domingo, março 09, 2014

Ac. Viseu FC 1 - 0 Sporting CP B

Estádio do Fontelo, 9 de março de 2012
33ª Jornada da Liga 2 Cabovisão
Árbitro: Rui Costa (Porto)

Ac. Viseu: Ricardo Jantoa; Tomé, Cláudio (c), Paulo Monteiro (Leonel, int) e Tiago Gosta; Capela e João Martins; Bruno Loureiro, Fausto Lourenço (Zé Rui, 81) e Luisinho (Bruno Grou, 70); Cafú. Treinador: Ricardo Chéu.

Sporting B: Luís Ribeiro; Piris, Samba, Rúben Semedo e King; Kikas, Hugo Sousa (Mauro Riquichio, int, Wilson Manafá, 52) e Vítor; Ricardo Esgaio (c), Iuri Medeiros (Shikabala, 61) e Chaby. Treinador: Abel Ferreira.

Expulsão: Wilson Manafá 88

Golo: Fausto Lourenço 70 (1-0)
Foto de Rui da Cruz retirada do site zerozero.pt

O Académico de Viseu venceu esta tarde, de forma cabal e categórica, a equipa B do Sporting Clube de Portugal. Se há um problema neste resultado final, é que a diferença de um golo não espelha, fielmente, o que se passou no Fontelo, tal foi a superioridade academista. Isto tudo perante mais uma grande moldura humana, que por certo baterá o recorde com o Benfica B. Aguardemos o que dirão os invejosos agora. Mas vamos ao futebol, que é o que interessa.

O jogo começou entretido, com jogadas a meio campo, até que o Académico deu um safanão no jogo. Pontapé longo, Fausto Lourenço a dominar e ao rematar atira para boa defesa de Luís Ribeiro, depois Luisinho e Cafú a não conseguiram levar a bola ao fundo das redes leoninas.

Pouco depois o Sporting B também esteve perto do golo. Bola longa para o lado esquerdo do ataque leonino, Ricardo Esgaio a isolar-se, sobre a esquerda, mas aí o guarda-redes academista foi gigante. O Sporting só se veria mais uma vez, mais lá para a frente.

Até ao intervalo o Académico esteve por duas vezes perto do golo. Primeiro foi Cafú que ganhou uma bola perdida – só mesmo ele acreditaria – deu para Luisinho, com o extremo academista a temporizar, até ao cruzamento para… Cafú que de cabeça fez brilhar a grande altura Luís Ribeiro, o guardião do Sporting. Depois foi Cláudio, a passe de Tomé, que sem oposição atirou de cabeça ao lado.

Se a primeira parte academista foi boa, a segunda foi excelente. Não é que os “golos cantados” tenham sido muitos, no entanto o Académico jogou com grande desenvoltura, sufocando o Sporting, ganhando bolas atrás de bolas naquele meio campo – muito pela subida de rendimento de Bruno Loureiro – enfim, vendendo saúde, tanto física como mental.

O autor do golo, Fausto Lourenço, podia ter marcado logo no início da segunda parte, mas após o cruzamento de Tomé não conseguiu, de cabeça, desviar para a baliza leonina. Quando muitos diziam na bancada que seria pena o Académico não vencer este jogo, eis que surge o golo academista. Bruno Loureiro ganhou uma bola no meio campo academista, entregou a Cafú que assistiu Fausto Lourenço para o golo academista. Delírio nas bancadas do Fontelo!

A tudo isto o Sporting só por uma vez respondeu, ainda com o resultado a zero, quando Ricardo Esgaio (só mesmo ele) se isolou perante Janota mas aí Tiago Costa teve um corte magistral.

Por fim referir a bonita homenagem que foi efetuada ao antigo jogador academista Pipa! Depois de muitos “recordar”, finalmente as homenagens mais que merecidas!

