terça-feira, julho 25, 2017

Recordar: António Lima Pereira

NOME COMPLETO
António José da Silva Lima Pereira
NOME
António Lima Pereira
DATA DE NASCIMENTO
25/07/1966
NATURALIDADE
Póvoa de Varzim
POSIÇÃO
Treinador
ESTREIA
Canas de Senhorim 1-1 Ac. Viseu (04/09/11)
ÚLTIMO JOGO
Sampedrense 0-1 Ac. Viseu (27/05/2012)
MAIOR VITÓRIA
Ac. Viseu 4-0 Bustelo (01/04/2012)
MAIOR DERROTA
Bustelo 4-1 Ac. Viseu (11/03/2012)
JOGOS
33
VITÓRIAS
16
EMPATES
11
DERROTAS
6
GOLOS MARCADOS
48
GOLOS SOFRIDOS
31
ÉPOCAS
11/12

No dia em que anunciamos no nosso blogue que o treinador que substituía Manuel Matias, no comando técnico do Académico de Viseu, era António Lima Pereira (ALP) foi apelidado de "caro", por vir de fora, "péssima escolha", entre outras coisas sem qualquer tipo de sentido. E se as pessoas já estavam desconfiadas da escolha a verdade é que o péssimo arranque de campeonato, com empate em Canas e derrota caseira com o Nogueirense, levaram a que de novo se levantassem as vozes contra o treinador, havia quem o quisesse na rua e que Manuel Matias voltasse.

O que é certo é que o Académico de Viseu a seguir à derrota caseira com o Nogueirense partiu para uma série de 15 jogos sem conhecer o sabor da derrota. Derrota que voltaria quando ninguém esperava, na 18ª jornada em casa com o Oliveira do Hospital (1-3). Na jornada seguinte, em Oliveira de Frades, nova derrota, e uma exibição péssima fez com que regressasse o descrédito nas capacidades do treinador e nas da equipa.

Ainda antes da primeira fase terminar o Académico empatou em casa com o Alba (1-1), bateu o Penalva (3-0), tornando-se na primeira equipa a atingir a segunda fase e foi goleado no terreno do Bustelo (4-1) acabando a 1ª fase no terceiro lugar.

Começou a segunda fase com menos 1 ponto que Avanca e Bustelo e logo na primeira jornada desperdiçou uma vantagem, em golos e homens em campo, no terreno do Nogueirense (1-1) mas compensou nas 3 jornadas seguintes com 3 vitórias.

Entre a 5ª e a 7ª jornada da segunda fase, o Académico não venceu, e quando já todos se preparavam para de novo atacar ALP, a equipa respondeu com mais 3 vitórias consecutivas, com a subida de divisão e com o primeiro título de Campeão Nacional da história centenária do clube.

5 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns Lima. A tua passagem por este grande clube foi tão grande quanto tu. Grande Homem, Grande treinador, Grande subida.
Que a vida te sorria.Que o futuro te traga tudo de bom.

José Alberto Ribeiro

quarta-feira, 25 julho, 2012
Paixão disse...

Apesar de não ter tido o concenço da maior parte da massa associativa e simpatizante do nosso ACADÉMICO ... inclusive eu não gostava muito da maneira como a nossa equipa actuava fora de casa, quase sempre na espectativa, e depois acabávamos de perder ou empatar com alguns calafrios pelo meio... Obrigado mister pela Subida de Divisão!
Que continue a ter o mesmo sucesso que teve no maior clube do mundo, que é o nosso ACADÉMICO!

quarta-feira, 25 julho, 2012
Anónimo disse...

Para Lima Pereira a maior sorte do munod, mas no Futebol, como na vida há páginas que se viram e agora o Académico tem outro TReinador, Carlos Agostinho, que tudo temos de fazer para apoiar de forma alevar o Académico a bom porto.

No Futebol, como na vida, o importante é respeitar o trabalho dos outros, de forma a que quando a relação laboral termine, a amizade e o respeito perdurem!

Estou certo de que foi o que aconteceu com Lima Pereira.

Nós Somos o Académico, nós somos diferentes!


Força Académico!

Carlos Silva

quarta-feira, 25 julho, 2012
Anónimo disse...

O ÚNICO treinador que foi campeão pelo nosso Académico!

Volta Campeão!

sexta-feira, 26 julho, 2013
ribeiro disse...

parabens mister. alem de homem H grande, era um optimo treinador nao se esquecam que o nosso clube tinha um plantel limitado.

sexta-feira, 25 julho, 2014