domingo, março 02, 2014

UD Oliveirense 0-2 Ac.Viseu FC

Estádio Carlos Osório, 2 de março de 2014
32ª Jornada da Liga 2 Cabovisão
Árbitro: José Laranjeira (Coimbra)

Oliveirense: João Pinho; Steven, Banjai, Sérgio e Califo (Ângelo, 75); Godinho, Laurindo e Rui Lima; Ely (Hélder Silva, 62), Yero e Renan (Carlitos, int). Treinador: Artur Marques.

Ac. Viseu: Ricardo Janota; Tomé, Thiago Pereira, Cláudio e Tiago Costa; Capela e João Alves (Tiago Rosa, 86); João Martins (Fausto Lourenço, 75), Bruno Loureiro e Luisinho (Zé Rui, 78); Cafú. Treinador: Ricardo Chéu.

Expulsão: Laurindo 90+3

Golos: João Martins 44 gp (0-1), Cafú 68 (0-2)

(festejos do primeiro golo academista)

O Académico de Viseu deslocou-se a Oliveira de Azeméis e derrotou a formação da casa por duas bolas a zero. Os golos foram apontados por João Martins e Cafú.
Para ver fotos e videos podem clicar em http://acviseu-em-fotos.blogspot.pt/2014/03/oliveirense-0-2-ac-viseu-2013-2014-ii.html.


A primeira conclusão que se pode tirar deste jogo é que a exibição e a vitória são de uma equipa com estofo de campeões.
O relvado/batatal/terreno agrícola estava impraticável e com o decorrer do jogo foi piorando, porque a chuva tambem não parou. Houve lances caricatos, bolas presas...enfim, nao foi propriamente um jogo de futebol, mas sim uma luta na lama com bola. Mas apesar destas condições, o mais importante é que a equipa academista foi a que melhor se adaptou ao terreno e dominou por completo o jogo.
Dá gosto ver a equipa lutar, jogar, fazer pressão, procurar sempre a baliza adversária, nao se limitando a defender.
Bem, mas entrando no detalhe do jogo, a verdade é que nos primeiros 15 minutos, a Oliveirense entrou um pouco mais perigosa, com Rui Lima a comandar as operações.
Houve alguns passes deste ex-Boavista para os avançados da casa que criaram algum frissom, mas nada mais do que isso porque a defensiva do Académico esteve sempre bem e nao deixou criar ânimo na equipa da casa.
O Académico ia explorando o contra ataque mas a bola por vezes nao rolava e evitava lances rápidos.
Aos 25 minutos num desses contra ataques, João Martins aparece dentro da área sobre o lado direito e remata para boa defesa de João Pinho.
Aos 30 minutos a 1ª verdadeira oportunidade da Oliveirense, após um centro da esquerda aparece Rui Lima antecipando-se a Thiago Pereira e a bola saiu pouco o lado da baliza do seguro Janota.
Foi um remate em peixe... o que é coerente com o terreno alagado..
2 minutos depois, um canto para o Académico , a bola sobre para Bruno Loureiro que à entrada da área remata por cima, longe de perigo.
O Académico começou a tirar o jogo à Oliveirense e a comandar no meio campo, com Bruno Loureiro, João Alves e João Martins em bom plano na tentativa de empurrar para a frente a equipa. Cafu fazia tambem um grande papel na frente, segurando a bola, furando pela defesa oliveirense e colocando em sentido os adversários.
Em sequência disso, João Alves remata para defesa do Guarda-Redes e obtém-se novo canto.
Desse canto ,surge Thiago a cabecear e a bola passa rente ao poste.
Nao durou muito a criarmos perigo na área da Oliveirense novamente e após um canto, surgem algumas tentativas de remate, a bola sobre para Luisinho que sobre o lado direito da grande área remata e a bola muda de trajetória devido á mão de um defesa.
Pénalti aos 45 minutos. Mesmo a calhar!
Para a maração, surge João Martins . Parte para a bola... remata e Goooooooooooooooooooolo
 ACADÉMICO! Bola colocada no poste direito sem hipótese de defesa.

video




Imediatamente após a reposição de jogo, o árbitro apita para o descanso.