Um abraço ao Senhor Pipa e aqui ficam os meus agradecimentos pela forma simpática com que falou comigo, e com todos que o cumprimentaram, transmitindo. do alto do seus 85 anos, uma jovialidade contagiante.
Foto de Rui da Cruz retirada do site zerozero.pt

José Carlos Ferreira, sócio 325 do Académico de Viseu Futebol Clube

15 comentários:

académicomania disse...

Parabéns Académico pela vitoria, abafamos o sporting! Vamos acreditar que podemos ganhar o próximo jogo fora contra o porto b!!
Força Académico!!
Uma nota negativa foi a entrada no estádio,é incompreensível a demora para se entrar no estádio, com apenas 2 portas abertas,com tantas portas que o fontelo tem não se compreende porque só esta 2 abertas

domingo, 09 março, 2014
Anónimo disse...

Campeonato Nacional da 2ª Liga
33ª Jornada, 9 de março de 2014 – Estádio do Fontelo - Viseu
Ac. Viseu-1 ; Sporting (B) – 0

Ricardo Janota na Baliza,
Tomé, Paulo Monteiro, Cláudio, Tiago Costa,
Bruno Loureiro, João Martins, João Alves e Capela;
Luisinho, Fausto e Cafú.
Entraram na 2ª parte: Leonel, Bruno Grou e Zé Rui para os lugares de Paulo Monteiro, Fausto e Luisinho,

Marcadores: Fausto (2ª parte)

Treinador: Ricardo Chéu

Vitória Escassa para tanto domínio!
Grande Jogo do Académico,
Tarde amena, relvado a precisar de uma intervenção, ali na zona, central, muito, muito público no Estádio do Fontelo, a melhor casa da época, superior à casa do jogo com o Benfica, em virtude, acima de tudo da hora a que decorreu o jogo, domingo à tarde, a hora das grandes tardes no Fontelo (década de 80), estão de regresso! Há ainda a dizer que a Liga deveria acautelar os interesses de todos os Clubes, e deveria garantir que o período 15H-18H estava interdito a transmissões televisivas, o que faria com que os jogos do Sporting A e do Benfica A, começassem às 18h, em vez das 17H. Não sei se isso terá ou não “impedido” algumas pessoas de se assistirem ao nosso jogo, a verdade, é que tivemos uma casa a fazer inveja a quase todos os clubes da 1ª Divisão, tirando os 3 grandes.
O Académico provou, hoje, uma vez mais que, se dúvidas houvesse, é o grande Clube da Beira Alta e o único com dimensão Regional, capaz de encher um Estádio como o Estádio do Fontelo, pois não haja dúvidas que se com o Benfica e Sporting Bs, o Académico teve as 2 bancadas centrais praticamente cheias, com os Benfica, Porto e Sporting Bs certamente os topos voltariam também a ficar repletos!
Falando do jogo propriamente dito, repito o que disse no título, grande jogo do Académico, vitória escassa para tanto domínio e para tanta oportunidade criada.
Entrou bem, muito bem o Académico, com um velocidade impressionante sobre a bola, baralhando por completo o esquema do Sporting. Durante a 1ª parte foram 4 as oportunidades de golo do Académico, contra apenas uma do Sporting, num lance, algo fortuito em que num pontapé de baliza marcado de forma rápida, um jogador do Sporting se consegue adiantar, a toda a defesa do Académico, jogando no fator surpresa, mas foi a única situação de perigo do Sporting, em toda a 1ª parte e em todo o jogo. O Académico por sua vez criou 4 situações de muito perigo, apenas na 1ª parte, sendo a mais flagrante de todos protagonizada por Cafú que quase na linha da pequena área, com apenas o guarda-redes do Sporting pela frente e no chão, acaba por lhe colocar a bola nas mão. Há no então mais situações muito variadas em que o golo esteve iminente. Ao intervalo o 0-0 era totalmente injusto para o Académico.
Na 2ª parte a mesma atitude, mais uma série de oportunidades de golo, e quando se começava a temer que era impossível aguentar aquele ritmo de jogo, eis que Fausto faz um golo magnífico numa boa jogada do Ataque Academista. Era um golo mais do que merecido, a meio da 2ª parte, quando nessa altura, se algumas justiça houvesse, o Académico já estaria a marcar o golo da tranquilidade, mas, hoje, com mais ou menos sofrimento, no campo e na bancada, havia o pressentimento de que perante tamanha capacidade ofensiva do Académico, perante a solidez defensiva apresentada e diga-se, também, perante a inoperância atacante do Sporting, que mais tarde ou mais cedo, acabaríamos por marcar e ganhar o jogo, embora o 1-0 nunca dê tranquilidade a ninguém, e depois da entrada de Shikabala, o grande reforço de Inverno do Sporting A, temia-se que algum perigo o Sporting pudesse criar, mas a defesa e meio-campo do Académico estiveram sempre muito coesos e sem darem a menor chance ao Sporting.

