quarta-feira, dezembro 18, 2013

Curiosidades da primeira volta

Foto de Rui da Cruz retirada do site zerozero.pt

O Académico fez 20 golos sendo apenas o 15º melhor ataque. Ainda assim marcou tantos golos como o Penafiel, que é 6º classificado, e mais golos que o Marítimo B que é 5º classificado. No entanto se compararmos com o último, a Oliveirense, o Académico marca menos golos. No Fontelo o nosso clube apontou 16 golos sendo nesse aspeto, jogos em casa, o sexto melhor ataque. Marca mais que o Porto B que é 3º classificado.

Os 20 golos sofridos fazem da nossa defesa a 6ª melhor do campeonato. Sofre menos golos que o líder – o Portimonense! Tem a 3ª melhor defesa se apenas considerarmos os jogos em casa.

Dos 23 pontos que tem 19 foram alcançados em casa. É o 7º classificado no que a esse item diz respeito. Do 12º classificado ao último é mesmo a equipa que mais pontos amealha nos jogos caseiros.

Comparando com a época passada da Segunda Liga – a única com 22 equipas como a edição deste ano -, as equipas que desceram tinham todas menos de 23 pontos no fim da primeira volta, ou seja, V. Guimarães B 21, Sp. Covilhã 20 e Freamunde 17. De recordar que o Sp. Da Covilhã estava na zona de descida e só não desceu por causa da desistência da Naval.

Fora de casa o Académico tem apenas 4 pontos, é a única que nunca venceu fora do seu habitat e, logicamente, é a equipa que menos pontua. Mesmo assim o União que é 11º classificado tem só mais dois pontos que o nosso clube nesse aspeto.
Se recuarmos, por exemplo, a 2010/2011 vê-mos que houve uma equipa que terminou o campeonato sem vencer fora, foi o Moreirense e mesmo assim manteve-se (7º em 15 equipas) e há ainda outros exemplos.
Esta não é a primeira vez que o Académico termina a primeira volta da Segunda Liga sem vitórias, em 96/97 também aconteceu isso e o CAF manteve-se. Em 97/98 a história repetiu-se mas aí com o final infeliz, o Académico desceu.

O Académico ganhou até ao momento, em casa, 4 jogos com a diferença de 3 golos (Oliveirense, Atlético, Portimonense e Aves). Nesse aspeto ninguém fez melhor e só Benfica B se aproxima (5-1 ao Académico, 5-1 ao Leixões e 3-0 ao Portimonense).

Das dez derrotas sofridas apenas duas não foram pela diferença mínima.

Sempre que sofre primeiro o Académico perde.

Sempre que o AVFC marcou primeiro nunca perdeu e em 4 ocasiões não conseguiu manter a liderança no marcador até ao fim do jogo – Feirense (c), Marítimo (f) e Farense (f). 6 Pontos que dariam muita ajuda neste momento!

O Académico nunca ganhou dois jogos consecutivos, nunca empatou dois jogos de forma consecutiva e o máximo de jogos que conseguiu estar sem perder foram 3.
O máximo de derrotas consecutivas alcançadas foram 2 e esteve 6 jogos sem vencer.

Nos primeiros 15 minutos dos jogos do Académico foram marcados 4 golos (1 para o nosso clube, 3 para os adversários), no segundo quarto de hora foram apontados 9 golos (4-5), no último quarto de hora da primeira parte foram marcados 7 (4-3), no primeiro quarto de hora da segunda parte foram marcados 5 golos (3-2), no segundo quarto de hora da segunda parte foram apontados 6 (4-2) e no último quarto de hora foram apontados 9 (4-5).

Se é adepto do melhor clube do mundo fique atento a dois minutos em particular, ao minuto 20 e ao minuto 81. Foi ao minuto 20 que Ouattara marcou ao Marítimo B (1-1) e que Cafú marcou ao Feirense (1-1). Foi ao minuto 81 que Paulo Monteiro marcou ao Benfica B (5-1) e que Cláudio marcou ao Portimonense (3-0).

1 comentários:

Paulo Teixeira disse...

Analise e curiosidades deliciosas, bom trabalho magia!

quarta-feira, 18 dezembro, 2013