Ja que estamos no intervalo e descanso para os jogadores e adeptos, uma palavra para os adeptos do Académico (cerca de meia centena) que ficou os 90 minutos à chuva e ao frio, ensopados de chuva mas tambem com um bom apoio, que se fez bem ouvir. É importante a equipa sentir este apoio constante nos jogos fora de casa. Parabéns à claque e aos restantes adeptos.

Início da 2ª parte.
A segunda parte comecou com o Academico a mostrar que queria mandar no jogo ainda mais. Pegou no jogo, adaptou/se bem ao terreno, retirava linhas de passe a Oliveirense e disputava cada lance como se fosse o ultimo. E bom ver esta entreajuda e garra com espirito de equipa.
Decorrente dessa pressao e do ganhar quase constante de bolas, a supermacia foi evidente. E come;aram a aparecer mais lances na area contraria.
Num livre sobre a direita, Bruno Loureiro cruza e Cafu cabeceia , desviando a bola para o segundo poste onde por pouco nao apareceu um academista a finalizar
Continuavamos pressionantes, a criar jogadas de entendimento com destaque para o trabalho de Joao Alves e Luisinho a desequilibrar, com Cafu a mostrar que ainda ia molhar a sopa!
Apos uma boa jogada de Joao Martins, Luisinho finta dentro da area e remata em arco com a bola a  passar 1 metro acima da barra.
Mais uma jogada de perigo surge, com remate do incansavel Cafu à entrada da área , mas a bola saiu ao lado.
A Oliveirense decide responder , ja quase ninguem se lembrava que havia adversario porque os jogadores mais importantes na primeira parte foram engolidos pelo Academico. Mas Laurindo surge n esquerda e remate com perigo mas surge um defesa academista e foi canto.
Entao surge mais uma jogade de bom envolvimento na esquerda, com Tiago Costa, Joao Martins e Luisinho a trabalharem bem. A bola fica nos pes do nosso 7 que finta bem o defesa direito, senta no chao o defesa, entra com perigo na area , cruza para Cafu e este na pequena area nao se faz rogado e GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLOOOOOOOOOOOO, de cabeca!

Golo merecido e muito festejado.
A partir daqui o jogo fica decidido e comecam as substituicoes no Academico para refrescar meio campo e ataque.
Foram se sucedendo as entradas de Fausto, Ze Rui e Tiago Rosa entraram , para as saidas de Luisinho, Joao Martins e Joao Alves.


Ate final a registar 2 oportunidades para o Academico por Fausto e Cafu que nao conseguiram dar o melhor seguimento.
O final do jogo chegou e os 3 pontos viajaram ate Viseu, muito justamente.
Esta equipa respira qualidade, seguranca e alma. Vamos ver o que conseguem fazer ate final da epoca mas os primeiros lugares nao sao uma miragem!

Proximo Domingo esperamos obter a nossa primeira vitoria contra uma equipa B dos 3 grandes esta epoca. E logo depois uma deslocacao ao Porto B para a primeira vitoria fora contra uma equipa B ;]

12 comentários:

Anónimo disse...

Mais um excelente resultado num jogo jogado num batatal.
O nosso Académico esteve sempre por cima e mereceu completamente o resultado, que poderia ter sido mais dilatado.
Onde estariamos se não tivesse havido teimosias do sr. FM.
Muitos parabéns ao sr. Chéu, que fez uma leitura perfeita, uma vez mais.
Agora vamos ver o que nos reserva a arbitragem de mais um "B". Espero que não seja mais uma "B"ergonha e que o Académico possa jogar sem ser roubado indecentemente.
Subir já não deverá ser possível e se calhar nem seria desejável, mas queremos que o nosso Académico ganhe sempre e se perder que seja no campo, no futebol e não nos bastidores.
Orgulho em ser Académico! Hoje em Oliveira de Azeméis, num batatal, na próxima semana no nosso FONTELO.
Academistas, TODOS ao FONTELO!

domingo, 02 março, 2014
Anónimo disse...

A este ritmo, CAFU poderia ser melhor marcador da liga Cabovisão
Força Académico de Viseu...

domingo, 02 março, 2014
562 disse...