(Continua)

Carlos Silva

domingo, 09 março, 2014
Anónimo disse...

(Continuação)

No final vitória justíssima do Académico, numa exibição que cativou quem veio pela primeira vez ao Fontelo, em muitos anos, e que certamente ficou com vontade de voltar, e vai certamente fazê-lo, pois esta equipa, estes jogadores, este treinador, esta direção, merecem o APOIO de todos nós, Sócios e Adeptos, a quem compete o papel mais fácil que é apenas o de ir ao Fontelo e Apoiar, papel esse que é decisivo para o crescimento do Académico e para que no Fontelo voltemos a ter os grandes jogos, como o de hoje e os grandes jogadores, depende apenas de nós tornar isso possível, APOIANDO, fazendo-se sócio e trazendo um amigo. O Grande Académico da década de 80, caiu em desgraça e agora que voltou, pode e vai voltar mais forte, aprendendo com os erros do passado que não mais podem e tenho a certeza que não mais serão cometidos.

Em termos individuais, todos os jogadores estiveram muito bem, mas Capela, Tiago Costa, o melhor em campo, em minha opinião, pelo que correu pela entrega que colocou em cada jogada como se fosse a última da sua carreira, e em causa estivesse a final da Liga dos Campeões, um jogo estrondoso de Tiago Costa, Tomé, talvez, apenas e só o melhor jogo com a camisola do Académico, exibição soberba, deu uma profundidade como só ele sabe, pelo seu corredor.
Não quero individualizar mais, pois o que prevaleceu foi a grande equipa que o Académico tem e a forma maravilhosa como joga, dá gosto ver jogar o Académico. No final do jogo, ouvia alguém ao telefone, com uma camisola do Sporting, “o Académico joga muito, porra, eles jogam muito!”

A Arbitragem
Árbitro de grande categoria, hoje sim, um árbitro e uma equipa de arbitragem à altura da importância do jogo, algo que não aconteceu há quinze dias. Muito bem no acompanhamento de todos os lances, apitou à inglesa, ou seja não estava sempre de apito na boca, mas sim, sempre a deixar jogar. Bem no aspeto disciplinar, gerindo muito bem o jogo, e só sendo obrigado na parte final a mostrar um pouco mais os cartões, especialmente a jogadores do Sporting, já na fase do desespero da equipa verde.

Em resumo excelente jogo, excelente arbitragem, vitória da única equipa que poderia ganhar, tal a supremacia que evidenciou. Ganhámos um jogo, somámos mais 3 pontos, e é com esse objetivo que vamos, no próximo fim de semana, jogar com o 1º classificado e tentar somar uma vez mais uma vitória e os 3 pontos. Eu acredito que tal é possível e que o Académico tudo fará para o conseguir.

