sexta-feira, março 24, 2017

Recordar: Joaquim Rocha

NOME COMPLETO
Joaquim Teixeira da Rocha
NOME
Joaquim Rocha
DATA DE NASCIMENTO
24/03/1952
NATURALIDADE
Castelo de Paiva
DATA DE FALECIMENTO
01/12/2003
POSIÇÃO
Avançado
ESTREIA
Sp. Braga 4-0 Ac. Viseu (27/08/1978)
PRIMEIRO GOLO
Ac. Viseu 1-0 Académico (17/09/1978)
JOGOS
23
GOLOS
9
ÉPOCAS
78/79


Joaquim Rocha, o "assina tudo"!

Ainda decorria a época 77/78 e já se dizia que Joaquim Rocha (JR) viria para o Académico de Viseu. Entretanto aparece o Belenenses que convence JR. Dizia o Belenenses que o contrato de JR com o CAF não tinha validade. Vai daí, assina com o Belenenses. Depois surge o Académico de Coimbra, o seu clube em 77/78, a convencer JR a rescindir unilateralmente os contratos com CAF e Belenenses e a ficar no Académico da cidade coimbrã. No fim deste imbróglio todo,a verdade é que Joaquim Rocha foi jogador do Académico de Viseu em 78/79.

No Académico fez a sua estreia em Braga, na 1ª jornada, onde o Académico foi goleado por 4-0. Não foi dele o primeiro golo do CAF na 1ª Divisão, essa honra pertenceu a Chico Santos, mas foi ele a marcar no jogo com o Académico de Coimbra (1-0) naquela que foi a primeira vitória academista, de sempre, na I Divisão.

O caso das assinaturas levou a que ficasse suspenso durante dois meses. O Académico bem reclamou, jogou sob protesto em Alvalade (2-0), dizendo que não podia ser castigado por um erro que não era do clube, mas a verdade é que a equipa se ressentiu da ausência de JR e acumulou derrotas.

Aquando do regresso de castigo, o Académico perdeu em Aveiro (4-0). Mas, nas jornadas seguintes, dois jogos no Fontelo, venceu V. Setúbal (2-1), com dois golos de JR, e também Barreirense (1-0). O Académico parecia renascido mas os problemas foram mais que muitos, não era só a ausência de JR que "emperrava" o caminho do CAF.

Nasceu em Portugal mas foi para o Brasil e foi daí, do Corinthians (70 e 71) que veio para o Sporting (71/75). Seguiu-se a Académica de Coimbra (75/78) e depois o nosso Académico de Viseu onde apontou 9 golos em 22 jogos. Partiu para o Guimarães (79/83), Penafiel (83/84),  Felgueiras (84/85), Vizela (85/86) e Torralta (86/88). 

1 comentários:

Record disse...

Joaquim Rocha, antigo jogador do Sporting, V. Guimarães e Académica, entre outros clubes, faleceu no passado domingo à tarde, vítima de duas quedas de cerca de 30 metros cada uma, quando se encontrava a pescar no sítio da Biscaia, Cabo de S. Vicente, em Lagos. O antigo avançado tinha 52 anos e era actualmente 'barman' em Lagos, onde residia.

No passado domingo, e perante a sua demora no regresso a casa, foram feitas buscas no local, tendo sido encontrado, já morto, nas falésias.

A autópsia deve ser feita hoje, e o funeral amanhã, em Lagos, em hora a indicar.

Oriundo do Brasil

Joaquim Teixeira Rocha nasceu em Castelo de Paiva a 24 de Março de 1951, mas surge no futebol português, aos 21 anos, oriundo do Brasil, onde representou o Corinthians.

O seu primeiro clube em Portugal foi o Sporting, que representou entre 1971 e 1975, onde foi, porém, pouco utilizado; transferiu-se para a Académica de Coimbra, e aí as suas qualidades de avançado ganharam destaque: entre 1975 e 1978 disputou 66 jogos com a camisola da Briosa, marcando 32 golos no escalão principal.

O clube seguinte foi o Académico de Viseu, na época de 78/79, voltando depois a um período de grande evidência representando o V. Guimarães entre 1979 e 1983 (99 jogos e 37 golos); passou ainda pelo Penafiel (83/84, 30/7), contando depois com algumas experiências em escalões secundários, sendo a Torralta o seu último clube.

domingo, 25 julho, 2010