Mais uma grande vitória do Académico! Parabéns equipa!

Mas hoje, deixo aqui uma nota de louvor aos Academistas que foram a Oliveira de Azemeis e que resistiram à chuva que não parou de cair.
Parabéns. Não tenho dúvida que a nossa presença foi inspiradora para a equipa.

Hoje foi mais um daqueles jogos em que, em princípio, venceria quem tivesse mais sorte, pois o terreno parecia uma horta. Bem sei que a oliveirense não tem culpa, mas que estava muito mau, estava. As jogadas saíam comprometidas em ambos os lados. Ainda assim, o Chéu leu muito bem o adversário e o jogo e, salvo raras excepções, o Académico esteve sempre melhor.

Na 2ª parte o domínio do Académico foi total, com muitas bolas junto à área da Oliveirense e muito poucas junto à baliza do Janota.
Os jogadores foram bravos e lutadores, merecendo totalmente a vitória.

Acho que não faz muito sentido falar no jogo jogado porque, de facto, não houve muito futebol. O Académico saiu por cima porque soube ser mais organizado mas, naquele terreno não era possível jogar futebol.

Quanto aos jogadores, gostava de referir que todos lutaram até ao limite. Particularizando, o Janota esteve seguro; o Tomé adaptou-se bem ao jogo, já que é um jogador ofensivo e que gosta de conduzir a bola, algo que hoje foi manifestamente impossível; a dupla de centrais esteve irrepreensível; o Tiago Costa...QUE JOGADOR; no meio-campo destacou-se, naturalmente, o Capela devido ao seu poder físico; o Cafu teve muitas dificuldades para se impor devido ao terreno, mas, bem solicitado pelo Luizinho, facturou mais uma vez.

90 minutos muito duros mas em que a camisola do CAF saiu dignificada.

Parabéns ao universo CAF!

domingo, 02 março, 2014
Anónimo disse...

Parabéns pela vitoria! Força Académico!! Domingo vamos ganhar ao sporting b,vai ser o prémio pelo esforço que têm feito nesta epoca.. Força Académico!! Vamos crescer,vamos mostrar que somos grandes, e os viseenses têm que se unir em prol do clube e vai ver como o clube pode ser grande..

domingo, 02 março, 2014
Anónimo disse...

Campeonato Nacional da 2ª Liga
32ª Jornada, 2 de marco de 2014 – Estádio Carlos Osório (Oliveira de Azeméis)
Oliveirense - 0; Ac. Viseu – 2

Ricardo Janota na Baliza,
Tomé, Thigo Pereira, Cláudio, Tiago Costa,
Bruno Loureiro, João Martins, João Alves e Capela;
Luisinho e Cafú.
Entraram na 2ª parte: Fausto e Zé Rui e Tiago Rosa para os lugares de João Martins, Luisinho e João Alves

Marcadores: João Martins (grande penalidade - 1ª parte); e Cafú (2ª parte)