Hoje, tal como na joranada anterior, voltou a haver Magia no Fontelo, e o que se pede é que quem veio hoje, pela 1ª vez, ou já há muito tempo que não o fazia, que volte, pois o Académico merece e precisa do APOIO de TODOS, em todos os jogos. Se assim fizermos podemos sonhar novamente com um Académico na 1ª Divisão, onde, pelo que se viu hoje é claramente o nosso lugar, pois poucos jogos da 1ª Liga, terão tido este fim de semana, tantos adeptos nas bancadas, como hoje, estiveram no Fontelo.


A Claque do Académico esteve excelente no apoio, uma vez mais!


Nós Somos diferentes, Nós Somos Académico!

Sê Sócio e traz um amigo!

Força Académico!
Força Ricardo Chéu

Carlos Silva


domingo, 09 março, 2014
Anónimo disse...

O caminho faz-se caminhanndo!

Painel de espectadores – Liga 2 Cabovisão

Por jogo
http://www.ligaportugal.pt/oou/estatisticas/espectadores/jogo/20132014/segundaliga
1º Lugar – Ac. Viseu – Sporting B

Por Clube
http://www.ligaportugal.pt/oou/estatisticas/espectadores/clube/20132014/segundaliga
1º Lugar – Ac. Viseu

Em resumo, o Académico bateu hoje o record de assistência de toda a 2ª liga, na presenta época, e lidera em termos globais. Além disso tem para além da maior assistência da época no jogo de hoje, também a 2ª maior no jogo anterior com o Benfica B, que recorde-se foi jogado a um sábado às 11h15, hora pouco usual para um jogo de futebol em Portugal.

Além disso no acumulado da época o Académico foi muito prejudicado por ter tido 5 jogos à 4ª f, à tarde, hora completamente desajustada para um jogo de futebol profissional!


Carlos Silva

domingo, 09 março, 2014
Viriatus disse...


Mais uma excelente exibição, tal como há quinze dias, uma só diferença, uma excelente arbitragem, ao contrário da outra, que nos prejudicou em beneficio da outra equipa, que vestia de vermelho.
Parabéns aos Jogadores, à Direção, foi bonito o gesto que o Sr. Albino, o Dr. Pedro Ruas e o Sr. Vergílio Carvalho, tiveram para com um antigo jogador do Académico, mas muito em especial os parabéns para a equipa Técnica e para os adeptos que mereceram mais esta vitória.

Só uma interrogação...porque será que já não vemos tanta gente a deixar aqui o comentário? Parece que só gostam de dizer mal...esses não são precisos.

ACEDÉMICO DE VISEU....SEMPRE!

domingo, 09 março, 2014
Paulo Teixeira disse...

Hoje demonstramos mais uma vez aquilo que nós valemos, tanto em equipa como no publico que finalmente começa a aparecer, este Académico, sou suspeito para dizer isto, é de longe a melhor equipa deste campeonato, quais Moreirense, Penafiel, Portimonense tudo exelentes equipas mas neste momento são manifestamente inferiores ao nosso Académico, a diferença entre as equipas que neste momento estão á nossa frente e nós é uma primeira volta, é claro que tambem contou nós é que não aproveitámos ás vezes por falta de sorte e outras por falta de capacidade do nosso antigo timoneiro, bastava termos feito mais meia duzia de pontos na primeira volta o que equivalia por exemplo a mais duas vitórias e neste momento estariamos numa posição de promoção mas ainda podemos ir a tempo se não formos paciência já fizemos uma grande epoca até este momento e digo isto porque já vi o nosso Académico em ultimo e para quem já viu e sentiu aquele aperto na garganta que eu senti e por certo muitos de vós tambem quando o clube chegou a essa posição ve-los agora sabe que nem ginjas!
Mister Cheu é de facto uma agradável surpresa está a surpreender o país futebolistico com a carreira que está fazer no nosso clube, temo que um tubarão o venha buscar no final da epoca pois a continuar assim vai haver muita gente a acenar-lhe com euros, seria uma mais valia se a direcção conseguisse o seu contributo por mais uma epoca, o que seria agora do Académico se tivesse começado a epoca com este homen?
Próxima jornada um jogo complicado mas não temo nenhuma equipa se jogarmos como jogamos hoje, apenas temo outras equipas, aquelas que alteram resultados e desgraçam uma equipa se preciso for, essas sim tenho muito receio como já sofremos na pele esta epoca.

