sexta-feira, maio 16, 2014

Comunicado da direcção

Assunto: No dia em que tudo estava tratado para rubricar acordo válido com Ricardo Chéu, a direção academista é surpreendida com a informação da ligação do treinador ao Penafiel.

A direção do Académico de Viseu Futebol Clube informa que, depois de existência de um
acordo de cavalheiros entre o Presidente do clube António da Silva Albino, Ricardo Chéu, o seu empresário, e ainda no dia em que todas as condições estavam reunidas para a assinatura do contrato entre as partes, o clube é surpreendido com a informação de que o ex treinador academista não iria comparecer no local da assinatura, faltando por isso à honra da palavra.

Lamentando o ato, o Presidente academista vem, por este meio, manifestar a sua estranheza pelo sucedido e dar uma palavra de força e total confiança a todos os sócios, simpatizantes academistas e viseenses, garantindo que a grandeza do clube ultrapassa todos estes pequenos percalços e que, certamente, uma nova solução para encontrar a próxima equipa técnica irá ser ponderada com determinação.

O Presidente


António da Silva Albino

7 comentários:

Viriatus disse...

Por favor...o Vitor Paneira não!

sexta-feira, 16 maio, 2014
Paulo Teixeira disse...

Esta direcção já deu provas que faz tudo pelo nosso Académico por isso não estou preocupado com tudo isto que esta a acontecer.
O sr Ricardo Cheu não quer ficar em Viseu pior para ele, que vá á sua vida outro virá com ganas e vontade de fazer melhor que este ano.
Força Presidente eu e de certo com muitos academistas estão consigo.

Paulo Teixeira sócio 752.

sexta-feira, 16 maio, 2014
Anónimo disse...

Será este o novo treinador do academico?


http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=478037

sexta-feira, 16 maio, 2014
Paulo Teixeira disse...

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=478037


Porque não?
foi nosso jogador em 1998, conhece o clube e é da região, e já agora se vier com alguns jogadores desta equipa também não é mau não!

Paulo Teixeira sócio 752.

sexta-feira, 16 maio, 2014
Anónimo disse...

Nao Ha que Levar a mal. Todos querem o melhor para si.......
O Ricardo Cheu quer treinar na 1ªLiga ( Liga Zon Sagres ) A vida de treinador e um risco e como tal vai arriscar .........E a vida.
Se fosse pra 2ªLiga .Bom ai nao compreenderia bem .Mas querer ir pra 1ªLiga e normal. ( E a ambiçao a funcionar ).
Mas certamente que o Academico ira encontrar substituto a altura dos pregaminhos do Clube.

sexta-feira, 16 maio, 2014
Anónimo disse...

Não gosto desta atitude de vitima por parte da direcção.

Ele não tinha contrato e foi à vida dele. Pior fez ele quando deixou o Mirandela, a duas ou três jornadas do final da fase regular e com a equipa a lutar pela próxima fase e assinou pelo Académico. Portanto, já sabiam quem tinham e com tinham agido antes.

Portanto, grave para mim não é isto. Grave, foi o seu comportamento aquando do caso Belenenses, onde em nenhum momento desmentiu as noticias que davam conta da sua vontade em ir para Lisboa.

Numa altura critica da época, mesmo que ele tivesse a vontade de sair, que era legitima, após o momento em que o belem contrata outro treinador, devia desmentir por completo as noticias. Mesmo que estivesse a mentir, o que importava era dar um sinal à equipa que estava com eles a 100%. E isso não aconteceu. E a partir daí, os jogadores nunca mais deixaram a pele em campo como antes. E perdeu-se aquela chama que nos poderia conduzir à subida.

Por isso não fico saudoso deste treinador. Acho que os bons resultados que teve, foram fruto de uma libertação dos jogadores de um treinador que já não suportavam. Os maus vieram depois do caso belenenses. Portanto, foi essencialmente, a componente psicológica que mais afectou o rendimento da equipa este ano. A substancia, essa foi pouca.

Agora uma coisa é certa, trocou uma liga inferior por uma superior, mas a nível de clube não.

Miguel

sexta-feira, 16 maio, 2014
--FD disse...

Excelente análise do Sr Miguel. Não podemos condenar a atitude do mister em procurar um clube de outro campeonato. A atitude errada foi, na minha perspectiva, a não comparência - mesmo que fosse para recusar. Mas atenção que só conhecemos uma versão, apesar de o mister Ricardo Cheu não a ter desmentido (pelo m nos para já).

Resta desejar a maior sorte pessoal e profissional ao Ricardo Cheu - fez um bom trabalho no Clube e o Académico catapultou-o - e desejar muita vontade e capacidade de trabalho ao futuro plantel academista.

sexta-feira, 16 maio, 2014