Treinador: Ricardo Chéu

Vitória escassa para tanto domínio, num relvado impraticável, especialmente na zona central. Um Académico de grande categoria, que mesmo perante condições tão adversas consegue produzir um futebol, em certos momentos do jogo que até parece que o piso está normal, puro engano, pois jogar perante condições tão adversas exige um esforço quase sobre-humano para aguentar os 90 minutos, mas os jogadores do Académico foram uma vez mais um exemplo de profissionalismo, entrega, atitude, vontade de vencer, que só podem merecer os elogios e o APOIO de todos os Sócios e ADEPTOS do Académico, que têm de comparecer em grande número, já no próximo domingo às 3 da tarde no jogo com o Sporting. Vamos bater o recorde de Assistência da 2ª Liga, desta época por muito e bons anos! O jogo é num domingo, às 3 da tarde, uma tarde que promete ser soalheira, daí que não há desculpa para não estar no Fontelo, a APOIAR o Académico!
Voltando ao jogo, 1ª parte com as equipas muito encaixadas, muita luta no meio-campo, poucas ocasiões de golo, sendo o Académico a primeira equipa a criar verdadeiro perigo no lance em que a bola é rematada para a baliza e com a mão um defesa da Oliveirense impede a sua trajectória normal. Penalti claro, muito bem convertido por João Martins, embora com o guarda-redes da Oliveirense a adivinhar o lado da bola, mas esta ia muito bem colocada e estava feito o 0-1 par ao Académico mesmo a terminar a 1ª parte, óptima altura (são todas -:) para marcar um golo!
Na 2ª parte, quando se esperava uma reacção da Oliveirense, efectivamente tal não aconteceu, muito por falta de capacidade desta equipa. É verdade, mas mais pela excelente atitude dos jogadores do Académico que foram sempre em busca de mais golos e criaram várias oportunidades para o conseguir, apesar repito do estado calamitoso do relvado/empapado.
Na melhor jogada do desafio, Luisinho ganha no seu corredor e faz um cruzamento perfeito para Cafú que marca um golo de grande categoria, numa execução perfeita de cabeça.
Se até aí a equipa da Oliveirense pouco ou nada tinha feito, com o 2-0 desmoralizou por completo e então até final foi um festival do Académico com vários lances bonitos e várias ocasiões de golo desperdiçadas, a mais flagrante de todas por Fausto já mesmo muito perto do fim da partida, em posição frontal, remata para fora, quando o golo parecia ser mais do que certo.
Mas o resultado estava feito, a vitória estava garantida, o objetivo de ficar À frente de Beira-Mar, Covilhã e Tondela, está mais próximo de ser atingido, bem como o de ficar À frente de Farense e Chaves, nosso companheiros de subida.

(Continua)

Carlos Silva

domingo, 02 março, 2014
Anónimo disse...

(Continuação)

Quanto a outros objetivos, eles são simples de definir, jogo após jogo, ter esta atitude, esta entrega, que hoje esteve bem presente, tal como no jogo com o Benfica B, e nos anteriores, e certamente mais vitórias iremos conseguir e com isso gradualmente iremos trepando lugares na tabela classificativa.
Em jeito de comparação e para quem não assistiu ao jogo, posso dizer-vos que esta vitória em nada foi parecida com a de Santa Maria da Feira, pois aí o Feirense jogou muito e bem, e de alguma forma tivemos a sorte do jogo para resultado tão expressivo (embora a nossa vitória fosse justíssima), hoje, ao invés nós jogámos muito, muito mais do que a Oliveirense e o resultado é escasso. Não haverá um único adepto da Oliveirense que diga que a nossa vitória não é mais do que justa.
Exibição de grande categoria, perante terreno muito complicado!
Em termos individuais destaco uma vez mais Janota, pouco trabalho, mas seguríssimo nas poucas intervenções que teve, sem um único erro.
Cláudio a classe do costume, imperial neste terreno nada ao seu jeito.
Tiago Costa, talvez a melhor exibição, correu por 3, um jogador que veio ajudar e muito o Académico. Tomé, bem a defender e a atacar.
Luisinho, jogo espantoso, perante as condições nada do seu agrado, nem de ninguém, com uma assistência de categoria superior par ao 2º golo, marcado por Cafú, na melhor jogada de todo o encontro.
Cafú, o empenho de sempre, o golo do costume, mais uma exibição ao nível dos que nos habituou.
Em resumo grande vitória do Académico num campo, onde o raramente perdia é verdade, mas onde tb raramente ganhava, que me lembre.
Saúda-se o regresso de Tiago Rosa, após lesão prolongada. Bem-vindo ao grupo, mais um jogador de grande categoria para AJUDAR nestas 10 jornadas finais.

Arbitragem em bom nível, sem um único erro grave, embora, para meu gosto, apitasse em demasia, pois perante terreno tão difícil o contacto era inevitável e isso deveria ter sido em conta, em minha opinião, para adotar um critério mais largo. Mas justiça seja feita, apitou de forma igual par aos 2 lados e quando assim é, nada a dizer


Nota para os muitos adeptos do Académico que se deslocaram a Oliveira de Azeméis, apoiando do início ao fim o Académico, em especial a Claque, hoje, mais uma vez muito bem, naquilo que sabem fazer melhor, e que se devem sempre e só limitar a isso, APOIAR o Académico!
Hoje estão de parabéns pois fizeram-no com grande categoria, arrastando os restantes adeptos do Académico no apoio À equipa, apesar da chuva constante que se fez sentir



Bem, vamos jogo a jogo, jogar com alma, com atitude, com confiança, com o APOIO de TODOS e vamos pensar apenas e só nisso, cada jogo, é um jogo em que podemos conseguir uma vitória. Faltam 10 jogos e é assim que temos de pensar em todos.