Paulo Teixeira sócio 752 com um orgulho em ser academista e viseense do tamanho do mundo!

domingo, 09 março, 2014
--FD disse...

Mas que grande jogo que o Académico fez! Quem olhar para o resultado até pode pensar que foi um jogo equilibrado mas na verdade o nosso Académico deu show de bola perante uma equipa recheada de jovens de grande talento e a ocupar uma posição superior na tabela classificativa. Ainda não tinha entrado no Estádio do Fontelo e tive a minha primeira alegria: a mais de vinte minutos do início do jogo apercebi-me que a afluência do público era tal que teria de estacionar no largo da feira semanal. Assim sim! Dentro do Estádio foi a confirmação: público a entrar até aos 20 minutos da primeira parte - há que verificar se é possível acelerar a entrada de adeptos abrindo, por exemplo, mais portas - e uma grande moldura humana. Voltámos a bater o record de assistências da Segunda Liga e não nos podemos esquecer que os camarotes e cativos não são contabilizados!

Quanto ao jogo, nota-se que a equipa respira confiança. Estamos numa forma fantástica e os nossos jogadores têm sido verdadeiros heróis. Os nossos laterais fizeram um jogo verdadeiramente fantástico e o jogo foi praticamente de sentido único. Uma, duas oportunidades de golo no máximo resume o jogo do Sporting.

Vem agora aí um jogo de dificuldade máxima contra o primeiro classificado da prova mas no futebol não há impossíveis e a nossa equipa já provou que é capaz de jogar de igual para igual com qualquer adversário.

Força Académico de Viseu!

domingo, 09 março, 2014
Anónimo disse...

Mais um jogo excelente! Muito bem. Académico!
Jogadores a dar o máximo, com garra e muita qualidade. O técnico, então, deu mais uma enorme lição de qualidade e sabedoria, mexendo na equipa com nível. A manutenção da entrada do Luisinho é de uma valentia notável, quando muitos iriam apostar em reforçar a defesa, ele não, apostou no ataque e encostou o Sporting às cordas! Muito, Muito bem!
Atrevia-me a dizer que o Académico tem tudo para ganhar no FCPorto B e é isso que vou ver na próxima jornada. Academistas, vamos a Vila Nova de Gaia apoiar o nosso Académico!
Não sei se interessa subir de divisão esta época, sinceramente creio que não, mas a nossa direcção, com o sr, Albino saberá, melhor que todos nós, o que é melhor para o Académico. Nesta fase o Académico é só a melhor equipa do campeonato! A melhor! Perdeu muito tempo com o anterior técnico a moer o juízo, mas agora está com tudo! Espero que o sr. Albino tenha blindado o sr. Chéu para a próxima época e então sim, meus caros academistas, vamos incendiar o campeonato e lutar a sério pela subida ao escalão de onde nunca devíamos ter saído!
Académico! Académico!
Malta, vamos ao Porto! Era bom organizarem uma excursão. Vamos a isso?

segunda-feira, 10 março, 2014
Anónimo disse...

Li num comentario atras uma pergunta porque razao nao havia tanta gente a comentar quando o clube ganhava. Se bem que nada tenho a ver com isso, porque eu sempre digo bem do clube seja em que circunstancias forem, o certo é que despertou-me a vontade de dizer apenas uma coisa que é nem mais nem menos que reforçar aquilo que desde que me conheco, eu sinto na verdade...poder chamar ao Academico, o meu clube! E enganam-se aqueles que pensam que digo isto porque ganhou a esta ou aquela equipa ou porque estamos muito melhor classificados neste campeonato, mas sim pelo facto de os outros clubes para mim serem todos iguais e apenas considera-los adversarios do meu clube.
Sentiria o mesmo até que este clube estivesse a dsputar os campeonatos regionais.
Obrigado Academico!
CARLOS FERREIRA-Toronto

segunda-feira, 10 março, 2014
marco disse...

