ac. Viseu 2-0 Tourizense (25/11/2012)
ÚLTIMO JOGO
Sp. Braga B 1-0 Ac. Viseu (28/12/2013)
JOGOS
53
VITÓRIAS
21
EMPATES
15
DERROTAS
17
GOLOS MARCADOS
64
GOLOS SOFRIDOS
44


Foto de Rui da Cruz retirada do site zerozero.pt

Filipe Moreira ficará para sempre conhecido como o treinador que levou o Académico de Viseu aos palcos do profissionalismo, quinze épocas depois. Ficam algumas curiosidades:

Utilizou 43 jogadores. Zé Rui, com 51 jogos, foi o jogador mais vezes utilizado pelo ex treinador do Académico de Viseu. Seguiu-se Tiago Gonçalves com 48, Luisinho com 47 e Bruno Loureiro com 43.

Zé Rui foi também o jogador mais vezes utilizado pelo ex treinador do Académico na qualidade de titular. Foi titular por 46 vezes, mais quatro que Tiago Gonçalves e mais seis que Luisinho e Bruno Loureiro.

Casal, Patrick, Bruno Grou, João Rosas e Pedro Ribeiro nunca foram titulares com Filipe Moreira.

Diogo Alves, em 14 ocasiões, foi o jogador que mais vezes foi usado vindo do banco de suplentes. Neste item seguiram-se Kifuta (11), Marco Almeida (11) e Johnny (10).

Foram marcados 64 golos, assim distribuídos: Zé Rui (7), Hélder Rodrigues (7), Cafú (7), Horácio (6), Kifuta (5), Marco Almeida (5), Luisinho (3), Bruno Loureiro (3), Paulo Monteiro (3), Cláudio (3), Ouattara (2), Calico (2), Campinho (2), Leonel (2), Thiago Pereira (2), Capela (2), Tiago Gonçalves (1), João Alves (1) e Campinho (1).

Se escolhermos uma equipa tipo, tendo em conta o número de jogos em que foram titulares, seria esta: Nuno Ricardo; Calico, Tiago Gonçalves, Cláudio e Campinho; Ibraima, Bruno Loureiro e João Martins; Zé Rui, Luisinho e Cafú.

3 comentários:

ribeiro disse...

obrigado mister, grande homem, boa sorte no futuro

domingo, 05 janeiro, 2014
Anónimo disse...

um Homem que deixou a sua marca no Académico e que fez aquilo que agora parece ter sido fácil, mas em 15 anos, a verdade é que estivemos bem longe dos Campeonatos principais.
Não teve a sorte que merecia, pois nas últimas jornadas, especialmente as 2 últimas o Académico teve resultados (maus) que não corresponderam às boas exibições em largos períodos dos 2 jogos.
Ficou o seu currículo mais rico com esta experiência no Académico que o ajudará, certamente, a ter sucesso na sua carreira, podendo atingir a breve prazo o comando de uma equipa na 1ª Divisão.

Espero sinceramente que tudo tenha decorrido de forma correta entre ambas as partes, Académico e Filipe Moreira, no fim de um ciclo que no Futebol é algo que estamos de estar sempre preparados para ver acontecer e desejar a quem nos serviu as maior felicidades na sua carreia esperando que saia com um "coração" Academista e que esteja onde estiver leve um pouco da Alma Beirã.

Para o novo Treinador Ricardo Chéu a maior sorte do mundo e para ele peço, como sempre o fiz para Filipe Moreira, o APOIO de TODOS os ACADEMISTAS, pois Nós SOMOS o ACADÉMICO!

Bom ano de 2014 para TODOS!

Carlos Silva

domingo, 05 janeiro, 2014
Paulo Teixeira disse...

Um homem que ficará na história do nosso Académico.

sexta-feira, 30 maio, 2014