No próximo domingo, não pode haver um único Academista a ficar em casa, pois a equipa tudo tem feito para merecer o apoio dos adeptos, e às 15H00 de domingo, dia 10 de março, o Académico recebe no Fontelo o Sporting B. Há que divulgar junto de toda a gente esse jogo, o dia e a hora do mesmo e fazer com que o Fontelo seja novamente aquele sítio mítico onde quando o Académico joga, há romaria, tal como já aconteceu no jogo com o Benfica!
O Académico precisa de rapidamente chegar aos 3 mil sócios e isso só se consegue com bons resultados e boas exibições em 1º lugar, estão a acontecer e são o mais difícil de conseguir, mas têm de ser acompanhadas de uma adesão massiva à campanha de angariação de Sócios, promovida e muito bem pela Direção do Académico.

(continua)

Carlos Silva

domingo, 02 março, 2014
Anónimo disse...

(continuação 2)

Para o jogo com o Benfica os bilhetes podem ser adquiridos, antecipadamente, para evitar as filas no dia do jogo, no Palácio do Gelo, sendo que por apenas 6 euros é possível ver o jogo em posição central, na bancada nascente.

Mas para não se perder tempo nas filas, o melhor mesmo, é ser sócio do Académico, algo que se pode conseguir, também, na Loja do Académico, no Palácio do Gelo


VAMOS TODOS APOIAR O ACADÉMICO!


Nós Somos o Académico! Nós Fazemos o Académico!

Sê Sócio e traz um amigo!

Força Académico!
Força Ricardo Chéu

Carlos Silva

domingo, 02 março, 2014
Paulo Teixeira disse...

Enorme a vitória do nosso Académico, ganhar neste terreno não é para todos mas sim só para campeões, uma vitória que veio mesmo a calhar depois do escandalo na jornada passada no Fontelo, acredito que neste momento podemos bater qualquer equipa deste campeonato é preciso é que nos deixem...
Próxima jornada é muito importante, uma vitória frente ao Sporting pode levar-nos ao oitavo lugar isto se Chaves e Tondela não vençam os seus adversários é este o objectivo que todos nos devemos centrar depois é continuar a ganhar e no final fazemos as contas e qualquer posição que a gente se encontre vamos certamente ficar todos felizes pois o nosso objectivo está feito, já sofremos muito esta temporada e sabe tão bem o lugar tranquilo onde nós estamos!
Próximo domingo todos ao Fontelo, vamos colorir aquele local mitico e mostrar á Liga e outros organismos quem somos, talvez alguns irão corar de vergonha daquilo que se passou no sabado, é a melhor maneira de mostrar do que a gente gosta.

Paulo Teixeira sócio 752.

domingo, 02 março, 2014
Anónimo disse...

Estive no jogo e queria dizer que não só o terreno de jogo, mas também o estádio em si é HORRÍVEL!! Cara FPF, está sempre com o raio dos olhos dentro dos campos, não vê que aquilo é estádio de DISTRITAIS!!!
Seja como for, o AVFC mostrou qualidade e é uma equipa que está preparado para maiores voos e com esta vitória o AVFC diminuiu as distâncias para GD Chaves ( era 4 passou a 2 porque Chaves empatou a 1 golo com o Feirense) ; CD Tondela (era 5 passou a 2 porque o Tondela perdeu 1-0 no Porto frente à equipa B da casa) e está apenas a 9 pontos da possível subida à 1ª Liga ( o 3º classificado da 2ª Liga disputa playoff com o 15º da 1ª Liga, quem ganhar vai à 1ª Liga, neste momento é o Portimonense que ocupa esse lugar, mas a mentalidade é jogo por jogo). Por fim deixo as notas dos jogadores academistas:

Melhor em campo: Tomé - 4 : Pouco a dizer sobre um jogador desta imensa qualidade. Um grande remate de fora de área que quase dava golo

Ricardo Janota - 3.5 : seguro como sempre, uma ou outra falha mas não tira brilho à exibição do GR academista com uma mãe muito generosa ( sou amigo de um jogador academista que hoje não jogou e ele disse que a mãe do nosso GR levou 50 pasteis de Belém para os nossos jogadores! )

Tiago Costa - 3 : seguro no ataque e na defesa

Cláudio - 4 : continua a mostrar o porquê de ser capitão

Thiago Pereira - 3.5 : boa alternativa a Paulo Monteiro

João Alves - 4 : saiu lesionado perto do fim, mas fez um grande jogo

João Martins - 4 : marcador do 1º golo academista num pénalti em que não dá hipóteses ao guardião contrario, boas movimentações no meio campo, é um jogador sempre importante

Bruno Loureiro - 4 : imperial no centro de jogo viseense, bons remates como é típico dele, um que quase dava golo

Cafú - 4 : é um jogador incrível, percorre um campo como um miúdo de 20 anos! Se não mostra BI, ninguém pensa que ele tem 36 anos!!

Luisinho - 3.5 : tem andado um pouco apagado, em resultado do cansaço acumulado de outro jogos mas teve uns pormenores interessantes
Suplentes

Fausto Lourenço - 3 : fez boas combinações com os homens do meio campo e ainda teve tempo de falhar um golo feito a LITERALMENTE 1 metro da baliza

Zé Rui - 0 : aquele homem que jogou com a camisola do nosso Zé não sei quem era mas não era ele. Perdeu-se por completo aquele fantástico extremo do nosso AVFC. Parece uma barata tonta... Quer dizer, pelo menos as baratas, ainda que tontas mas mexem-se. Ele bem sequer se mexia!

Tiago Rosa - 1 : jogou 5 minutos para substituir o lesionado João Alves

segunda-feira, 03 março, 2014
--FD disse...

Grande atitude dos nossos jogadores que deram uma resposta positiva depois do roubo da jornada anterior contra o Benfica - que parece que foi "transportado" para a equipa A no jogo de ontem contra o Belenenses.

Na próxima jornada era bom que tivéssemos uma boa casa para ajudar estes fantásticos atletas a conseguir mais uma vitória. Penso que com 45 pontos o objectivo da manutenção está assegurado e agora é lutar pela melhor classificação possível. Se mantivermos os pés muito bem assentes na terra e se formos preparando a próxima época penso que poderemos criar um grupo muito forte e quem, sabe, daqui a uns anos lutar por uma subida de divisão - não vale a pena ter pressa; mais difícil do que subir é conseguir ficar por lá.

O grupo de trabalho merece todo o nosso apoio. Infelizmente nem todos podem jogar - por exemplo o Zé Rui e o Ibraima passaram de titulares a suplentes ou não convocados e acredito que não estejam a passar um momento fácil. Há que continuar a trabalhar e ter o objectivo de dificultar a tarefa ao mister no momento de escolher os convocados. A todos eles muita, muita força!

Gostava também de dar os parabéns ao Cafu pela sua juventude e enorme entrega. Há uns meses era um jogador desempregado e agora é um dos melhores marcadores da Segunda Liga. Se os golos de penalty não forem contabilizados é mesmo o melhor. Destacado! http://www.maisfutebol.iol.pt/estatisticas/291/portugal/liga-de-honra

Força Académico de Viseu!


segunda-feira, 03 março, 2014
João Nunes disse...

FD, estas estatisticas do maisfutebol, são engraçadas, pena não saberem atualizar o simbolo do Académico. Mas aquando do penalty contra o Covilhã, souberam passar o filme.

segunda-feira, 03 março, 2014
Anónimo disse...

plenamente de acordo com a analise individual do ze rui,não percebo o que se passa com ele,não é o mesmo,cada vez que entra anda perdido, não corre,parece que não tem motivação..mesmo que queira o lugar no 11 a entrar assim nos jogos não vai longe.. Ze Rui volta ao que eras de antes que o clube precisa de ti

segunda-feira, 03 março, 2014