Parabens a todos, equipa, presidente, direcao, grande treinador, adeptos e cidade. Ainda iremos mais longe. Eu acredito. Obrigado cheu pela alegria nos jogs. Force ACADEMICO

segunda-feira, 10 março, 2014
Anónimo disse...

È como diz o Paulo Teixeira: não vejo plantel superior ao nosso nesta 2ª liga. Começamos foi com uma volta de atraso.

Aliás, não há clube como o nosso, estádio como o nosso, e massa associativa como a nossa, nesta 2º liga.

Quanto ao jogo, não há muito mais a acrescentar ao já dito. Quisemos muito mais ganhar que o Sporting, só Cafú e Tiago Costa tiveram mais raça que toda a equipa adversária, e pontuámos o jogo por belas combinações e pormenores técnicos.

Mas o mais importante, continuo a afirmar, foi a ambição que este treinador trouxe à equipa. Ao intervalo com o jogo a zeros, isso ficou patente, quando fez recuar o Capela (tirando o P. Monteiro, que julgo não estaria lesionado), para entrar o Leonel e dar mais poder ofensivo à equipa.

Miguel

segunda-feira, 10 março, 2014
Anónimo disse...

Sim Neste Momento Bonito que O Academico Atravessa. Vamos Apoiar a Equipe com toda a n/ força de Adeptos Ferverosos.......

Espero e Esperamos que o Joao Alves e Paulo Monteiro recuperem bem e Depressa. Fazem Falta ! ( Ja pra Domingo ) Uma vez que Bruno loureiro nao pode dar o seu contributo por Castigo. Mas somos uma equipe Forte ,coesa e Todos os que estiveram a disposiçao do Tecnico R. Cheu ,darao o seu melhor contributo. Suguramente !

segunda-feira, 10 março, 2014
Anónimo disse...

http://www.ligaportugal.pt/oou/estatisticas/espectadores/clube/20132014/segundaliga

Maior media de espectadores por jogo, 2 primeiros jogos com mais espectadores.

segunda-feira, 10 março, 2014
Indo Eu Indo Eu disse...

http://www.ruadireita.pt/editorial/os-politicos-e-o-futebol-excessivos-ou-excedentes-2881.html

segunda-feira, 10 março, 2014
562 disse...

Mais uma vitória do CAF!
Já não me lembro, na história do CAF, de uma fase tão profícua como a que o nosso clube está a viver.

Não fui ver o jogo, infelizmente, pois vivo algo longe de Viseu, mas fico feliz por notar que está a haver uma reaproximação entre o clube e as gentes de Viseu.

Gostaria ainda de realçar, negativamente, o comentário acerca do facto de agora haver poucos comentários aqui n'a magia; pessoalmente, comentava muito mais na era FM do que agora. É um facto. Mas, neste momento, limito-me a dar os parabéns à equipa e a elogiá-la. Acho que basta, pois não sou pessoa de bajular. Tenho, sempre, também, uma palavra para a equipa técnica, para a direcção e para os ADEPTOS. O que se passava era que muita gente, na era anterior, estava desesperada e manifestava-se mais vezes. Estavam tão desmotivados que até a escolha deste treinador foi criticada (não por mim). Agora que tudo corre bem, andamos mais tranquilos e ponderados. Acho que é óbvia a razão de haver menos volume de comentários.

Para mim, "Seja na distrital, ou na Liga dos Campeões, este clube representa para nós, A Magia do Futebol." O que eu quero é o melhor para o meu clube. E no próximo Domingo, lá estarei em Pedroso para apoiar o CAF. Espero que com bastante companhia Viseense.

Um grande abraço a todos e viva o CAF!

segunda-feira, 10 março, 2014